A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Condição Jurídica do Estrangeiro

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONDIÇÃO JURÍDICA DO ESTRANGEIRO
Entrada e Permanência | Vistos | Documentos de Viagem
Entrada de Estrangeiros
• Art. 1: Em tempo de paz, qualquer estrangeiro
poderá, satisfeitas as condições desta Lei, entrar
e permanecer no Brasil e dele sair,
resguardados os interesses nacionais.
• Art. 13: [...] 2. Toda pessoa tem o direito de
deixar qualquer país, inclusive o próprio, e a
este regressar.
Lei 
6.815/1980
DUDH/1948
• Art . 36: Para a entrada do estrangeiro no
território nacional, será exigido visto concedido
na forma deste Regulamento, salvo as exceções
legais.
Parágrafo único - No caso de força maior
devidamente comprovada, a PF poderá autorizar
a entrada do estrangeiro no território nacional,
ainda que esgotado o prazo de validade para
utilização do visto.
Entrada de Estrangeiros
Decreto 
86.715/1981
Condições ?
• Conveniência, oportunidade e adequação
aos Interesses Nacionais (art. 3/EE)
• Entrada e Permanência 
• Expectativa
• Discricionário
Visto ≠ Documento de Viagem
Entrada de Estrangeiros
Entrada de Estrangeiros
TIPOS
• Passaporte
– Validade de 6 meses
– Art. 55/EE: BRA, REF, 
APA, ASI. 
• Laissez-Passer
• Autorização de 
Retorno
DISPENSA
• Zonas de Integração 
(Doc. Identidade)
• Acordos bilaterais
• Países Limítrofes 
– Prova de identidade -> 
documento especial (art. 
21/EE)
– Frequentar 
estabelecimento de 
ensino 
– Exercer atividade 
remunerada (CTPS)
• Trânsito (*)
• Turista
• Temporário
• Permanente
• Cortesia
• Oficial
• Diplomático
Vistos
Não será concedido ao
Menor de 18 anos 
desacompanhado ou sem autorização 
expressa
Considerado nocivo à ordem 
pública / interesses nacionais
Expulso (não revogado)
Condenado por crime doloso 
(passível de extradição – Lei BRA)
(que) não apresente condições de 
saúde mínimas (Min. Saúde)
Visto de Trânsito
Art. 8º O visto de trânsito poderá ser concedido ao
estrangeiro que, para atingir o país de destino, tenha de
entrar em território nacional.
§ 1º O visto de trânsito é VÁLIDO para uma estada de ATÉ
10 dias improrrogáveis e uma só entrada.
§ 2° Não se exigirá visto de trânsito ao estrangeiro em
viagem contínua, que só se interrompa para as escalas
obrigatórias do meio de transporte utilizado.
Lei 
6.815/1980
Visto de Turismo
Art . 18 - Para obter o visto de turista, o estrangeiro deverá
apresentar:
I - passaporte ou documento equivalente;
II - certificado internacional de imunização, quando
necessário;
III - prova de meios de subsistência ou bilhete de viagem que
o habilite a entrar no território nacional e dele sair.
§ 1º - Para os fins deste artigo, admitem-se, como prova de
meios de subsistência, extrato de conta bancária, carta de
crédito ou outros documentos que atestem a posse de
recursos financeiros, a juízo da autoridade consular.
Decreto 
86.715/1981
 Período de Estada no Brasil
 Prazo ... ou pela reciprocidade!
 Quem arca com o retorno do “barrado”?
 Pode ser solicitado pela via eletrônica (Art. 9 §1/EE)
5 anos
90 dias 90 dias+
Visto de Temporário
O visto temporário poderá ser concedido ao estrangeiro que 
pretenda vir ao Brasil:
I - em viagem cultural ou em missão de estudos (*)
II - em viagem de negócios
III - na condição de artista ou desportista
IV - na condição de estudante (*)
V - na condição de cientista, professor, técnico ou
profissional de outra categoria, sob regime de contrato
ou a serviço do Governo brasileiro
VI - condição de correspondente de jornal, revista,
rádio, televisão ou agência noticiosa estrangeira (*)
VII - na condição de ministro de confissão religiosa ou
membro de instituto de vida consagrada e de
congregação ou ordem religiosa (*)
2 a
90d
90d
1 a 
(+1)
2 a
4 a
1 a
(+ 1)
Decreto 
86.715/1981
Solicita 
30 dias 
antes
Solicita 
antes do 
fim
Prorrogação de Visto de Temporário
Nos demais 
casos....
SIAPRO - Sistema 
de 
Acompanhamento 
de Processos
Autorização para Trabalho (“visto temp. V”)
 Empresa brasileira quer contratar estrangeiro (justificada)
 A empresa solicita ao MTE: 
1. Pré-cadastra-se no site
2. Envio de docs. físicos ao MTE:
 Doc. estrangeiro: passaporte, qualificação
profissional (diplomas) e formulário com os
dados.
A imigração propiciará mão-de-obra especializada aos setores da economia
nacional, visando à Política Nacional de Desenvolvimento, em especial, ao
aumento da produtividade, à assimilação de tecnologia e à captação de
recursos para setores específicos. Art. 16 Parágrafo único /EE
Autorização para Trabalho (visto temp.)
 Doc. empresa: 
o contrato/estatuto social, 
o CNPJ, 
o termo de responsabilidade para despesas 
médica/hospitalar do estrangeiro e de seus dependentes, 
o contrato de trabalho do estrangeiro, 
o Pgto. GRU de R$ 16,93 
o Indicação dos locais em que o estrangeiro prestará serviço
3. Aguarda análise MTE (22 dias em média)
4. Visto expedido (retira no consulado do país de origem)
5. Ao chegar => Polícia Federal (p/ solicitar documentos)
Autorização para Trabalho (visto temp.)
Carteira de Identidade de Estrangeiro (CIE) .... na PF!
• Doc. Viagem
• Cópia da página do Visto
• 2 fotos 3x4
• Pgto. taxa da carteira (R$ 124,23) e registro de estrangeiro (R$ 
64,58)
Carteira de Trabalho (CTPS) - Free! 
•Protocolo do pedido da CIE
• Consulta de dados no Sistema Nacional de Cadastramento de 
Registro de Estrangeiros – SINCRE
• Publicação da autorização de trabalho (D.O.U)
•Comprovante de Residência 
•CPF
Cadastro Pessoa Física (CPF) 
• Documento de ID (país de origem ou CIE/Protocolo)
•Preenchimento formulário em 
<<http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atcta/cpfEstrangeiro/Fcpf
.asp>>
Autorização para Trabalho (visto temp.)
 4 categorias: até 90 dias, até 1 ano, até 2 anos com 
ou sem contrato de trabalho no Brasil.
Não se concede nova autorização à mesma PJ nos 90d. 
Seguintes ao termino/cancelamento da autorização.
Prorrogação de Visto
• Art 64: Compete ao MJ a prorrogação dos prazos de
estada do turista, do temporário e do asilado, e ao MRE
a do titular de visto de cortesia, oficial ou diplomático.
• Art.37: Do temporário para o permanente (art. 13 V
e VII) após o prazo de 2 anos de residência no País.
• Art.38: É vedada a legalização da estada de
clandestino e de irregular, e a transformação em
permanente, dos vistos de trânsito, de turista,
temporário (art. 13 I a IV e VI) e de cortesia
Transformação de Visto
Decreto 
86.715/1981
Lei 
6.815/1980
Vistos de Entrada e Validação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.