A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Filosofia da Educação

Pré-visualização | Página 1 de 2

Fechar
	Avaliação: CEL0468_AV_201407043201 » FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO      
	Avaliação: AV
	Aluno: 201407043201 - RENATA MERTENS DE AGUIAR FERNANDES
	Nota da Prova: 5,5    Nota de Partic.: 1,5     Av. Parcial.:     Data: 14/06/2015 15:19:47 (F)
	
	 1a Questão (Ref.: 44234)
	Pontos: 1,5  / 1,5
	Quando fazemos perguntas indagando "Por quê?", "O quê?", "Para quê?" e tais questionamentos se dirigem ao pensamento, à linguagem e à ação, ou seja, quando voltam-se para os seres humanos, estamos tendo uma atitude filosófica ou adotando uma reflexão filosófica? Justifique sua resposta.
		
	
Resposta: Estamos tendo uma reflexão filosófica pois, ao fazermos tais perguntas, pensamos sobre a realidade individual e interior do ser.
	
Gabarito: Estamos adotando uma reflexão filosófica porque são perguntas sobre a capacidade e a finalidade para conhecer, falar e agir, próprias dos seres humanos. É um saber sobre o homem como ser pensante, falante e agente, ou seja, sobre a realidade interior dos seres humanos.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 565822)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	A democracia grega se apoiava em uma concepção de cidadania excludente. Diante dessa afirmativa, quem era considerado cidadão ?
		
	
	Era considerado cidadão todo homem de qualquer naturalidade.
	
	Era considerado cidadão o homem guerreiro, participante de batalhas bélicas.
	
	 Era considerado cidadão todo estrangeiro de muita posse.
	 
	Era considerado cidadãos, apenas o homem (varão) que possuía bens.
	
	Era considerada cidadã a mulher de muita posse.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 10871)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	"O pensamento de Sócrates é um marco na constituição de nossa tradição filosófica, e pode-se dizer que inaugura a filosofia clássica, rompendo com a preocupação quase que exclusivamente centrada na formulação de doutrinas sobre a realidade natural que encontramos nos filósofos pré-socráticos. A própria denominação 'pré-socráticos' já reflete a importância da Filosofia de Sócrates como divisor de águas. É nesse momento que a problemática ético-política passa ao primeiro plano de discussão filosófica como questão urgente da sociedade grega, superando a questão da natureza como temática central. Os sofistas são contemporâneos de Sócrates, seu principal adversário, assim como o foram posteriormente Platão e Aristóteles". (MARCONDES, Danilo. Introdução à História da Filosofia - dos pré-socráticos à Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998). A respeito dos Sofistas e de Sócrates é correto afirmar que:
		
	 
	Ambos compartilham, embora com visões diferentes e até mesmo diametralmente opostas, o interesse fundamental pela problemática ético-política, pela questão do homem enquanto cidadão da pólis, que passa a se organizar politicamente no sistema que conhecemos como democracia.
	
	Sócrates preocupa-se somente com a questão ético-política e os sofistas em investigar racionalmente a natureza a partir da natureza.
	
	Sócrates desenvolveu uma teoria do conhecimento valorizando a experiência para se chegar às ideias racionais e os Sofistas dedicaram-se à arte e à retórica.
	
	Os sofistas foram os únicos pensadores a se dedicarem à questão ético-política, enquanto Sócrates desenvolveu uma teoria do conhecimento explicando a origem das ideias.
	
	Ambos compartilham, com a mesma visão, o interesse fundamental pela problemática ético-política, pela questão do homem enquanto cidadão da pólis, que passa a se organizar politicamente no sistema que conhecemos como democracia.
		 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	
	
	
	
	
	 4a Questão (Ref.: 620715)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Quando falamos sobre o Helenismo, do ponto de vista da filosofia, estamos fazendo referência a uma determinada época e a um determinado grupo de pensadores da filosofia grega. Escolha a alternativa correta em relação à época em que se desenvolve o Helenismo:
		
	
	época de Aristóteles.
	
	época dos pré-socráticos
	 
	época que vai da morte de Alexandre até o início da filosofia medieval
	
	época de Sócrates
	
	época de Platão
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 659784)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	A idade Média iniciou nos séculos IV e V, mas o cristianismo já havia surgido ainda no Império romano. O Período logo após o nascimento de Cristo ficou conhecido como Filosofia cristã e representou: A - o total rompimento com a filosofia clássica grega B - a tentativa de explicar e construir os princípios do cristianismo C ¿ o uso da razão no processo da reflexão religiosa D - a razão como superação da fé E ¿ o apoio à religiosidade dos romanos
		
	
	o uso da razão no processo da reflexão religiosa
	
	o total rompimento com a filosofia clássica greg
	
	o apoio à religiosidade dos romanos
	
	a razão como superação da fé
	 
	tentativa de explicar e construir os princípios do cristianismo
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 621670)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	O ideário humanista do Renascimento trata da rejeição da tradição escolástica, em favor de uma recuperação da natureza humana individual. Esses questionamentos estão presentes, também, no campo político, especialmente na obra "O Príncipe", publicado em 1532.
Escolha, entre os pensadores abaixo, o autor de "O príncipe"
		
	
	Erasmo de Roterdã
	
	Galileu Galilei
	 
	Nicolau Maquiavel
	
	Lutero
	
	Saint-Exupéry
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 620218)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Segundo Descartes, o erro resulta do mau uso da razão. Portanto, a finalidade do método é por a razão no bom caminho. Escolha a alternativa que corresponde a uma das 4 regras do método de Descartes:
		
	
	Ênfase na experimentação
	 
	Dividir cada dificuldade a ser examinada em tantas partes quantas possíveis e necessárias para resolvê-las
	
	Elaboração de hipóteses
	
	Partir da experiência sensorial como única fonte do conhecimento
	
	Dar mais importância ao objeto do que ao sujeito
		 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 618263)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Em substituição aos valores dominantes da Idade Média, a mentalidade moderna formulou novos princípios, exceto:
		
	
	Humanismo
	 
	Racionalismo
	
	Individualismo
	
	Homem Antropocêntrico
	 
	Teocentrismo
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 59279)
	Pontos: 1,0  / 1,5
	(Colégio dos Santos Anjos, 2011). Ninguém, em sã consciência e nem mesmo os incautos entre os mais incautos, iria se perguntar, por exemplo, para que medicina, direito ou engenharia? De um modo geral, poderíamos afirmar aquilo que em nosso julgamento nos parece ser útil. Por que, então, perguntamos: "Para que filosofia"? Se há alguma utilidade no estudo da filosofia, quais seriam essas utilidades?
		
	
Resposta: O estudo da Filosofia permite que o indivíduo se conheça interiormente, conheça o meio ao qual está inserido, através de reflexões e ponderações. uma das utilidades práticas do estudo da Filosofia é dar ao ser humano a capacidade de cobrar seus direitos perante a sociedade.
	
Gabarito: Estuda-se filosofia para entendermos melhor o homem e o espaço ao seu redor. É importante refletirmos sobre a essência do homem, sobre o sentido de nossa prórpia existência; aprender sobre sua cultura, sua arte, chegando à "conclusões" sobre seu comportamento e vida em sociedade. Por ser a ciência do pensamento, nos faz pensar, refletir sobre a realidade posta; através da filosofia, qustionamos o mundo. Dentre as utilidades da filosofia,pode-se citar a capacidade de reivindicar direitos frente à sociedade.