AVS LEG TRIB
4 pág.

AVS LEG TRIB

Disciplina:Legislação Tributária3.213 materiais125.734 seguidores
Pré-visualização2 páginas
25/11/13 Estácio

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=224309250&p1=201301147257&p2=1565898&p3=GST0278&p4=101555&p5=AV&p6=13/11/2013&p10=4185443 1/4

 Fechar

Avaliação: GST0278_AV_201301147257 » LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA

Tipo de Avaliação: AV

Aluno: 201301147257 - THAIZ CRISTIANE BARBOSA MACEDO

Professor: JULIA HISSA RIBEIRO DA FONSECA Turma: 9001/AA

Nota da Prova: 2,9 Nota de Partic.: 2 Data: 13/11/2013 20:31:03

 1a Questão (Ref.: 201301208913) DESCARTADA

Podemos dizer que o nascimento do tributo se dá:

quando é realizada a prática do fato gerador pelo sujeito ativo
 no momento em que é criada a lei tributária pela pessoa política competente

no momento em que é delegada a capacidade tributária passiva
 no momento em que o sujeito passivo pratica o fato gerador que está descrito na hipótese de

incidência

quando é arrecadado pelo ente político competente

 2a Questão (Ref.: 201301208903) Pontos: 0,8 / 0,8

As taxas de polícia são cobradas quando há a prática de atos de polícia de efeitos concretos. Os atos de polícia podem ser entendidos

como:

ato que envolve o poder de polícia, sendo este composto pelas polícias civil e militar

é qualquer ato praticado pelo poder público que agregue valor imobiliário à propriedade particular

é o ato praticado pelo particular mas que deveria ser realizado pela polícia, que não o faz por incompetência

é o ato de licença e de fiscalização realizado pela polícia civil ou militar

 aquele ato que envolve o poder que o Estado tem de disciplinar os direitos, a l iberdade e a propriedade das pessoas,

obedecidos os limites constitucionais, e visando o bem-estar comum; são as licenças e as fiscalizações

 3a Questão (Ref.: 201301180969) Pontos: 0,8 / 0,8

A ação para cobrança do crédito tributário está sujeita a prazo:

decadencial de 5 (cinco anos), contados do primeiro dia do exercício civil seguinte àquele em que o
lançamento poderia ser efetuado.

decadencial de 180 (cento e oitenta) dias, contados da inscrição do crédito tributário na dívida ativa.

 prescricional de 5 (cinco) anos, contados da data da sua constituição definitiva.

prescricional de 20 (vinte) anos, contados do vencimento do prazo para pagamento.

prescricional de 180 (cento e oitenta) dias, contados da inscrição do crédito tributário na divida ativa.

 4a Questão (Ref.: 201301180971) Pontos: 0,0 / 0,8

25/11/13 Estácio

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=224309250&p1=201301147257&p2=1565898&p3=GST0278&p4=101555&p5=AV&p6=13/11/2013&p10=4185443 2/4

Com relação ao crédito tributário, assinale a afirmativa incorreta.

Tem sua exigibilidade suspensa no caso de o contribuinte efetuar o depósito do seu montante integral.

 Prefere a qualquer outro crédito, à exceção dos de origem trabalhista e de outros em processo de
falência.

Não se extingue com a morte do contribuinte devedor.

 Extingue-se no prazo de 5 (cinco) anos contados da data da ocorrência do fato gerador.

Deve ser inscrito na Dívida Ativa do Estado, se não pago no prazo legal.

 5a Questão (Ref.: 201301179643) Pontos: 0,0 / 0,8

Assinale a alternativa correta, segundo o Código Tributário Nacional:

A expressão legislação tributária compreende as leis ordinárias, não fazendo referência a qualquer outro
tipo de legislação.

A expressão legislação tributária não é contemplada nas regras correspondentes a tributos ou às
relações jurídicas a eles pertinentes.

A expressão legislação tributária compreende, apenas, as leis, os decretos que versem, no todo ou em
parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes.

 A expressão legislação tributária compreende as leis que versem, no todo ou em parte, especificamente
sobre impostos e relações jurídicas a eles pertinentes.

 A expressão legislação tributária compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os
decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações
jurídicas a eles pertinentes.

 6a Questão (Ref.: 201301176959) Pontos: 0,0 / 0,8

Por meio de lei publicada em junho de 2006, a Câmara dos vereadores de Rondônia estabelece que os serviços
relativos às cerimônias de casamento realizados por católicos passarão a pagar ISS por evento, sendo que
cerimônias relizadas por templos budistas terão alíquotas mais altas. Com base no caso em tela, pode-se
admitir:

estão imunes de cobrança tributária apenas o prédio onde se realizam os cultos e veículos utilizados
como templos móveis

 Segundo o art. 150 da CF, é vedado (à União, Estados, DF e Municípios) instituir impostos e taxas sobre
templos de qualquer natureza

veículos utilizados como templos móveis não ficam imunes de tributação

 taxas podem ser cobradas sem prejuízo do que a CF prevê sobre imunidade religiosa

não são imunes de tributação a renda obtida com as doações dos fiéis e o lucro obtido com aplicações
financeiras.

 7a Questão (Ref.: 201301211382) Pontos: 0,0 / 0,8

O Direito Tributário é um ramo didaticamente autônomo do Direito, além de estudar as relações jurídicas entre
Estado e sujeito passivo. Além do mais, é um ramo que trata da arrecadação e da fiscalização de tributos.
Sabendo-se que o nome do tributo adotado em lei é irrelevante na identificação da natureza de um tributo, qual
a forma de se identificar a natureza jurídica específica de um tributo?

 é por meio do fato gerador da respectiva obrigação

é por meio da sua relação com a sociedade

 é por meio da autonomia do direito tributário em face dos outros ramos

é por meio da base de cálculo apenas

não é por meio do conhecimento da hipótese de incidência e da base de cálculo

25/11/13 Estácio

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=224309250&p1=201301147257&p2=1565898&p3=GST0278&p4=101555&p5=AV&p6=13/11/2013&p10=4185443 3/4

 8a Questão (Ref.: 201301336816) Pontos: 0,0 / 0,8

A utilização do dinheiro do erário público para objetivos públicos chama-se:

Receita Derivada;

 Orçamento Público;

Receita Originária;

Despesa Extraordinária.

 Despesa Pública;

 9a Questão (Ref.: 201301209072) Pontos: 0,0 / 0,8

O Crédito tributário como estudado se refere à própria obrigação tributária. No entanto, tal obrigação poderá
ser extinta, suspensa e até sofrer exclusão. Demonstre como cada uma dessas situações pode ocorrer; seja
apresentando exemplos práticos após a explicação da ocorrência, bem como indicando algumas modalidades de
cada uma.

Resposta: Em caso de anistia => Suspensao Quando ocorre falencia =>exclusao Prazo de 5 anos a contar do
fato gerador => extinto

Gabarito: De fato o crédito tributário pode ser extinto, suspenso e até excluído. A extinção só pode ocorrer
mediante lei, pelo princípio da reserva legal ¿ art. 97, IV . Como modalidades de extinção do crédito tributário
tem-se: o pagamento, a compensação, a transação, a remissão, a prescrição e a decadência, a conversão de
depósito em renda, o pagamento antecipado e a homologação do lançamento, a consignação em pagamento, a
decisão administrativa irreformável, a decisão judicial passado em julgado e a dação em pagamento em bens
imóveis. Já a suspensão se dá em quatro hipóteses, quais sejam: Moratória ¿ onde o prazo para pagamento do
tributo é alongado, de modo geral ou individual, só pode ocorrer através de lei e atingirá os créditos
definitivamente constituídos ou que o lançamento tenha sido iniciado ¿ art. 154 do CTN. O Depósito integral do
valor do tributo em eventual discussão administrativa ou judicial sobre o crédito tributário, cessando ou melhor
não incidindo multa e juros. A Concessão de liminar em mandado de segurança - Em caso de questionamento
judicial sobre a cobrança ou constituição do crédito tributário, e conforme a matéria e as circunstâncias fático-
legais, o juiz pode conceder de imediato medida liminar suspendendo a exigibilidade do crédito tributário até
sentença. Já a exclusão é modalidade pela qual