A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
Memoria Calc LTs RTs BRAS JUINA(v1)

Pré-visualização | Página 1 de 7

��EBTE MATO GROSSO - LTS 230 KV E REATORES ASSOCIADOS
MEMÓRIA DE CÁLCULO DOS AJUSTES DE PROTEÇÃO
	MEMÓRIA DE CÁLCULO DOS AJUSTES
 
DE PROTEÇÃO DAS LTS DE 230 KV
 E REATORES ASSOCIADOS DO SISTEMA
 EBTE NO MATO GROSSO
LTS BRASNORTE – JUINA C1 E C2
Lote D do edital 004/2008 do Estado de Mato Grosso
	SIN – MC – 17/10
Revisão 01
Novembro / 2010
�
SUMÁRIO
31	INTRODUÇÃO	�
32	DADOS GERAIS	�
32.1	Dados Gerais das LTs	�
32.2	Dados Gerais das Proteções das LTs	�
42.3	Dados Gerais dos Reatores Derivação	�
42.4	Dados Gerais das Proteções dos Reatores	�
43	ESTUDO DE CURTO-CIRCUITO	�
44	DEFINIÇÃO DOS AJUSTES DAS PROTEÇÕES DAS LTS (P443 – UPD1 e UPD2)	�
54.1	System Data	�
54.2	CB CONTROL	�
54.3	CONFIGURATION	�
64.4	CT AND VT RATIOS	�
64.5	DISTURBANCE RECORDER	�
74.6	Group 1	�
74.6.1	GROUP 1 LINE PARAMETERS	 �
74.6.2	GROUP 1 DISTANCE SETUP	 �
104.6.3	GROUP 1 DIST. ELEMENTS	 �
114.6.4	GROUP 1 SCHEME LOGIC	 �
124.6.5	 GROUP 1 EARTH FAULT	 �
134.6.6	 GROUP 1 AIDED DEF	 �
134.6.7	GROUP 1 POWER SWING BLK	 �
144.6.8	GROUP 1 VOLT PROTECTION	 �
154.6.9	GROUP 1 CB FAIL & P.DEAD	 �
154.6.10	GROUP 1 SUPERVISION	 �
164.6.11	GROUP 1 SYSTEM CHECKS	 �
174.6.12	GROUP 1 AUTORECLOSE	 �
185	DEFINIÇÃO DOS AJUSTES DA PROTEÇÃO PRINCIPAL DOS REATORES (P632 – UPD4)	�
195.1	DeviceID	�
195.1.1	DVICE	 �
195.2	Config.parameters	�
195.2.1	FT-RC	 �
195.2.2	Funções de Proteção Habilitadas	 �
205.3	Function Parameters	�
205.3.1	Global	 �
215.3.2	General functions	 �
215.3.3	Parameter subset 1	 �
236	DEFINIÇÃO DOS AJUSTES DA PROTEÇÃO ALTERNADA DOS REATORES (P142– UPD5)	�
236.1	SYSTEM DATA	�
236.2	CONFIGURATION	�
246.3	DISTURB RECORDER	�
246.4	CT AND VT RATIOS	�
246.5	Group 1	�
246.5.1	GROUP 1 SYSTEM CONFIG	 �
256.5.2	GROUP 1 OVERCURRENT	 �
256.5.3	GROUP 1 EARTH FAULT 1	 �
256.5.4	GROUP 1 SEF/REF PROT’N	 �
266.5.5	 GROUP 1 SUPERVISION	 �
267	REFERÊNCIAS	�
28DIAGRAMA	�
��
1	INTRODUÇÃO
Este documento tem o objetivo de mostrar a metodologia e os critérios utilizados para a definição dos ajustes das proteções das Linhas de Transmissão de 230 kV do Sistema de Transmissão EBTE-MT e dos reatores derivação a elas associados.
O presente documento se refere à LT BRASNORTE – JUINA, circuitos C1 e C2.
Esta revisão 01 atende sugestões da TBE e recomendações do ONS quanto às funções de sobretensão, cheque de sincronismo e religamento automático, conforme [12].
2	DADOS GERAIS
2.1	Dados Gerais das LTs
	
TABELA 1
DADOS GERAIS DOS CIRCUITOS DE 230 kV
	Linha
	No Circ.
	Comprimento
[km]
	ZLT1
[Ohms]
	ZLT0
[Ohms]
	KZn
	
Ifl
[A]
	Iflmax
[A]
	Brasnorte-Juba
	2
	232
	114.7/80,5o
	406.0/75o
	0,85/-7.7o
	337
	572
	Brasnorte-Juina
	2
	215
	106.3/80,5o
	376.4/75o
	0,85/-7.7o
	296
	546
	Brasnorte-Parecis
	2
	106
	52.4/80,5o
	185.6/75o
	0,85/-7.7o
	304
	515
	N. Mutum-Sorriso
	2*
	145
	71.7/80,5o
	253.7/75o
	0,85/7,7o
	79
	146
	Sorriso-Sinop
	2*
	77
	38.0/80.5o
	140.0/75o
	0,90/7,5o
	50
	93
	
Os dados são baseados nas referências [1], [2 e [3]
Os dados de outras LTs da região podem ser vistos no diagrama anexo 
ZLT1 e ZLT0 – Impedâncias de sequência positiva e zero das LTs, respectivamente
KZn – Fator de Compensação Residual = (ZLT0-ZLT1)/3ZLT1
Ifl – Corrente máxima com sistema completo – referência [2]
Iflmax – Corrente máxima de carga com perda de 1 LT conforme ref [2]. No caso das LTs Brasnorte-Parecis, N.Mutum-Sorriso e Sorriso-Sinop foi considerado 185 % da carga máxima
* 1 circuito apenas da EBTE
 Dados Gerais das Proteções das LTs
Modelo – P443, fabricante - AREVA
CORTEC – P443 316 B6M0540K (principal e suplementar, identificação no projeto UPD1 e UPD2)
Funções habilitadas (as funções de proteção foram habilitadas conforme o “Workstatement”): 
-Distance (21/21N – proteção de distância de fase e de terra)
-Directional E/F (DEF – proteção direcional de sobrecorrente de terra)
-Sobrecorrente direcional de neutro (67N)
-PowerSwing Block (68 - bloqueio para oscilação de potência)
-Volt Protection (59 – proteção para sobretensão)
-Supervision (supervisão de TP e TC)
-System Checks (monitoração de tensão e verificação de sincronismo)
-Auto Reclose (religamento automático monopolar e tripolar)
Esquema de Teleproteção 
Habilitado o esquema POR (ou POTT), permissivo por sobrealcance. Os seguintes esquemas/funções foram a ele associados:
- Z2/Z4 (distância fase e terra)
- DELTA (delta directional comparison) 
- Weak infeed + Echo (devolução de sinal permissivo na condição de fonte fraca ou terminal aberto)
DEF (directional earth fault)
2.3	Dados Gerais dos Reatores Derivação
Fabricante - AREVA
Potência nominal – 20 MVAr – 50,20 A
Potência máxima operativa – 22,14 MVAr – 55,6 A
Tensão Nominal – 230 kV
Tensão Máxima – 242 kV (112%)
 Dados Gerais das Proteções dos Reatores
Modelos P632 (UPD4) e P142 (UPD5), fabricante AREVA
CORTEC
-P632 8481140NX01L00 (proteção principal – UPD4)
-P142 316D6M0410J (proteção alternada – UPD5)
Funções de proteção habilitadas
-Proteção Principal: 87(diferencial), 50/51(sobrecorrente de fase, em ambos os lados), 50N/51N (sobrecorrente residual, em ambos os lados)
-Proteção Alternada: 50/51 e 50N/51N(lado das buchas do reator), 50G/51G (neutro)
3	ESTUDO DE CURTO-CIRCUITO
O estudo de curto-circuito é apresentado em documento à parte e foi baseado no arquivo de curto-circuito BR1112PQ.ANA, horizonte dezembro de 2011, o mais recente disponível no portal do ONS.
4	DEFINIÇÃO DOS AJUSTES DAS PROTEÇÕES DAS LTS (P443 – UPD1 e UPD2)
Nesta seção são apresentados a metodologia utilizada e os cálculos efetuados para a definição dos ajustes das funções que constam do Workstatement e nos diagramas de projetos lógicos e esquemáticos das linhas de transmissão e se referem ao menu “settings” do software S1 STUDIO da AREVA. Pelo Workstatement e pelo Projeto as proteções UPD1 e UPD2 são idênticas e terão exatamente os mesmos ajustes.
Os grupos de parâmetros DATE AND TIME, RECORD CONTROL, MEASURE'T SETUP, COMMISSION TESTS, CB MONITOR SETUP, OPTO CONFIG	, CONTROL INPUTS, CTRL I/P CONFIG, FUNCTION KEYS e CTRL I/P LABELS não foram considerados por estarem fora do escopo do trabalho.
 System Data
Language : English
Description :	
-LT Juina-Brasnorte, terminal Juina: JN/BR-P443-C1 (ou C2)
-LT Juba-Brasnorte, terminal Brasnorte: BR/JN-P443-C1 (ou C2)
Plant Reference: ( conforme o terminal ajustado)
-SE BRASNORTE	
-SE JUINA 
Frequency :	60 Hz	
Demais parâmetros fogem ao escopo e foram deixados “default” 
CB CONTROL
Single Pole A/R:		Disabled (religamento monopolar será habilitado via PSL, conforme solicitação TBE)
Three Pole A/R:		Disabled (religamento tripolar será habilitado via PSL, conforme solicitação TBE)
Demais parâmetros fogem ao escopo e foram deixados “default” 
CONFIGURATION 
Habilitadas as funções indicadas no item 2.2 , associadas ao grupo 1 de ajustes:
Active Settings:		Group 1 
Setting Group 1:		Enabled (habilitado o primeiro e único grupo de ajustes utilizado)
Distance:	 Enabled 	
Directional E/F:		Enabled 		
Earth Fault 			Enabled 		
PowerSwing Block:	Enabled 
Volt Protection:		Enabled 
CB Fail: 	 		Disabled (não foi habilitada porque a função falha de disjuntor será realizada pelo relé diferencial de barra)	
Supervision:	 Enabled 		
System Checks:		Enabled 		
Auto-Reclose: 		Enabled 		
Setting Values:		Primary (os ajustes pertinentes foram definidos em valores primários) 
As demais funções de proteção foram desabilitadas. Os demais parâmetros deste grupo foram deixados “default” ou “visible”.