A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
39 pág.
MODULO 1 LIBRAS

Pré-visualização | Página 2 de 3

são de fundamental importância para o entendimento real do sinal, sendo que a 
entonação em Língua de Sinais é feita pela expressão facial.
E. Orientação/Direção
Os sinais têm uma direção com relação aos parâmetros acima. Assim, os verbos IR e VIR se opõem em relação 
à direcionalidade. (SENAI, 2002)
Ir
Voltar
Conhecendo Libras
ANOTAÇÕES
Curso de Libras
17
4. PESSOAS SURDAS
Segundo cálculos da Organização Mundial da Saúde - OMS, estima-se que 2,5% da população seja portadora de 
surdez em diferentes graus, de leve a profunda.
Entre esse percentual, existem os surdos oralizados (que não fazem uso da LIBRAS) e os outros não oralizados 
(que se utilizam das Línguas de Sinais para a sua comunicação).
Os surdos que utilizam as Línguas de Sinais podem ser considerados formadores de uma comunidade lingüística 
diferenciada.
O que os diferencia das demais pessoas, é que ser surdo não significa ter nascido em algum lugar determinado ou 
integrar uma família específica com as mesmas características, e sim possuir uma Língua de modalidade ges-
tual-visual cuja expressão e recepção é distinta de todas as demais, ou seja, das línguas que são de modalidades 
oral-auditiva.
Quer saber mais sobre esse público? Então leia o texto sobre CULTURA SURDA, que se encontra no Anexo I.
No ano de 2002, a comunidade surda brasileira pôde comemorar uma grande vitória. O Congresso Nacional 
aprovou e o Presidente da República sancionou a Lei n.º 10.436, de 24 de abril de 2002, que reconhece como 
meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS e concede outras providências. 
Esse fato, um marco para a comunidade surda do Brasil, vem contribuir para a formação de uma sociedade verda-
deiramente inclusiva, que garante os direitos dos surdos como cidadãos brasileiros.
“Aceitar o surdo significa aceitar a sua condição bicultural.” (SENAI, 2002).
 
SENAI.DN. Capacitação dos Docentes do SENAI para Comunicação em LIBRAS com Alunos Surdos. Gente Especial fazendo um SENAI 
Especial. Brasília, 2002. 
ATIVIDADE
Pesquise o Decreto Lei 5.626 de 22.12.05.
Pesquisar Internet
Conhecendo Libras
18
Comunicação com as pessoas surdas
Veja algumas dicas para se comunicar com pessoas surdas:
Procure falar claramente, em velocidade normal, de frente para o(a) surdo(a), tomando o cuidado para 
que ele(a) veja seu rosto, mantendo contato visual, pois se você dispersar o olhar, ele(a) poderá en-
tender que a conversa acabou; 
Ao usar expressões faciais, gestos ou movimentos do corpo, você facilitará a compreensão do que está 
pretendendo comunicar; 
Quando houver possibilidade, pode ser utilizada a escrita. Neste caso, procure ser objetivo; 
Quando um(a) surdo(a) estiver acompanhado(a) de intérprete, fale diretamente com ela, não com o 
intérprete; 
Ao planejar um evento, utilize recursos visuais para os avisos. Se for exibir um filme, providencie um 
script ou um resumo do filme, se não tiver legendas. 
O que significa ser Surdo(a)? Como construir uma comunicação com os(as) surdos(as)? O que seria realmente 
importante e vital para os surdos na sociedade e na vida familiar?
Estas e outras perguntas só poderemos responder se estivermos, de fato, adaptados à cultura da comunidade surda.
•
•
•
•
•
Visualização na comunicação dos surdos
A visualização dos sinais possibilita a prática 
comunicacional. No ambiente da conversação gestual, é 
necessário manter uma certa distância entre as pessoas 
que estão se comunicando, para que haja uma plena visão 
dos movimentos corporais. Por outro lado, pode-se utilizar 
um intérprete (“O intérprete da Língua de Sinais é uma 
pessoa que traduz mensagens/informações da Língua 
Portuguesa Oral para a Libras e vice-versa, sem perder seu 
sentido original”) até alcançar um grau de comunicação 
significativo.
Os articuladores primários das línguas de sinais são 
as mãos, que se movimentam no espaço em frente 
ao corpo e articulam sinais em determinadas locações 
nesse espaço. Um sinal pode ser articulado com uma ou 
duas mãos. Um mesmo sinal pode ser articulado tanto 
com a mão direita quanto com a esquerda; tal mudança, 
portanto, não é distintiva. Sinais articulados com uma 
mão são produzidos pela mão dominante (tipicamente a 
direita para destros e a esquerda para canhotos), sendo 
que sinais articulados com as duas mãos também ocorrem 
e apresentam restrições em relação ao tipo de interação 
entre as mãos.
A Língua de sinais brasileira, assim como as outras línguas 
de sinais, são basicamente produzidas pelas mãos, 
embora movimentos do corpo e da face também desem-
penhem funções.z
Curso de Libras
19
5. ALFABETO MANUAL E NÚMEROS
Vamos iniciar nossos estudos, conhecendo primeiramente o alfabeto manual também conhecido como 
digitalização e os números.
A
R
J
B
K
C
L
D
M N O
E F
P Q
G H I
S T U V X
Z 0 1 2 3
5 6 7 8 9
W
Y
4
Conhecendo Libras
20
Algumas informações importantes
1o É bastante comum encontrarmos pessoas que pensam que a LIBRAS se resume na utilização do alfabeto 
manual. Isto é um grande equívoco.
O alfabeto manual é utilizado basicamente em três situações:
Para nomes de pessoas e/ou lugares e para palavras que desconhecemos os sinais específicos.
Para configurar um determinado sinal. Ex.: sinal DESCULPAR – configuração da mão em y.
Como sinal soletrado ou também conhecido como soletração rítmica, que é como um empréstimo da 
LínguaPortuguesa, sendo expressa com um ritmo próprio e em situações específicas.
 Ex.: A-C-H-O P-A-I S-I-M V-A-I
2o O alfabeto pode ser feito com ambas as mãos, portanto, as pessoas canhotas não têm por que se 
preocuparem. O que não é possível acontecer é trocar as mãos durante a sinalização.
3o É natural sentir dificuldades no início da digitalização do alfabeto, mas com tempo e treino, você adquirirá 
agilidade.
4o Para palavras ou nomes compostos, faz-se um movimento com as mãos ao término da 1.ª palavra (lembrando 
do espaço da antiga máquina de escrever manual).
 Ex.: A-N-A (espaço) M-A-R-I-A
 
•
•
Prestar atenção
 
O alfabeto manual não é universal, difere de país para 
país. Existem apenas alguns que são semelhantes.
Curso de Libras
21
6. EXERCICIOS
1. Encontre a ordem correta do alfabeto:
( ) ( ) ( )
Conhecendo Libras
22
2. Caça-palavras: Procure as palavras abaixo no alfabeto manual e circule:
MUNDO / SORVETE / AMIGO / ÁGUA / DESCULPA / OBRIGADO / RIR
Curso de Libras
23
3. Transcreva para o português as mensagens escritas no alfabeto manual da LIBRAS:
Conhecendo Libras
24
4. Faça a correspondência:
(a) Vinte e quatro
(b) Quarenta
(c) Noventa e nove
(d) Doze
(e) Cinqüenta e dois
( )
( )
( )
( )
( )
5. Resolva as operações:
Curso de Libras
25
Colegas, chegamos ao final da primeira lição.
É muito importante que avançarmos nas lições 
dominando todos os conteúdos e sinais apresentados.
Então, caso tenha alguma dúvida entre em contato com 
o Tutor do curso para que ele possa lhe ajudar.
Dúvidas
Curso de Libras
27
LIÇÃO 2 - PRIMEIROS SINAIS
1. Introdução
2. Sinal das Pessoas
Atividade
Atividade
Envie ao tutor do curso uma ou mais fotografias suas e escreva 
um breve texto falando sobre suas características pessoais como: 
personalidade, coisas que gosta de fazer, suas preferências (cores, 
esportes, comidas, passeios, entre outros) e tudo o que julgar 
importante e que o represente. Assim, ele poderá criar um sinal 
para você.
Conhecendo Libras
28
Veja alguns exemplos de pessoas famosas e seus sinais e tente identificar o porquê de cada sinal.
3. Cumprimentos
1 32 4
BOM-DIA
1 32 4
BOA-TARDE
Curso de Libras
29
1

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.