A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Resumo  Questao discursiva   TGA e  Administração, Sistema e Ambiente

Pré-visualização | Página 8 de 9

que aprendem são formadas por pessoas que expandem, continuamente, a sua capacidade de criar os resultados que desejam, onde padrões de comportamento novos e abrangentes são estimulados, a aspiração coletiva ganha liberdade, e as pessoas exercitam-se, continuamente, em aprender juntas. Assim, é fundamental que as empresas derrubem as barreiras que impedem os níveis de aprender, pois o que diferencia uma empresa que aprende de outra parada no tempo, conforme Peter Senge (1994), é o domínio de cinco disciplinas básicas.
Dessa forma, apresente as características de 3, das cinco disciplinas presentes nas organizações que aprendem.
	Em termos de atendimento à proposta, espera-se que o estudante explique as cinco disciplinas de Peter Senge:
- Domínio Pessoal: é o alicerce espiritual da organização que aprende, já que a capacidade e o comprometimento de uma organização em aprender não podem ser maiores que seus integrantes. Essa disciplina esclarece que é importante aprofundar a visão pessoal, focalizar a energia, desenvolver a paciência e ver a realidade objetivamente em prol dos indivíduos viverem em função de altas aspirações.
- Modelos mentais: compreendem as suposições e generalizações de como vemos o mundo, nossa forma de agir e nosso comportamento. Na organização que aprende, os novos dogmas serão visão, valores e modelos mentais. As empresas saudáveis serão as que conseguirem sistematizar formas de reunir as pessoas para desenvolver os melhores modelos mentais possíveis para enfrentar qualquer situação que se apresente.
- Visão Compartilhada: quanto mais pessoas compartilharem e se associarem a uma visão, maior a chance dela se realizar. Uma visão compartilhada também provê um leme para manter o processo de aprendizagem em curso quando o estresse se desenvolve. Com uma visão compartilhada estamos mais propensos a expor nossas ideias, desistir de posições extremamente arraigadas e reconhecer dificuldades pessoais e organizacionais. Nessa disciplina, Senge (1994) enfatiza que o comprometimento e compromisso que pressupõe a visão compartilhada deve tomar o lugar da aceitação, em que os líderes ditam uma visão acreditando que ela será assimilada automaticamente; ou seja, para ser aprendiz, a empresa deve ter uma missão genuína para que as pessoas deem o melhor de si e adotem uma visão compartilhada.
 - Aprendizagem em Equipe: essa disciplina valoriza o diálogo e a discussão, já que é o processo de alinhamento e desenvolvimento da capacidade da equipe de criar os resultados que seus membros realmente desejam. Ela baseia-se na disciplina do desenvolvimento da visão compartilhada. Ela baseia-se também no domínio pessoal, pois equipes talentosas são compostas de indivíduos talentosos.
- Pensamento Sistêmico: esta é a quinta disciplina, que tem o propósito de integrar as outras quatro. O pensamento sistêmico visa à interconexão de toda a empresa e pressupõe que as coisas, processos e pessoas não são peças isoladas.
Resposta: Nota: 20.0
dominio pessoal, modelos mentais, visão compartilhada, aprendizagem por equipe e pensamentos sistêmicos.
Questão 1/5
Sabemos que a metodologia 5s referese a cinco termos relacionados aos cuidados no ambiente de trabalho na busca pela qualidade total. São eles: o senso de utilização, o senso de arrumação ou organização, o senso de limpeza, o senso de padronização e o senso de disciplina. A partir disso apresente qual o objetivo desta metodologia, e ilustre com pelo menos dois exemplos, identificando o senso a que se refere cada exemplo.
O objetivo principal da metodologia do 5s é a produção enxuta.
Para o Senso de Utilização é importante que seja ilustrada a separação de itens necessários dos desnecessários (inclusive ferramentas, peças, materiais e documentos) e descartados os desnecessários. Para o Senso de Arrumação ou Ordenação deve ser disponibilizado organizadamente o que restou, com um lugar para cada
coisa e cada coisa em seu lugar. Organizar a área de trabalho, de modo que seja fácil encontrar o que é necessário. Para o Senso de Limpeza é importante limpar e lavar a área de trabalho e fazêla brilhar.
Para o senso de Padronização devese estabelecer uma programação e métodos para executar a limpeza e a separação. Formalizar a limpeza, que resulta da prática dos três primeiros S, de modo que a limpeza permanente e o estado de prontidão sejam mantidos. Para o Senso de Disciplina é preciso criar disciplina para executar as primeiras quatro práticas, por meio das quais todos compreendem, obedecem e praticam as regras quando estão na fábrica. Implementar mecanismos para sustentar os ganhos envolvendo as pessoas e as reconhecendo por meio de um sistema de medida de desempenho.
Segundo Oliveira (2012), por mais engessadas que sejam as empresas, seus sistemas são abertos, interagem com o resto do mundo e por isso estão sujeitas a mudanças. Assim, a abordagem sociotécnica resulta em uma interação com os sistemas técnicos e social. Se considerarmos as empresas sob o ponto de vista técnico, as máquinas, equipamentos e tecnologia disponível potencializam muito a garantia de que tudo funcionará como o esperado. Potencializam, porque a efetividade dessa garantia só se dará pela interação humana.
PROVA DISCURSIVA DA DEIA
Questão 1/5
Com o avanço dos mercados (compra e venda de bens, além da agricultura) e o fim do feudalismo, inicia-se a Era Industrial (Revolução Industrial), e entram em cena os grandes pensadores da Administração, intelectuais e práticos que procuraram pensar como os processos de produção devem ser organizados, principalmente com o ganho obtido com a especialização da mão de obra Assim, nasce na história uma nova era para as formas de organização produtivas, baseada no princípio da eficiência e no ganho econômico capitalista.
Segundo Chiavenato (2010), as Organizações na Era Industrial tinham algumas características, cite-as:
Nota: 16.0
	Crescimento das Organizações Industriais
Aumento do mercado de consumo
Especialização e qualificação da mão de obra Orientação da economia voltada à indústria
Forte influência das ciências (física, química, engenharia, entre outras)
Ênfase na eficiência de produção
Questão 3/5
A administração científica teve um entusiasta chamado Henry Ford (1863 – 1947) que tinha como ideia potencializar a produção gastando menos tempo e recursos. Seu objetivo era produzir carros de baixo custo para atingir a população menos favorecida, que por sinal era a maioria. Ford revolucionou a maneira de se trabalhar dentro de fábricas de produção em massa, criou sistemas mais rápidos de produção, motivava seus funcionários com salários mais altos em comparação com outras fábricas e ainda vendia seus carros em um sistema de prestações, algo que nem era imaginado para época.
COELHO, F. Princípios de Ford vistos nos dias atuais, 2015. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/empreendedorismo/principios-de-ford-visto-nos-dias-atuais/86952/>.
A partir do que se descreve dos princípios empregados e difundidos por Henry Ford, tanto nas aulas quanto no livro-base da disciplina, a partir de uma perspectiva crítica, faça um paralelo com as questões apresentadas naquela época com o que se apresenta na gestão nos dias de hoje.
	Analisando o fordismo de forma mais crítica, verifica-se que este se liga à modernidade, com um estilo burocrático e 
racionalista, pois nesse modelo de produção, a sociedade garante a todos a participação no trabalho coletivo e 
divide os benefícios entre todos, porque a sociedade é organizada por gerentes particulares ou públicos, 
construindo o mundo de acordo com a sua ciência.
Questão 4/5
Muitos autores apresentam críticas ao sistema fechado, mais precisamente ao sistema burocrático. Apresente pelo menos duas críticas aos limites impostos pelo sistema burocrático nas empresas, justificando e ilustrando com exemplos. Evite duplicidade com termos sinônimos.
	Excessivo racionalismo da burocracia: Não leva em conta as condições do ambiente e considera que

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.