INTERVENÇÕES CONTEMPORÂNEAS E A BUSCA DA CIDADE COMPACTA
78 pág.

INTERVENÇÕES CONTEMPORÂNEAS E A BUSCA DA CIDADE COMPACTA


DisciplinaProjeto Integrado: Edifício Institucional/cultural4 materiais41 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Projeto Integrado 
INTERVENÇÕES CONTEMPORÂNEAS 
 E A BUSCA DA CIDADE COMPACTA 
ed lucchini 
1. AS CIDADES DE HOJE 
2. A CIDADE COMPACTA E SUSTENTÁVEL 
3. ESTUDOS DE CASO: XANGAI E WOOD WHARF 
1. AS CIDADES DE HOJE 
1. AS CIDADES DE HOJE 
-­\u2010\u202f	
  ENTRE	
  1950	
  E	
  1990	
  A	
  
POPULAÇÃO	
  DAS	
  CIDADES	
  
DO	
  MUNDO	
  AUMENTOU	
  
10X,	
  DE	
  200	
  MILHÕES	
  
PARA	
  MAIS	
  DE	
  2	
  BILHÕES	
  
-­\u2010\u202f	
  CONSOMEM	
  3/4	
  DE	
  
TODA	
  A	
  ENERGIA	
  DO	
  
MUNDO	
  E	
  CAUSAM	
  PELO	
  
MENOS	
  3/4	
  DA	
  POLUIÇÃO	
  
GLOBAL	
  
-­\u2010\u202f	
  AS	
  CIDADES	
  GERAM	
  75%	
  
DOS	
  RESÍDUOS	
  
PRODUZIDOS	
  NO	
  
PLANETA	
  
PORÉM,	
  AS	
  CIDADES	
  
OCUPAM	
  APENAS	
  5%	
  DA	
  
SUPERFÍCIE	
  DO	
  PLANETA.	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
1. AS CIDADES DE HOJE 
	
  
A	
  urbanidade	
  ao	
  longo	
  da	
  história	
  passou	
  por	
  uma	
  
alternância	
  entre	
  períodos	
  de	
  visões	
  posiMvas	
  e	
  negaMvas	
  
a	
  respeito	
  do	
  habitar	
  nas	
  cidades.	
  
	
  
-­\u2010\u202fApós	
  a	
  idade	
  média,	
  habitar	
  a	
  cidade	
  representava	
  novos	
  horizontes,	
  
posiWvos,	
  pois	
  signi\ufb01cava	
  a	
  libertação	
  do	
  jugo	
  feudal.	
  
-­\u2010\u202f	
  ILUMINISMO	
  =	
  ANTROPOCENTRISMO:	
  urbanismo	
  evolui	
  e	
  passa	
  a	
  estar	
  
relacionado	
  à	
  noção	
  de	
  homem	
  público,	
  ou	
  seja,	
  de	
  valorização	
  do	
  convívio	
  
humano	
  ,	
  da	
  coleWvidade	
  e	
  do	
  livre	
  ir	
  e	
  vir.	
  	
  
-­\u2010\u202fAlém	
  disso	
  a	
  cidade	
  começa	
  a	
  ser	
  vista	
  como	
  o	
  local	
  da	
  liberdade	
  de	
  expressão	
  
e	
  de	
  uma	
  revolução	
  tecnológica,	
  livre	
  do	
  retrocesso	
  medieval.	
  	
  Viver	
  no	
  campo	
  
signi\ufb01ca	
  atraso	
  e	
  trevas.	
  
-­\u2010\u202f	
  Com	
  a	
  revolução	
  industrial,	
  o	
  ambiente	
  urbano	
  começa	
  a	
  se	
  degradar	
  devido	
  
às	
  péssimas	
  condições	
  de	
  vida	
  da	
  classe	
  trabalhadora,	
  então,	
  este	
  conceito	
  
posiWvo	
  de	
  cidade	
  começa	
  a	
  mudar.	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
-­\u2010\u202fVários	
  autores	
  do	
  século	
  XIX	
  classi\ufb01cam	
  a	
  cidade	
  como	
  lugar	
  do	
  pecado,	
  de	
  
devassidão	
  e	
  da	
  opressão	
  capitalista.	
  O	
  CAMPO	
  É	
  O	
  LUGAR	
  DO	
  HOMEM	
  PURO.	
  
-­\u2010\u202f	
  No	
  início	
  do	
  século	
  XX,	
  os	
  modernistas	
  começam	
  a	
  desenhar	
  uma	
  nova	
  cidade,	
  
para	
  a	
  nova	
  sociedade	
  industrial.	
  NOVAMENTE	
  SE	
  INICIA	
  UMA	
  NOVA	
  FASE	
  DE	
  
OTIMISMO	
  E	
  POSITIVISMO	
  EM	
  RELAÇÃO	
  à	
  CIDADE.	
  
	
  
-­\u2010	
  Ao	
  longo	
  do	
  século	
  XX	
  esta	
  visão	
  foi	
  novamente	
  mudando.	
  O	
  individualismo	
  e	
  
egoísmo	
  urbano	
  passaram	
  a	
  predominar,	
  principalmente	
  devido	
  ao	
  medo	
  e	
  à	
  
insegurança	
  na	
  metrópole	
  \u2013	
  TENDÊNCIA	
  AO	
  ISOLAMENTO	
  
A	
  CIDADE	
  DOS	
  DIAS	
  ATUAIS	
  \u2013	
  CICLO	
  NEGATIVO	
  
	
  
-­\u2010\u202f	
  INSTABILIDADE	
  SOCIAL	
  QUE	
  LEVA	
  AO	
  DECLÍNIO	
  
AMBIENTAL	
  
-­\u2010\u202f	
  POPULAÇÃO	
  POBRE	
  MIGRANDO	
  PARA	
  OS	
  
GRANDES	
  CENTROS	
  
-­\u2010\u202f	
  ESPAÇOS	
  PÚBLICOS	
  NEGLIGENCIADOS	
  
-­\u2010\u202f	
  DISTANCIAMENTO	
  ENTRE	
  OS	
  NÚCLEOS	
  
-­\u2010\u202f	
  CIDADE	
  INFORMAL	
  
-­\u2010\u202f	
  ARENAS	
  DE	
  CONSUMO	
  CONCENTRADAS	
  
-­\u2010\u202f	
  INDIVIDUALISMO	
  
-­\u2010\u202f	
  VIOLÊNCIA	
  
-­\u2010\u202f	
  FORMAÇÃO	
  DE	
  FRONTEIRAS	
  URBANAS	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
BELÉM,	
  BRASIL	
  
GUAYAQUIL,	
  EQUADOR	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
O	
  CONCEITO	
  DE	
  FRONTEIRAS	
  URBANAS	
  	
  
(RACHEL	
  COUTINHO	
  MARQUES	
  DA	
  SILVA)	
  
	
  
LIMITE:	
  Divisão	
  precisa	
  e	
  bem	
  demarcada	
  entre	
  dois	
  territórios;	
  
	
  
FRONTEIRA:	
  é	
  um	
  termo	
  mais	
  abrangente	
  e	
  está	
  relacionado	
  a	
  uma	
  
região	
  ou	
  faixa.	
  
	
  
FRONTEIRA-­\u2010FAIXA:	
  é	
  um	
  Wpo	
  de	
  fronteira	
  contundentemente	
  
demarcada	
  por	
  muralhas	
  ou	
  muros.	
  
	
  
FRONTEIRA	
  VIVA:	
  é	
  um	
  Wpo	
  de	
  fronteira	
  sem	
  obstáculos,	
  onde	
  cria-­\u2010se	
  
um	
  espaço	
  com	
  um	
  grande	
  intercâmbio	
  cultural	
  entre	
  as	
  duas	
  partes.	
  
	
  
INTERDEPENDÊNCIA:	
  a	
  cooperação	
  é	
  a	
  melhor	
  forma	
  de	
  integração	
  
entre	
  duas	
  partes	
  e	
  não	
  a	
  disputa.	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CIDADE	
  FORMAL	
  X	
  CIDADE	
  
INFORMAL	
  
	
  
A	
  fronteira	
  entre	
  a	
  cidade	
  
formal	
  e	
  a	
  informal	
  deveria	
  
ser	
  viva,	
  sem	
  barreiras,	
  para	
  
uma	
  forte	
  integração	
  entre	
  
as	
  partes,	
  porém,	
  ela	
  está	
  
mais	
  relacionada	
  ao	
  
conceito	
  de	
  fronteira-­\u2010faixa	
  
SÃO	
  PAULO,	
  BAIRRO	
  DO	
  MORUMBI	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
MODELO	
  RODOVIARISTA	
  
	
  
SUPERVALORIZAÇÃO	
  DO	
  AUTOMÓVEL	
  
COMO	
  MEIO	
  DE	
  TRANSPORTE	
  
	
  
DESENHO	
  DAS	
  CIDADES	
  DETERMINADO	
  
PELOS	
  TRAÇADOS	
  VIÁRIOS	
  
PLANO	
  DE	
  AVENIDADES	
  DE	
  PRESTES	
  MAIA	
  \u2013	
  ANOS	
  1930	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CRUZAMENTO	
  DE	
  AUTOPISTAS	
  \u2013	
  LOS	
  ANGELES	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
SÃO	
  PAULO	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CRUZAMENTO	
  DE	
  AUTOPISTAS	
  \u2013	
  XANGAI	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
TOKYO,	
  JAPÃO	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
ESGARÇAMENTO	
  DO	
  TECIDO	
  
URBANO	
  
	
  
CRESCIMENTO	
  EXCESSIVO	
  
PARA	
  OS	
  LADOS	
  	
  
	
  
POUCA	
  OTIMIZAÇÃO	
  DAS	
  
INFRA-­\u2010ESTRUTURAS	
  
EXISTENTES	
  
	
  
	
  
	
  
GUADALAJARA,	
  MÉXICO	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CLASSIFICAÇÃO	
  DO	
  ESPAÇO	
  URBANO	
  (MICHAEL	
  WALZER)	
  
	
  
-­\u2010\u202f	
  ESPAÇO	
  MONOFUNCIONAL	
  
	
  
ESPAÇO	
  URBANO	
  QUE	
  PREENCHE	
  UMA	
  ÚNICA	
  FUNÇÃO	
  E	
  GERALMENTE	
  É	
  
PRODUZIDO	
  COMO	
  CONSEQUÊNCIA	
  DE	
  DECISÕES	
  TOMADAS	
  POR	
  
INCORPORADORAS	
  OU	
  PLANEJADORES	
  ANTIQUADOS	
  
	
  
EXEMPLOS:	
  CONDOMÍNIO	
  FECHADO,	
  CENTRO	
  EMPRESARIAL	
  
ZONA	
  INDUSTRIAL,	
  ESTACIONAMENTO,	
  SHOPPING	
  CENTER,	
  HIPERMERCADO	
  
	
  
PRESSA,	
  CONSUMO,	
  INDIVIDUALIDADE...	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
SHOPPING	
  CIDADE	
  JARDIM	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CENTRAL	
  PARK	
  MOOCA	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
CLASSIFICAÇÃO	
  DO	
  ESPAÇO	
  URBANO	
  (MICHAEL	
  WALZER)	
  
	
  
-­\u2010\u202f	
  ESPAÇO	
  MULTIFUNCIONAL	
  
	
  
ESPAÇO	
  URBANO	
  PENSADO	
  PARA	
  UMA	
  VARIEDADE	
  DE	
  USOS,	
  PARTICIPANTES	
  E	
  
USUÁRIOS	
  
	
  
EXEMPLOS:	
  PRAÇA,	
  RUA	
  COMERCIAL,	
  MERCADO,	
  PARQUE,	
  CAFÉ	
  NA	
  CALÇADA	
  
	
  
TOLERÂNCIA,	
  PERCEPÇÃO,	
  EDUCAÇÃO,	
  CONVÍVIO	
  DEMOCRÁTICO	
  
ENCONTRO,	
  RESPEITO....	
  
	
  
1. AS CIDADES DE HOJE 
LA	
  RAMBLA	
  -­\u2010	
  BARCELONA	
  
2. A CIDADE COMPACTA E 
SUSTENTÁVEL 
2. A CIDADE COMPACTA E 
SUSTENTÁVEL 
COMO	
  JÁ	
  MENCIONADO	
  
ANTERIORMENTE,	
  A	
  REVOLUÇÃO	
  
INDUSTRIAL	
  TROUXE	
  UM	
  ADENSAMENTO
edson
edson fez um comentário
inter. c
1 aprovações
Carregar mais