A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
Resoluções

Pré-visualização | Página 1 de 4

(141W) CONTABILIDADE SOCIETARIA 
Ex 8
Uma sociedade empresária A apresentou em seu Balanço Patrimonial, no grupo de Passivo Circulante, a quantia de R$ 1.000.000,00 a título de Dividendos Propostos e na Demonstração de Resultado, um lucro do período no valor de R$ 4.000.000,00.
 
Considerando que uma determinada sociedade investidora B participa do capital dessa empresa com um percentual de 10% e que apresenta no Ativo Não Circulante a participação na sociedade A, classificada com investimento avaliado pelo método de custo, adquirida há mais de dois anos, por ser a forma adequada de classificação, o registro contábil desta mutação patrimonial na investidora B, será:
Ex 3
Admita-se que a Cia. Teresina (Investidora) cujo Patrimônio Líquido é de $ 80.000.000, invista no capital das seguintes empresas:
 
	Investidas
	Valor contábil dos investimentos
	Capital das Investidas
	Cia Manaus
	2.000.000
	8.000.000
	Cia. Cuiabá
	4.500.000
	50.000.000
	Cia. Aracajú
	450.000
	500.000
	Cia. Curitiba
	1.050.000
	150.000.000
	Cia. Goiânia
	10.000.000
	80.000.000
 
Admita, ainda, que a as investidas emitam apenas ações ordinárias cujo valor nominal seja de $ 1,00 cada uma. Indique para quais dessas empresas a Cia. Teresina teria que usar o método da equivalência patrimonial na avaliação destes investimentos
Cia Manaus e Aracajú.
Ex 5 
Uma companhia possui participação permanente na empresa Delta, adquirida em X9. No exercício de X10, esse investimento apresentou as seguintes características:
 
											 Em reais
	Empresa
Investida
	Patrimônio Líquido
Da investida em X9
	Participação da
Investidora
	Lucro do Exercício
Em X10
	Delta
	5.100.000,00
	70%
	500.000,00
 
Considerando exclusivamente os dados acima e sabendo que em X10, a investida não chamou capital novo, o valor contábil final correspondente ao investimento da investidora, será, em R$:
Ex 6 
Ao examinar as contas referentes às participações societárias permanentes de propriedade da Cia. Topázio, o profissional constatou que a referida companhia possui 55% das ações com direito a voto da Cia. Esmeralda, o que corresponde a 40% do total de ações da investida. O auditor procedeu à conferência dos cálculos da avaliação do investimento pelo método da equivalência patrimonial. O Patrimônio Líquido da contratada, no final do exercício, era de R$ 1.500.000,00, e o valor contabilizado da participação societária na contabilidade da controladora correspondia a R$ 700.000,00. Com base nessas informações, o auditor concluiu que o valor do ajuste a ser efetuado corretamente na conta que registra o valor dessa participação societária deveria ser:
Ex 8
A Cia. Verão possui 60% do capital da Cia. Primavera da qual é controladora. Sabe-se que o investimento está registrado na contabilidade da controladora por R$ 10.000,00 e que o Patrimônio Líquido atual da controlada é de R$ 12.000,00, é CORRETO afirmar que, com base nesses dados, o lançamento contábil da equivalência patrimonial será:
 1.
A investidora possui 70% do Capital de uma empresa investida. O investimento está registrado na contabilidade da investidora por $ 3.000. Se o Patrimônio Líquido da investida estiver representado por:
 
			Capital Social			3.000
			Reservas			 1.000
			Total				 4.000	
O lançamento contábil da Equivalência Patrimonial, na investidora, será:
Ex 2
A Cia. América, investidora, adquiriu, em X2, 60% do capital da Cia. Canadá pelo valor patrimonial. O Patrimônio Líquido da Canadá, no ato da compra, era de $ 60.000. No final do exercício de X3, a Cia. Canadá apura um lucro líquido do exercício de $ 20.000 e distribui 25% desse lucro a título de dividendos. O valor do Investimento em Controladas apresentado pela Cia. América, em 31/12/X3, será:
Ex 3
A Cia. América, investidora, adquiriu, em X2, 60% do capital da Cia. Canadá pelo valor patrimonial. O Patrimônio Líquido da Canadá, no ato da compra, era de $ 60.000. No final do exercício de X3, a Cia. Canadá apura um prejuízo de $ 20.000. O lançamento a ser efetuado pela Cia. América em 31/12/X3, será
Ex 4 
Em 01/01/X8, a Cia. Alfa pagou $ 700.000 por 100.000 ações que representavam 30% das ações da Cia. Beta, cujo Patrimônio Líquido, nessa data, era de $ 2.000.000. A mais-valia paga pela Cia. Alfa será amortizada em função da depreciação dos bens que lhe deram a origem. Em 31.12.X8, a Cia. Beta apresentou um lucro do exercício de X8 de $ 300.000. Em 31/12/X8, a empresa Beta propôs a distribuição de dividendos de $ 100.000. A Cia. Alfa exerce significativa influência sobre a Cia. Beta e avalia seus investimentos pelo método da equivalência patrimonial. 
 
Com base nas informações, o valor nominal unitário das ações adquiridas da Cia. Beta foi de:
 
Ex 5
A empresa Lua S.A. apresentou valores não circulantes, com os seguintes saldos em 31/12/X2
 
	Ações – Cia. A						$ 2.000,00
	Ações – Cia. C					$ 5.000,00
	Ações – Cia. B						$ 1.000,00
	Marcas e Patentes						$ 600,00
	Móveis e Utensílios						$ 800,00
	Perdas Estimadas por Valor Não Recuperável	$ 100,00
	Veículos							$ 1.200,00
 
Observações:
	Durante o exercício de X3, não houve nenhuma movimentação no saldo das contas.
	As Cias. A, B e C emitem somente ações ordinárias.
	As participações acionárias são:
		
		Participação: 40% na Cia. C.
		Participação: 15% na Cia. A.
		Participação: 10% na Cia. B.
 
A Cia. C apurou lucro líquido de $ 1.000,00 e distribuiu dividendos de $ 200,00.
A Cia. A apurou lucro líquido de $ 1.000,00 e distribuiu dividendos de $ 200,00. 
 
Contabilizando-se os ajustes necessários em investimentos, no fim do exercício de X3, vamos encontrar essa empresa com um Ativo Não Circulante no valor de:
Ex 6 
Temos como tarefa observar o Patrimônio Líquido das empresas Hexa Comercial e Hepta Comercial, em 31.12.X2, no qual podemos verificar os seguintes elementos:
 
	 
	EMPRESA HEXA
	EMPRESA HEPTA
	Capital Social
	$150.000,00
	$ 120.000,00
	Ações emitidas
	15.000 unidades
	12.000 unidades
	Reservas de Lucros
	$ 30.000,00
	$ 12.000,00
	Imobilizado
	$ 140.000,00
	$ 150.000,00
	Investimentos
	$ 72.000,00
	$ 37.000,00
	Ações do Banco do Brasil
	$ 10.000,00
	$ 6.000,00
	Ações de Hepta
	$ 52.800,00
	-
 
No exercício social de X2:
	
	A empresa Hexa obteve lucro de $ 50.000,00
	A empresa Hepta obteve lucro de $ 40.000,00
	A empresa Hexa distribuiu dividendos de 20%
	A empresa Hepta distribuiu dividendos de 20%
 
Com base nessas informações, e considerando que as empresas emitem somente ações ordinárias, ao examinarmos a escrituração da empresa Hexa, devemos encontrar um lançamento assim registrado:
Ex 9
Em 01/01/X8, a Cia. Alfa pagou $ 700.000 por 100.000 ações que representavam 30% das ações da Cia. Beta, cujo Patrimônio Líquido, nessa data, era de $ 2.000.000. A mais-valia paga pela Cia. Alfa será amortizada em função da depreciação dos bens que lhe deram a origem. Em 31.12.X8, a Cia. Beta apresentou um lucro do exercício de X8 de $ 300.000. Em 31/12/X8, a empresa Beta propôs a distribuição de dividendos de $ 100.000. A Cia. Alfa exerce significativa influência sobre a Cia. Beta e avalia seus investimentos pelo método da equivalência patrimonial. 
 
Com base nas informações, ao final do exercício de 19X8, o valor apurado como Resultado de Equivalência Patrimonial foi de:
EX 10
Uma empresa de auditoria resolveu adquirir 80% das ações com maioria de capital votante da empresa Só Lucros S.A. Nessa data o patrimônio da investida correspondia a $ 25.000,00, e foram pagos $ 30.000,00 pelo investimento.