A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
apol arqueologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

Machu Picchu foi uma cidade construída pelos Incas antes da chegada dos europeus ao continente. De acordo com o artigo-base Cultura Material: a dimensão concreta das relações sociais e utilizando os conhecimentos aprendidos sobre as fontes da Arqueologia, assinale a opção correta:
	
	A
	Por se tratar de uma estrutura muito maior do que uma edificação comum, Machu Pichu pode ter algumas partes consideradas como fonte, a escadaria por exemplo.
	
	B
	O principal foco de interesse da Arqueologia em um objeto de estudo como esse é a interação do homem com o meio, sendo que a forma em si e o tempo são elementos dispensáveis.
	
	C
	O fator que faz com que Machu Picchu possa ser considerada uma fonte é a importância em termos de datação temporal.
	
	D
	Machu Picchu pode ser considerada integralmente como um objeto de estudo para o campo da Arqueologia porque se insere na dimensão da forma, do espaço e do tempo.
	
	E
	A arquitetura, que é um exemplo da cultura original da civilização Inca, é o que confere a Machu Picchu, pela dimensão da forma, o status de fonte arqueológica.
Considere a tira a seguir: 
RUAS, Carlos. Tira, 2011.
Após esta avaliação, este material está disponível em: http://www.ufrgs.br/projetoamora/atividades-integradas/atividades-integradas-2011/Tirinha%201.jpg/image_preview. Acesso em: 10/05/2016.
 O quadrinho acima é um exemplo da ideia de evolucionismo desenvolvida por Charles Darwin no século XIX. Nesse mesmo período a Arqueologia foi elevada ao status de disciplina. Quanto a isso e considerando o artigo-base Cultura Material: a dimensão concreta das relações sociais, assinale a alternativa correta:
	
	A
	A influência das ciências naturais sobre a definição da Arqueologia como disciplina foi nula, pois eram áreas muito distintas entre si.
	
	B
	Pelo fato de a Teoria da Evolução ter causado polêmica quando foi divulgada, os arqueólogos da época preferiram buscar referências em outras áreas, como as exatas.
	
	C
	A necessidade de classificação dos objetos arqueológicos surgiu porque a descoberta de novas peças aumentou, sendo que os primeiros sistemas foram baseados na biologia.
	
	D
	A definição da Arqueologia como disciplina específica ainda está em processo, hoje ela se configura como uma auxiliar de outras disciplinas.
	
	E
	A Arqueologia adotou os mesmos sistemas de classificação de rochas e pedras utilizados pela Geografia. 
3-“O exótico está sempre situado, não no absoluto desconhecimento, mas na tensão entre conhecido e desconhecido, entre próximo e distante. Aquilo que é estranho demais ou absolutamente desconhecido dificilmente poderá ser fonte de exotismo já que, para que a elaboração de representações a respeito do outro aconteça, são necessárias pistas mínimas que conduzam o pensamento”.
 Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em LEITÃO, Debóra Krischke. Nós, os outros: construção do exótico e consumo de moda brasileira na França. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 13, n. 28, p. 203-230, jul./dez. 2007, p..213. 
Durante muito tempo os museus e locais de preservação da memória foram sinônimos de objetos exóticos e por vezes distantes da cultura local. Considerando o artigo-base Preservação Patrimônio: reflexões através do registro e transferência da informação sobre essa prática, assinale a alternativa correta:
	 
	A
	Essa forma de seleção se mantém até hoje em dia, sendo que o exotismo e a raridade são as características necessárias para um objeto ser integrado a uma coleção.
	
	B
	Os objetos exóticos são os principais interesses desses espaços por conta do turismo comercial que é a função dos museus.
	
	C
	A tendência hoje é a preservação do patrimônio excepcional mesmo que seja pertencente a uma cultura muito distante da região.
	
	D
	Mais do que a identificação da população regional com o patrimônio, as instituições devem se preocupar em obter coleções de acervos financeiramente valiosas.
	
	E
	Atualmente está ocorrendo uma mudança significativa segundo a qual o patrimônio que faz sentido a comunidade do entorno tem sido cada vez mais valorizado.
4-0bserve a imagem a seguir:
MARQUES, Júlia. Árvore genealógica dos personagens do livro Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Marquez. In: Marques, Júlia. Sete gerações em Cem Anos de Solidão. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: http://praler.org/2012/03/23/sete-geracoes-em-cem-anos-de-solidao/. Acesso em: 13/05/2016. 
A árvore genealógica é um exemplo de uma ferramenta utilizada para se preservar a ancestralidade das gerações em uma mesma família. Considerando o artigo-base Preservação Patrimônio: reflexões através do registro e transferência da informação quanto à relação entre a preservação da ancestralidade e o patrimônio, leia as afirmativas a seguir e assinale V para as verdadeiras e F para as falsas:
I. ( ) O patrimônio permite que dois grupos distantes entre si no tempo possam estabelecer uma ligação através do espaço.
II. ( ) A preservação do patrimônio faz referência ao que é de domínio público diferentemente da ancestralidade que é de domínio familiar.
III. (  ) A ancestralidade se materializa através do patrimônio pela memória que se mantém no espaço.
IV. ( ) O patrimônio e a ancestralidade estão diretamente relacionados, pois ambos se inserem tanto na esfera tanto privada quanto pública da sociedade.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	V-F-F-V.
	
	B
	V-F-V-V.
	
	C
	F-F-V-V.
	
	D
	F-V-V-F.
	
	E
	V-V-F-V.
5-Observe a imagem a seguir:
Mural Indígena em Bogotá, Colômbia.
Após esta avaliação, caso queira observar mais detidamente a imagem, ela está disponível em: Revista TuHotel Bogotá.com. Colômbia: 2015.  Disponível em: http://www.tuhotelbogota.co/revista/murales-en-el-chorro-de-quevedo/. Acesso em: 03/05/2016.
 
 
A relação entre os povos nativos da América Latina e o legado étnico deixado pelos antepassados diferem-se de um país para outro. De acordo com o artigo-base Preservação do Patrimônio - reflexões através do registro e transferência da informação, como isso se dá em relação ao Brasil? Assinale a alternativa correta.
	
	A
	Existe uma valorização social da cultura indígena, tanto por parte das autoridades quanto da população, que reconhecem a importância da manutenção dessas tradições.
	
	B
	Os povos nativos das regiões colonizadas tiveram suas culturas preservadas, sendo que até hoje ocupam os mesmos espaços que habitavam antes da chegada dos europeus.
	
	C
	Em comparação com outros países da América Latina, o Brasil se destaca por ser um dos que mais preservam a herança cultural dos povos originários daqui.
	
	D
	A cultura dos povos indígenas é mantida como uma atração turística, por isso existem parques em todo o território nacional que garantem sua preservação.
	
	E
	No Brasil o patrimônio indígena é, em sua grande maioria, relegado ao descaso, e um dos fatores dessa situação é a descontinuidade cultural que marcou a colonização.  
6 Leia o fragmento de texto a seguir:
“A história de uma postura moral do consumo não deve ser confundida com a história do consumo em si. As pessoas sempre consumiram bens criados por elas próprias ou por outros. O consumo é um tópico que está emergindo, portanto, em estudos arqueológicos, associado com o aumento da preocupação com a cultura material de uma forma mais geral”. 
Após esta avaliação, caso queria ler o texto integralmente ele está disponível em: MILLER, Daniel.
Consumo como Cultura Material. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 13, n. 28, p. 33-63, jul./dez. 2007, p.40.  
Considerando o artigo Arqueologia Histórica – Abordagens sobre a relação entre a Arqueologia Histórica e o consumo leia as afirmativas a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas:
I. ( ) O interesse pela relação entre comportamento e consumo se tornou uma determinante

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.