A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Estudo de caso - UBS

Pré-visualização | Página 1 de 2

Primeiro Lugar no concurso da
Unidade Básica de Saúde – UBS 
CODHAB – DF 2016
Arquitetura e Urbanismo
Professores: Bruno e Carolina
Aluna: Geisianne Torres Alves
Turma: AU5P30 R.A: C16ICG7
Turno: Noturno
Brasília - DF
UBS
 Um dos desafios encontrados pelos arquitetos Alexandre Ruiz, André Bihuna, Haraldo Hauer e Rodrigo Vinci, foi a adequação do projeto de pequeno porte ao lote localizado no Parque do Riacho, cujo entorno fronteiriço é repleto de linhas de alta tensão, como por seu dimensionamento, sendo sete vezes maior que o tamanho do empreendimento, principalmente em sentido longitudinal. Para isso, a equipe apostou na disposição em blocos térreos para ampliar a volumetria do edifício, garantir a acessibilidade e reservar uma área livre considerável permitindo uma futura extensão modular como possível ampliação da Unidade Básica de Saúde.
 Telhas termoacústicas
 O projeto está organizado em blocos quadrados com pátios internos, que por sua vez, induz a uma atmosfera introspectiva que humaniza o ambiente físico hospitalar e estabelece uma relação de proteção e tranquilidade ao usuário com o espaço. Além de trazer luz natural ás áreas internas através de um paisagismo controlado. São espaços protegidos das intensas correntes de ar, sombreados, isolados dos ruídos externos e conectados com a natureza, além de facilitarem a setorização.
 	
 O acesso a edificação se faz pelo lado Norte a partir de uma praça de acesso, reservando e isolando a área de mobilidade motorizada e estacionamento para o extremo da via, o que prevê local de encontro, em especial em dias de grande fluxo (como em dias de vacinação). Atentando-se para o conforto térmico dos usuários, deve-se observar que o projeto não inclui sombreamento por meio de arborização na praça de acesso. 
		1° Bloco: Apoio técnico e acesso de serviços.
2° Bloco: Recepção, informação, administrativo e auditório.
3° bloco : Consultórios, triagem e atendimento a mulher.
 O segundo bloco, sendo o de acesso principal situado no extremo da praça de pedestre proposta. É um espaço contemplativo, pois é um setor de informação/ recepção, administrativo e auditório. Este é o espaço distribuidor de função, pois a partir dele o público é conduzido para os outros blocos. 
 No terceiro bloco ao qual é mais afastado da rua, localiza-se a maior parcela do setor de atendimento clínico: triagem, consultórios e atendimento a mulher. Sendo o de maior concentração de público, suas esperas são divididas em dois setores. 
 O bloco frontal incorpora os setores de apoio técnico e acesso de serviços, também confere parte do setor de atendimento clínico: os consultórios odontológicos e seus espaços diretamente dependentes. 
 Cobogó
Placas de concreto Pré-moldado
O edifício é projetado visando a economicidade, a modularidade e a racionalidade construtiva. As lajes são suspensas do solo, os pilares são metálicos, e o sistema de cobertura estruturado por treliças metálicas. O fechamento externo dá-se por placas pré-moldadas de concreto, elementos vazados pré-fabricados e esquadrias de estrutura metálica. Nas fachadas foram utilizados cobogós e vedação de vidro resultando em um véu externo, cujo o distanciamento entre as camadas permite que o perímetro dos blocos sirva como galeria de controle térmico. As vedações garantem uma homogeneidade de fachada e privacidade ás alas de serviços. Os fechamentos internos são de dry-wall e conferem flexibilidade aos arranjos funcionais. A cobertura é em telha termoacústica. A materialidade construtiva proposta visa a qualidade espacial e funcional da Unidade Básica de Saúde. 
 Corte 
 O embalsamento é formado por lajes de concreto armado moldadas “in bloco” propostas em balanço, com vigas baldrame recuadas e em cotas verticais acima da cota do solo, além de ter papel importante no sistema passivo de conforto térmico da edificação serve de apoio a um piso elevado que cria espaço técnico para instalações, o que facilitará possíveis futuros arranjos internos. Rampas de concreto armado interligam os diferentes níveis dos três blocos. Sobre o embasamento nascem pilares em tubo de aço, contraventados, que servirão de apoio para as treliças planas da cobertura a serem construídas com barras formadas pela associação de cantoneiras de aço, elas tem desenho ajustado ao pé-direito a um telhado leve de uma água. Para facilitar a limpeza, uma calha foi colocada no ponto mais baixo do telhado. 
 Apesar da aparência simples, o projeto abriga um coerente sistema de proteção ambiental. Os pátios internos mantém piscinas de águas pluvial tratada, é fonte de ar fresco e úmido, além de luz fria. A fachada dupla funciona como véu e frasco. Externamente, um véu: cobogós horizontais resfriam e difundem a luz natural. Internamente, um frasco: o pano de vidro preserva a umidade e bloqueia o ruído exterior. A ventilação noturna aproveita a amplitude térmica para refrigerar paredes e lajes. A ventilação diurna admite ar refrigerado e umidificado. Tais sistemas permitem uma eficiente gestão de recursos, que dispensa o condicionamento artificial de ar. 
 
Planta Geral 49
05
45 44 43 42 
 46 46 46 46 46 46 46 
2120
19
22
23
24
25
26
47
27
28
29
30
31
32
33
34
36
35 35 35 35 35 35 35 
18 17
17 18
05
18 17
41
41
41
41
41
41
40 
20 21
19
 22
19 22 1 37 37 37 37 37 38 39 
16 15 14 13
12
11
10
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
09
08
07
 06
05
04
 03
 03
 02
0505
 
 Legenda 
 Praça de Acesso 22- Sanitários de público Masc.
 Bicicletário 23- Vestiário de funcionários Fem. 
 Embarque e desembarque 24- Vestiário de funcionários P.N.E Fem.
 Recepção 25- Vestiário de funcionários P.N.E Masc.
 Pátio 26- Vestiário de funcionários Masc.
 Depósito da Farmácia 27- Copa 
 Farmácia 28- Rouparia 
 Sala de vacinação 29- D.M.L
 Guarda da macas e cadeiras de rodas 30- Área de paramentação 
 Almoxarifado 31- Guarda de mat. esterilizado
 Arquivo 32- Sala de esterilização 
 Sala administrativa 33- Sala de lavagem e descontaminação
 Sala de agentes comunitários 34- Sala de utilidades
 Sala de reuniões/ Multiuso 35- Consultório odontológico 
 Foyer do auditório 36- Escovário 
 Auditório de educação em saúde 37- Sala de acolhimento 
 Espera 38- Sala de coleta 
 Terraço 39- Sala de curativo 
 Sanitários de público Fem. 40- Sala de procedimento 
 Sanitários de público P.N.E Fem. 41- Consultório de atend. A mulher 
 Sanitários de público P.N.E Masc. 42- Sanitário de médicos Masc.
43- Sanitário de Médicos Fem. 49- Estacionamento 
44- Sala de medicação 50- Acesso de Serviços
45- Sala de nebulização 51- Box de resíduos 
46- Consultório indiferenciado 52- Box de resíduos químicos 
47- Acesso de funcionários 53- Box de resíduos biológicos
48-

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.