A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
143 pág.
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO BÁSICOS

Pré-visualização | Página 5 de 35

Tenacidade: 
a resistência que o material opõem ao choque ou percurssão. 
Maleabilidade ou Plasticidade: 
a capacidade que têm os corpos de se adelgaçarem até formarem lâminas sem, no entanto, se romperem. 
Ductibilidade:
a capacidade que têm os corpos de se reduzirem a fios sem se romperem.
Durabilidade: 
a capacidade que os corpos apresentam de permanecerem inalterados com o tempo. 
Desgaste: 
a perda de qualidades ou de dimensões com o uso contínuo.
Elasticidade:
a tendência que os corpos apresentam de retornar à forma primitiva pós a aplicação de um esforço. 
Esforços Mecânicos 
Os materiais de construção estão constantemente submetidos a solicitações como cargas, peso próprio, 
açao do vento, entre outros, que chamamos de esforços. Dependendo da forma como os esforços se 
aplicam a um corpo, recebe uma donominação. Os principais esforços aos quais os materias podem ser 
submetidos são:
• Compressão: esforço aplicado na mesma direção e sentido contrário que leva a um “encurtamento” do objeto na 
18
Fo
m
en
to
 a
o 
U
so
 d
as
 T
ec
no
lo
gi
as
 d
a 
In
fo
rm
aç
ão
 e
 C
om
un
ic
aç
ão
Materiais de Construção Básicos
direção em que está aplicado.
• Tração: esforço aplicado na mesma direção e sentido contrário que leva o objeto a sofrer um alongamento na dire-
ção em que o esforço é aplicado.
• Flexão: esforço que provoca uma deformação na direção perpendicular ao qual e aplicado.
• Torção: esforço aplicado no sentido da rotação do material.
• Cisalhamento: esforço que provoca a ruptura por cisalhamento.
Os detalhes sobre como cada esforço age num material são apresentados na animação que acompanha 
o material didático desta unidade.
Síntese
Você conheceu nesta unidade o que são materiais de construção e algumas classificações quanto à sua 
origem ou modo de obtenção e, quanto à função conforme seu emprego.
Você conheceu também algumas propriedades dos materiais e os esforços aos quais são submetidos.
Vamos agora ver como está seu entendimento realizando a atividade proposta no tópico de atividades - 
Materiais de Construção: Classificações, Propriedades e Esforços.
19
S
is
te
m
a 
U
ni
ve
rs
id
ad
e 
A
be
rta
 d
o 
B
ra
si
l -
 U
A
B
 |
 I
F 
S
ul
-r
io
-g
ra
nd
en
se
Unidade A
EXERCÍCIOS
1. Painéis de gesso acartonado são placas que podem ser utilizadas para criar paredes leves e fechar 
ambientes sem acarretar muitas cargas no pavimento onde são colocadas. Quanto à função, este material 
pode ser classificado como
a. Material Natural.
b. Material Artificial.
c. Material Composto.
d. Material de Vedação.
e. Material de Proteção.
2. As rochas ornamentais como mármore e granito são extraídas de uma jazida, cortadas e polidas para seu 
uso, um tratamento simples que alcança resultados surpreendentes do ponto de vista estético. Quanto à 
origem, esse material pode ser classificado como
a. Material Natural.
b. Material Artificial.
c. Material Composto.
d. Material de Vedação.
e. Material com Função Estrutural
3. A argila expandida é um agregado utilizado na confecção de concretos leves e isolantes térmicos e acústicos 
e é obtido através de tratamento térmico. A argila, formada por silicatos de alumínio e óxidos de ferro e 
alumínio pode ter propriedades expansivas quando exposta a altas temperaturas, que promovem a expansão 
de gases, fazendo com que a argila se transforme em grãos porosos de variados diâmetros. Quanto à origem 
do material, a argila expandida pode ser classificada como
a. Material Natural.
b. Material Artificial.
c. Material com Função Estrutural.
d. Material de Vedação.
e. Material de Proteção.
4. O verniz é um material utilizado na cobertura de madeiras para evitar a degradação das mesmas no 
decorrer do tempo. Quanto à função este material pode ser classificado como
a. Material Natural.
b. Material Artificial.
c. Material de Vedação.
d. Material de Proteção.
e. Material com Função Estrutural.
5. O vidro é um material que dificilmente é riscado, porém pode se estilhaçar quando submetido a choques 
de pequena intensidade. Quanto às propriedades do vidro, relacionadas às características citadas, podemos 
dizer que possui
a. alta elasticidade e baixa durabilidade.
ATIVIDADES
UNIDADE A
20
Fo
m
en
to
 a
o 
U
so
 d
as
 T
ec
no
lo
gi
as
 d
a 
In
fo
rm
aç
ão
 e
 C
om
un
ic
aç
ão
Materiais de Construção Básicos
b. baixa tenacidade e alta ductibilidade.
c. alta dureza e baixa tenacidade.
d. alta durabilidade e baixa dureza.
e. alta tenacidade e baixa ductibilidade.
6. A argila é um material de fácil moldagem, podendo ser moldado em finas espessuras sem se romper, como 
no caso das telhas cerâmicas. A essa propriedade dos materiais chamamos de
a. tenacidade.
b. plasticidade.
c. dureza.
d. porosidade. 
e. desgaste.
7. Ao esticarmos uma barra de aço, haverá uma tendência de num determinado ponto a espessura da barra 
começar a diminuir, em virtude do seu alongamento, até se reduzir a espessura de um fio, fenômeno que 
denominamos de estricção. Esse fenômeno ocorre devido a uma propriedade dos materiais conhecida por
a. maleabilidade.
b. tenacidade.
c. desgaste. 
d. durabilidade. 
e. ductibilidade.
8. Se colocarmos um tijolo na água e o tirarmos, ele sairá molhado pois absorve parte da água. O mesmo 
acontece quando se levanta uma alvenaria, situação na qual o tijolo absorve parte da água da argamassa 
utilizada para o assentamento do bloco. Essa característica é consequência de uma propriedade do tijolo 
chamada
a. porosidade.
b. plasticidade.
c. dureza. 
d. ductibilidade. 
e. desgaste.
9. A figura a seguir demonstra um dos esforços a que os materiais de construção estão constantemente 
submetidos. Trata-se de um esforço de
a. compressão.
b. tração.
c. flexão.
d. cisalhamento.
e. torção.
10. A figura a seguir demonstra outro esforço a que os materiais de construção estão constantemente 
submetidos. Trata-se de um esforço de
21
S
is
te
m
a 
U
ni
ve
rs
id
ad
e 
A
be
rta
 d
o 
B
ra
si
l -
 U
A
B
 |
 I
F 
S
ul
-r
io
-g
ra
nd
en
se
Unidade A
a. compressão.
b. tração.
c. flexão.
d. cisalhamento.
e. torção.
B
Unidade B
Materiais de Construção BásicosB Noções de geologiaPedras naturais como materiais de construção
25
S
is
te
m
a 
U
ni
ve
rs
id
ad
e 
A
be
rta
 d
o 
B
ra
si
l -
 U
A
B
 |
 I
F 
S
ul
-r
io
-g
ra
nd
en
se
Unidade B
IntroduçãoA geologia é a ciência que estuda a origem, os processos de formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre. Uma parte da geologia estuda os processos de formação das rochas, os quais, em sua maioria, são resultado do embate das forças da natureza que podem ser provenientes da dinâmica in-terna ou externa da Terra. Como exemplo da dinâmica interna da Terra, temos a atividade dos vulcões e terremotos que surgem, entre outras razões, da necessidade de acomodação entre as camadas da Terra 
marcadas por descontinuidades entre si, conforme é representado de forma simplificada na Figura B.1.
A dinâmica externa envolve processos como o de erosão e sedimentação. Um exemplo é a formação de rochas e solos por processos erosivos, onde uma rocha se desfaz em partículas de minerais e fragmentos devido à ação de componentes quimicos da atmosfera, condições climaticas e atuação de organismos. Devido a mecanismos de erosão, os fragmentos citados anteriormente são transportados para outros locais e dão origem a outros tipos de rochas e solos.
Além dos processos naturais, exitem os processos artificias