Perícia - Perguntas e Respostas
10 pág.

Perícia - Perguntas e Respostas


DisciplinaPerícia622 materiais2.547 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Universidade Federal de São Paulo
	Linna Stefanie Freire Rocha 
	RA: 88044
	Prof. Marcelo Rabelo Henrique
	Ciências Contábeis \u2013 10° termo, noturno
PERGUNTAS
Qual é a relação entre democracia e contabilidade?
A Contabilidade é a ciência que registra, organiza, estuda e controla as mutações patrimoniais nas empresas privadas e na atividade pública. É através da Contabilidade que podem ser cobradas práticas honestas, legítimas, legais e sábias dos administradores privados e públicos. Para a Democracia, as condições de análise e controle proporcionados pela Contabilidade, são essenciais, pois os sócios das empresas e o povo têm o direito de estarem informados a respeito do uso dos recursos entregue à administração, tanto privada como pública. A Contabilidade tem a condição de dar transparência aos fatos e atos administrativos, modificadores do patrimônio. Por isso prestígio social do Contador é maior nos países de longa tradição democrática. A Contabilidade em geral e a pública em particular, é considerada valioso instrumento de controle das operações empresariais e sociais, mormente nos países que dispõem de uma economia avançada e contam com sistema de governo democrático. A transparência dos resultados advindos das operações comerciais, industriais, econômicas e financeiras, das empresas privadas, mormente as de capital aberto, enseja maior segurança aos investidores e permite a democratização dos capitais. Quando se trata da administração pública, a clareza da execução orçamentária proporcionada pela Contabilidade, permite que os representantes do povo (o Poder Legislativo), democraticamente eleitos, exerçam um controle severo sobre a utilização dos recursos públicos pelos demais poderes: Executivo e Judiciário. Os bons administradores consideram o controle externo, feito por peritos e auditores efetivamente capacitados, honestos e independentes, algo útil, necessário e oportuno para validar seus atos administrativos expondo, dessa maneira, seu comportamento ético e profissional. Não gosta de ser controlado, o administrador que tem algo a temer. Aquele que estaria envolvido com algum tipo de fraude que não deseja, obviamente, que venha a público. Alternativamente, aquele que, afastada a questão da honestidade, poderia ser qualificado como inepto para o cargo que exerce e processado por improbidade gerencial, tanto na empresa privada como exercendo cargo público. 
A Perícia Contábil versa sobre todas as operações da entidade ou sobre fatos contábeis específicos, identificados e questionados nos autos de um processo judicial? - e no caso de perícia extrajudicial?
Vida de regra, a Perícia Contábil aborda fatos e atos administrativos específicos, com reflexo nos registros contábeis. Isto decorre das próprias questões levadas ao juízo serem sobre determinado(s) ponto(s) claramente identificado(s) nos autos do processo. Mas pode ocorrer, em certos casos, a necessidade de realizar uma ampla investigação contábil na entidade objeto de perícia. Mesmo assim, sempre haverá uma delimitação do tempo a ser periciado, ou seja: as Partes que se confrontam ou o próprio magistrado, haverão de indicar a partir de quando e até quando o exame pericial deve ser feito. Quanto à segunda parte desta pergunta, os casos de perícia extrajudicial seguem, \u201cmutatis mutandi\u201d, o mesmo critério, ou seja: a(s) Parte(s), ao contratarem os serviços do perito-contador, estabelecerão o que querem que seja examinado e período abarcado pelo trabalho do profissional. 
Em que situações profissionais pode atuar do perito-contador? - Comente cada uma.
As oportunidades que o perito-contador tem de trabalhar são 7 (sete), como segue:
como Perito Judicial, atendendo às nomeações judiciais com que for honrado;
como Perito Extrajudicial atendendo às contratações com que aquinhoado;
como Assistente Técnico indicado por uma das Partes do processo;
como Consultor de escritórios de advocacia, pelos quais foi contratado, e a quem presta seus serviços especializados;
como Policial Especializado podendo atuar na polícia técnico/científica estadual ou na Polícia Federal;
com Árbitro quando as partes envolvidas em controvérsias optarem pela justiça arbitral em vez da justiça comum;
como Professor da disciplina \u201cPerícia Contábil\u201d juntos às faculdades de Ciências Contábeis. 
Por que o Perito Contador deve dominar a linguagem contábil e redigir muito bem seus laudos?
O Perito Contador deve dominar a linguagem contábil e redigir muito bem seus laudos porque será mediante a apresentação da peça escrita denominada Laudo Pericial Contábil que dará a conhecer, às partes envolvidas no processo, suas opiniões técnicas. Abordará os aspectos fundamentais das divergências técnicas suscitadas nos autos do processo. Responderá aos quesitos observando o uso correto da linguagem técnica contábil aplicável a cada caso. O Laudo Pericial Contábil é o \u201cproduto acabado\u201d do Perito Contador. Portanto cuidará de redigi-lo com clareza e simplicidade para que as pessoas envolvidas no processo, geralmente desconhecedoras de contabilidade, possam, assim mesmo, entende-lo e dele extrair as verdades e as certezas técnicas que buscavam ao requerer essa prova pericial. 
Qual é o conceito de Perícia Contábil segundo a NBC TP 01?
Qual é a função do Laudo Pericial Contábil? - qual é seu valor probante?
A função do Laudo Pericial Contábil é dirimir dúvidas relacionadas com as atividades econômicas das empresas e/ou das pessoas físicas. O Laudo Pericial Contábil, geralmente feito a partir da escrituração dos livros contábeis, dos livros fiscais, respectivos documentos que lhes dão suporte e das Demonstrações Contábeis, é uma das provas com a qual é feita a instrução do processo. Muitas vezes é a prova mais importante. Outras provas são: a juntada de documentos e o testemunho das pessoas.
Quanto ao seu valor probante, no momento de prolatar a sentença, o MM. juiz pode considerar o Laudo como instrumento de prova cabal ou, ao contrário, desconsiderá-lo por completo. Portanto, o valor probante do Laudo é subjetivo e depende de sua aceitação ou não pelo magistrado, no momento de prolatar sua sentença. 
Quais são os procedimentos periciais preconizados na NBC TP 01? - Comente cada um.
Os procedimentos periciais preconizados na NBC T 13, de 21 de Outubro de 1999, em seu item 13.4, são 8 (oito), como segue: o exame, a vistoria, a indagação, a investigação, o arbitramento, a mensuração, a avaliação e a certificação. 
Reproduzimos, a seguir, os comentários elucidativos constantes na NBC T 13 supra citada:
O exame é a análise de livros, registros das transações e documentos.
A vistoria é a diligência que objetiva a verificação e a constatação de situação, coisa ou fato, de forma circunstancial.
A indagação é a busca de informações mediante entrevista com conhecedores do b objeto da perícia.
A investigação é a pesquisa que busca trazer ao laudo pericial contábil ou parecer pericial contábil o que está oculto por quaisquer circunstâncias.
O arbitramento é a determinação de valores ou a solução de controvérsia por critério técnico.
A mensuração é o ato de quantificação física de coisas, bens, direitos e obrigações.
A avaliação é o ato de estabelecer o valor de coisas, bens, direitos, obrigações, despesas e receitas.
A certificação é o ato de atestar a informação trazida ao laudo pericial contábil pelo perito-contador, conferindo-lhe caráter de autenticidade pela fé pública atribuída a este profissional. 
Como podem ser classificadas as perícias segundo as diversas conjunturas operacionais em que podem ser realizadas? - Comente cada uma.
Segundo as diversas conjunturas operacionais em que podem ser realizadas as perícias, temos: 
Perícias Judiciais que podem ser classificadas como segue: 
Necessárias ou Facultativas; 
Oficiais ou Requeridas; 
para efeito presente ou \u201cad perpetuam rei memoriam\u201d e 
Diretas ou Indiretas. 
Perícias Extrajudiciais