Manual Pericia Medica da Previdencia Social
127 pág.

Manual Pericia Medica da Previdencia Social


DisciplinaDireito Previdenciário10.426 materiais80.761 seguidores
Pré-visualização37 páginas
Manual de 
Perícia Médica 
da 
Previdência 
Social 
 
 
Versão 2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: 
 
 
 
Lei n.º 8.213 de 24 de julho de 1991; 
Lei n.º 8.212/91 de 24 de julho de 1991; 
Lei n.º 8.112 de 11 de dezembro de 1990; 
Lei n.º 8.742 de 07 de dezembro de 1993; 
Lei n.º 9.720/98 de 30 de novembro de 1998; 
Lei n.º 9.250 de 26 de dezembro de 1995; 
Lei n.º 7.713 de 22 de dezembro de 1988; 
Lei n.º 8.541 de 23 de dezembro de1992; 
Lei n.º 7.070 de 20 de dezembro de 1982; 
Lei n.º 8.686 20 de julho de 1993; 
Lei n.º 9.528 de 10 de dezembro de 1997; 
Decreto n.º 3.048 de 06 de maio de 1999; 
Decreto n.º 86.714 de 10 de dezembro de 1981; 
Resolução/INSS/DC n.º 60 de 06 de Setembro de 2001; 
Resolução n.º 1488/98 do CFM; 
Resolução INSS/PR n° 170 de 30 de agosto de 1993; 
Resolução INSS/PR n° 203 de 27 de abril de 1994; 
Resolução n° 734 de 31 de julho de 1989 do CNT (Cons. Nacional de Trânsito) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ÍNDICE 
 
 
 
 
Capitulo I 
Preceitos Básicos 
 
 
1 \u2013 Preceitos Básicos 
 
2 \u2013 Organização da Perícia Médica 
 
3 \u2013 Setor de Perícia Médica 
 
4 \u2013 Hierarquia Médico \u2013 Pericial e Atribuições 
 
5 \u2013 Credenciamento e Descredenciamento de Médicos ou de Instituições Médicas 
 
6 \u2013 Formação, Treinamento Aperfeiçoamento 
 
7 \u2013 Cargas de Trabalho 
 
8 \u2013 Codificação de Servidores da Área Médico-Pericial 
 
9 - Supervisão e Controle das Atividades Médicos - Periciais 
 
10 \u2013 Remuneração dos Médicos 
 
11\u2013 Classificação e Codificação dos Exames Médicos - Periciais 
 
12 \u2013 Sigilo Profissional 
 
13 \u2013 Atuação da Perícia Médica Nas Determinações Judiciais Em Que o 
INSS Não é Parte ou Interessado 
 
14 \u2013 Balancete Mensal de Desempenho (BMD2) e Boletins de Produção 
 
15 \u2013 Sistema PRISMA-SUB Perícia Médica 
 
16 \u2013 SABI - Sistema de Administração de Benefícios por Incapacidade 
 
17 \u2013 Autenticação de Laudos e de Conclusões da Perícia Médica 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 
 
6 
 
9 
 
11 
 
13 
 
15 
 
16 
 
17 
 
17 
 
18 
 
19 
 
20 
 
 
20 
 
21 
 
21 
 
22 
 
23 
 
 
 
 
Capítulo II 
Encaminhamento do Segurado 
 
1 \u2013 Encaminhamento de Segurado 
 
2 \u2013 Prazos para Marcação e Comparecimento a Exame 
 
3 \u2013 Local de Exame Médico \u2013 Pericial 
 
4 \u2013 Conceitos de Incapacidade e de Invalidez 
 
5 \u2013 Realização do Exame Médico \u2013 Pericial 
 
6 \u2013 Fixação da Data do Início da Incapacidade (DII) e da Data do Início 
da Doença (DID) 
 
7 \u2013 Isenção de Período de Carência 
 
8 \u2013 Requisição de Exames 
 
9 \u2013 Conclusão Médico \u2013 Pericial 
 
10 \u2013 Comunicação de Resultado de Exame Médico 
 
11 \u2013 Reanálise 
 
12 \u2013 Atribuições dos Técnicos de Reabilitação Profissional 
 
13 \u2013 Encaminhamento à Reabilitação Profissional 
 
14 \u2013 Aposentadoria por Invalidez 
 
15 \u2013 Cessação da Aposentadoria por Invalidez e Mensalidade de 
Recuperação (MR) 
 
16 \u2013 Benefício de Prestação Continuada aos Idosos e aos Portadores de 
Deficiência 
 
17 \u2013 Exame Médico \u2013 Pericial para Qualificação do Dependente Maior 
Inválido na Pensão por Morte e Auxílio \u2013 Reclusão 
 
18 \u2013 Comprovação de Invalidez em Dependente Maior de 14 Anos para 
Fins de Recebimento de Salário \u2013 Família 
 
19 \u2013 Aposentadoria por Invalidez com Isenção de Imposto de Renda na 
Fonte e Outras Situações que Isentam de Imposto de Renda 
 
20 \u2013 Situações Especiais Ligadas ao Requerimento e à Conclusão do 
Auxílio \u2013 Doença e à aposentadoria por Invalidez 
 
 
 
 
24 
 
24 
 
25 
 
25 
 
26 
 
31 
 
 
33 
 
33 
 
35 
 
35 
 
36 
 
37 
 
39 
 
42 
 
43 
 
 
44 
 
 
45 
 
 
46 
 
 
47 
 
 
48 
 
 
21 \u2013 Pensão Mensal Vitalícia em Portadores da Síndrome de Talidomida 
 
22 \u2013 Processo de Ofício 
 
23 \u2013 Auxílio Para Deslocamento Fora do Domicílio 
 
24 \u2013 Exames Médicos Fora da Jurisdição na Agência da Previdência Social e 
Transferência de Benefícios por Incapacidade em Manutenção 
 
25 \u2013 Recursos às Juntas de Recursos e às câmaras de Julgamento 
 
26 \u2013 Assessoramento à JR / CRPS 
 
27 \u2013 As Decisões de JR e das CAJ podem ser 
 
28 \u2013 Convênios 
 
 
Capítulo III 
Acidente de Trabalho e Doença Profissional 
 
1 \u2013 Acidente de Trabalho e Doença Profissional 
 
 
Capítulo IV 
Atuação Médico Pericial Perante a Justiça 
 
1 \u2013 Atuação do Médico Pericial Perante a Justiça 
 
2 \u2013 Incapacidade para Atos da Vida Civil (interdição e Curatela) 
 
3 \u2013 A Perícia Médica e os Aeronautas 
 
4 \u2013 Relação com o Conselho Nacional de Trânsito 
 
5 \u2013 Informações Relacionadas com o Seguro Compreensivo Especial da 
Apólice de Seguro Habitacional 
 
6 \u2013 Avaliação da Incapacidade de Beneficiários Residentes no 
Estrangeiro, Abrangidos por Acordos Internacionais 
 
7 \u2013 COMPREV \u2013 Compensação Previdenciária 
 
Capítulo V 
Aposentadoria Especial 
 
 
1 \u2013 Resumo Histórico 
 
49 
 
50 
 
51 
 
55 
 
 
56 
 
57 
 
58 
 
58 
 
 
 
 
 
 
61 
 
 
 
 
 
73 
 
74 
 
75 
 
79 
 
 
81 
 
 
81 
 
83 
 
 
 
 
 
85 
 
2 \u2013 Linhas de Corte \u2013 Direito Adquirido 
 
3 \u2013 Conceitos de Habitualidade e Permanência 
 
4 \u2013 Agentes Nocivos 
 
5 \u2013 Agentes Químicos 
 
6 \u2013 Agentes Biológicos 
 
7 \u2013 Agente Ruído ou Nível de Pressão Sonora Elevado 
 
8 \u2013 Rotinas para Análises de Processos de Aposentadorias Especiais 
 
9 \u2013 Análise dos Formulários DIRBEN-8030/PPP 
 
10 \u2013 Aposentadoria por Tempo de Contribuição 
 
11 \u2013 Perfil Profissiográfico Previdenciário - PPP 
 
86 
 
89 
 
90 
 
93 
 
93 
 
93 
 
106 
 
106 
 
114 
 
115 
 
 
CAPÍTULO I 
 
1 \u2013 PRECEITOS BÁSICOS 
 
1.1 \u2013 A atividade médico-pericial do INSS tem por finalidade precípua a emissão de 
parecer técnico conclusivo na avaliação da incapacidade laborativa, em face de situações 
previstas em lei, bem como a análise do requerimento dos benefícios das E. 42 e 46 em 
desp. 10 (aposentadoria especial). 
 Tem ainda a atribuição de analisar o requerimento de benefícios assistenciais, E. 
87 (BPC-LOAS), e indenizatórios, E. 56 (portadores da síndrome de Talidomida). 
 
1.2 \u2013 A execução e o controle dos atos médico-periciais, no âmbito da Previdência 
Social, competem à Perícia Médica/INSS. 
 
1.2.1 \u2013 A execução da Perícia Médica está a cargo de profissional pertencente à 
categoria funcional da área médico-pericial do quadro de pessoal do INSS, com 
treinamento adequado, sob a supervisão direta das Chefias dos Serviços/Seções de 
Gerenciamento de Benefícios por Incapacidade das Gerências-Executivas. 
 
1.2.2 \u2013 A execução da Perícia Médica poderá estar a cargo de médico perito 
credenciado, como mão de obra auxiliar ao quadro permanente, quando esgotada a carga 
de trabalho dos servidores do quadro. 
 
1.3 \u2013 Pronunciamento sobre matéria médico-pericial \u2013 os profissionais da área médico-
pericial se pronunciarão sobre a matéria, respondendo aos quesitos estabelecidos por 
dispositivos legais, ou por despachos e pareceres técnicos que lhes forem solicitados. 
 
1.3.1 \u2013 No que se relaciona à parte técnica, somente as conclusões médico-periciais 
poderão prevalecer para efeito de concessão e manutenção dos benefícios por 
incapacidade. 
 
1.3.2 \u2013 A realização de exames médico-periciais, bem como a revisão da conclusão 
médica, são de competência exclusiva dos setores de perícias médicas. 
 
1.3.3 \u2013 Os atos