A IMPORTANCIA DO LUDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL TCC FINAL
15 pág.

A IMPORTANCIA DO LUDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL TCC FINAL


DisciplinaLudicidade e Educação441 materiais7.465 seguidores
Pré-visualização4 páginas
lugar de brincadeiras, se o professor conseguir conciliar os objetivos pedagógicos com os desejos do aluno. Portanto, é necessário encontrar o equilíbrio entre o cumprimento de suas funções pedagógicas ensinarem conteúdos e habilidades, ensinar a aprender, preparar para o exercício da cidadania e da vida coletiva, incentivar a busca da justiça social e da igualdade com respeito à diferença contribuindo para o desenvolvimento de um ser humano autônomo e criativo.
												9
	As atividades lúdicas em sala de aula proporcionam as crianças possibilidades de desenvolver o conhecimento, e através dele, elas se descobrem, criam, reinventam adquirindo novas possibilidades e a cada dia na vida delas surgem novas atividades e novas situações de aprendizagem, onde ela aprende vivendo, experimentando, fazendo descobertas, agindo, construindo seu conhecimento a partir da leitura que faz de sua realidade. 
	Segundo o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 30): O professor é mediador entre as crianças e os objetos de conhecimento, organizando e propiciando espaços e situações de aprendizagens que articulem os recursos e capacidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas de cada criança aos seus conhecimentos prévios e aos conteúdos referentes aos diferentes campos de conhecimento humano. 
	A partir do momento em que o educador orienta o aprendizado no sentido de avançar o desenvolvimento cognitivo e intelectual da criança através do lúdico. Ele propõe ensinar por meio de jogos e brincadeiras construindo uma relação afetiva com a criança e possibilitando um aprendizado prazeroso tanto para ele quanto para ela, propondo também uma educação de qualidade capaz	de formar cidadãos críticos e criativos garantindo sua identidade e autonomia. 
	Mas para isso ele deve estar consciente também de seu papel nessa fase de construção do conhecimento das crianças, e preparado para trabalhar com a criação, pois a criatividade deve ser vista como um elo dinâmico e contínuo. Onde não devem ver a criança como receptora passiva de estímulos, mas como um ser capaz de ação, que interaja que crie e recrie possibilidades e novas aprendizagens.
	De acordo com Pinto (2003, p.65) o espaço lúdico não precisa ficar restrito a quatro paredes, ao contrario, deve fluir por todo o ambiente, dentro e fora das classes. Um dos objetivos desse espaço é favorecer o encontro de crianças, para 
												10
, jogar, fazer amigos, propiciar a convivência alegre e descontraída dos frequentadores.
	Partindo desse pressuposto, as brincadeiras, os jogos e os brinquedos vão além da diversão, elas são atividades férteis que auxiliam na construção do conhecimento proporciona situações imaginarias em que ocorrerá o desenvolvimento cognitivo, proporciona também, fácil interação com pessoas as quais contribuíram para um acréscimo de conhecimento.
	 Contribui no processo ensino aprendizagem, levando a criança a desenvolver sua capacidade criativa numa descoberta pessoal de suas habilidades, contribuindo de maneira decisiva para a formação de cidadãos críticos autônomos e conscientes de seus atos, além de desenvolver os aspectos físicos culturais e sociais, resultando na formação de um cidadão ético, formador de suas opiniões e ideias.
 	Mas como mencionei ao longo do texto para obter bons resultados é preciso que o educador seja cauteloso nas suas escolhas como organizar suas atividades, selecionar aquelas mais significativas e criar condições favoráveis para que estas sejam realizadas com sucesso, ou seja, deve-se escolher e pesquisar as brincadeiras com critério e dedicação para que seu real objetivo não se perca. É necessário, antes de qualquer coisa, que seja feito um planejamento por parte do educador, tendo em mente quais os objetivos que se quer alcançar com as atividades que serão propostas.
3 METODOLOGIA
	A metodologia na busca utilizada para a presente pesquisa realizada foi qualitativa de cunho bibliográfico visando o envolvimento no conhecimento do que uma pesquisa pode nos possibilitar em conhecimento, tendo um compromisso com os valores encontrados nos estudos sobre o tema ludicidade na educação infantil. 
												11
Foram utilizados os seguintes métodos: livros referentes ao tema nos anos iniciais como também as articulações de ideias com base em outros autores.
	Através dessa pesquisa é possível investigar, identificar e refletir sobre a importância da ludicidade na educação infantil, pois é nesta fase que está sendo construída à base para a formação da criança.
	Segundo Heloisa helena (2004, p 289. 300) da universidade de são Paulo: a pesquisa qualitativa é definida como aquela que privilegia a análise de micro processo através dos estudos das ações sociais individuais e grupos, realizando um exame intensivo dos dados e caracterizados pela heterodoxia num momento da análise. 
	Para o autor Pedro demo (1989, p.59): antes de tudo é preciso esclarecer que a metodologia é entendida aqui como o conhecimento critico dos caminhos do processo cientifico indagando e questionando a cerca dos seus limites e possibilidades. Não se trata, portando de uma discussão sobre técnica qualitativas de pesquisa, sobre maneiras de se fazer ciências. a metodologia é, uma disciplina instrumental a serviço da pesquisa, nela toda questão técnica implica uma discussão teórica 
	De acordo Minayo (2013. P. 37), a fase exploratória da pesquisa são utilizados dados e estudos bibliográficos por meio de livros, artigos científicos, endereços eletrônicos e leis, que estejam de acordo com os objetivos do tema.
	Todos os temas relacionados nesta pesquisa foram feitas através de leitura de livros, artigos sites, revistas. Estes foram relacionados como objeto de adquirir conhecimentos no que se refere a importância do brincar na educação infantil. Essa se dá através de trocas de experiências e a busca de uma interação assídua para juntos buscar uma educação de qualidade para todos.
 	A problemática do trabalho visou verificar qual contribuição do brincar para o desenvolvimento da criança quais processos podem ser desenvolvidos para uma
												12
interação entre elas. Diante de todo estudo realizado percebe que a participação e o interesse da criança com o brinquedo é possível mudar rumos da educação
	Os objetivos propostos para a realização desse trabalho foram alcançados com enormes êxitos. Percebo o quanto é positivo a escola utilizar certos tipos de brincadeiras com métodos de aprendizagem. Ao longo desse percurso vários pontos foram significativos para minha formação, pois esse trabalho veio para somar positivamente na formação docente com o profissional.
	O trabalho realizado pretende mostrar a importância do lúdico na educação infantil, as contribuições no processo ensino-aprendizagem, bem como na construção do processo de imaginação, criatividade, desenvolvimento motor, interação social e no aprendizado de regras. Desse modo, entende-se que a vivência lúdica no contexto escolar abre caminhos para a integração de vários aspectos do ser humano, além de promover um aprendizado de forma natural e prazeroso possibilitando a todos os envolvidos a se perceber enquanto um ser único e relacionar-se melhor conseguem mesmo e com o mundo.
	
	CONCLUSÃO
Diante do pensamento dos autores citados acima entende que as atividades lúdicas auxiliam a criança nesse processo de aprendizagem, no qual proporciona situações imaginarias onde ocorrerá o desenvolvimento cognitivo e a interação com outras crianças e adultos ao qual se dará o acréscimo de conhecimento a ambos.
Essa interatividade entre os alunos, a socialização de ideias e troca de informações são elementos indispensáveis nas aulas em todas as disciplinas e em todas as fases de escolaridade. Valores como respeito, valorização e discussão do raciocínio, das 
												13
soluções e os questionamentos dos alunos, deve ser uma preocupação constante do professor na educação infantil. Sendo assim é essencial a utilização das brincadeiras e jogos no contexto
Carregar mais