TCC Historia da Matemática
18 pág.

TCC Historia da Matemática


DisciplinaHistória da Matemática1.294 materiais9.041 seguidores
Pré-visualização4 páginas
A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COMO METODOLOGIA DE ENSINO
TERUEL, Marcio Rogério[1: Aluno do Centro Universitário Internacional Uninter. Artigo apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso, 2017.]
RU 1167552
KUHLKAMP, Moacir Cesar [2: Professor Orientador do Centro Universitário Internacional Uninter.]
RESUMO
O presente artigo tem a finalidade de demonstrar a importância da história da matemática como metodologia de ensino nos anos finais do ensino fundamental. Através da exploração do berço do conhecimento, encontramos respostas aos questionamentos dos alunos no que diz respeito aos porquês de aprenderem a determinados conteúdos, suas origens, aplicações no cotidiano, sendo os conceitos matemáticos entendidos de uma forma mais clara e objetiva, fazendo o uso dos mesmos de uma maneira mais eficaz facilitando assim a construção de novos conhecimentos. A história da matemática aguça a investigação levando o aluno a se tornar um exímio pesquisador. Tendo um papel essencial no que se refere as questões sociais, a história da matemática humaniza a educação matemática, relacionando as diversas práticas sociais das mais variadas culturas, desenvolvendo em si um sentimento de cidadania. Quando o professor trabalha determinado conceito, ou conteúdo matemático, utilizando a história da matemática como ferramenta pedagógica, abre-se um grande leque para a interdisciplinaridade, pois ao voltarmos onde tudo começou, inevitavelmente, vamos ao encontro da história de uma determinada sociedade, às especificidades de um lugar, à cultura e aos costumes de um povo em uma determinada época. Sendo assim, podemos considerar que a história da matemática é uma ferramenta indispensável no processo do ensino-aprendizagem da matemática.
Palavras-chave: História da Matemática. Metodologia de ensino. Ensino fundamental.
1 INTRODUÇÃO
A metodologia empregada neste projeto está baseada em uma pesquisa qualitativa, fundamentada através do levantamento de dados, realizado em fontes bibliográficas de livros, dos mais variados autores e pesquisadores da História da Matemática.
Artigos e recursos audiovisuais como, reportagens, vídeos e documentários também foram utilizados afim de aprimorar e enriquecer a pesquisa.
Também foram explorados como fonte de pesquisas endereços eletrônicos, com o objetivo de levantar o maior número de informações possíveis sobre o assunto em questão.
Este trabalho tem como objetivo ressaltar a importância da história da matemática como uma ferramenta didática pedagógica para o ensino da matemática nos anos finais do ensino fundamental, demonstrar que a História nos leva à origem do conhecimento, facilitando assim a compreensão dos conteúdos matemáticos e o entendimento da construção dos conceitos formados historicamente, reconhecendo através da História a relação que há entre a matemática e as demais disciplinas.
O tema pesquisado é de suma importância para responder a algumas questões levantadas pela maioria dos estudantes dos anos finais do ensino fundamental: Porque deveremos estudar isso? Para que serve tal conteúdo? Onde, como e quando será usado?
Perguntas como estas são corriqueiras no ambiente escolar e certamente, todo professor de matemática já se deparou com estas e outras indagações. De acordo com Neto,
Contar a história da disciplina que está sendo estudada pode ser uma forma de ilustrar as aulas e motivar os alunos. Assim, também o professor de Matemática pode e deve lançar mão desse recurso, apresentando à classe fatos interessantes sobre a vida de matemáticos famosos, bem como descobertas e curiosidades nessa área do conhecimento (NETO, 1987, p. 7).
Pesquisar sobre a História da Matemática, além de prazeroso e motivador, nos remete ao início de tudo, ao berço do conhecimento matemático. É através da busca pelo saber desde as origens, que o professor poderá responder a tais questionamentos e utilizar como metodologia de ensino essa preciosa ferramenta didática, para que o aluno compreenda de uma forma mais simples a importância dos conceitos matemáticos e sua influência na sociedade. 
As práticas educativas se fundam na cultura, nos estilos de aprendizagem e nas tradições, e a história compreende o registro desses fundamentos. Portanto, ´e praticamente impossível discutir educação sem recorrer a esses registros e a interpretações dos mesmos. [...] ideias matemáticas comparecem em toda a evolução da humanidade, definindo estratégias de ação para lidar com o ambiente, criando e desenhando instrumentos para esse fim, e buscando explicações sobre os fatos e fenômenos da natureza e para a própria existência (D´ABROSIO, 1999, p. 97).
Ao utilizar a História da Matemática como metodologia de ensino, o professor trabalha também com a interdisciplinaridade, como por exemplo a História, Geografia, Filosofia e entre outras disciplinas. Desta forma, traz à tona a cultura das sociedades que estiveram envolvidas na construção dos conhecimentos matemáticos. 
Quando vamos em busca dos porquês, através de pesquisas em fontes históricas, tudo fica mais claro, tornando-se mais fácil para o aluno a compreensão dos conceitos matemáticos, dos conteúdos da disciplina, bem como sua utilização em pró da sociedade.
A matemática sempre esteve presente e foi fundamental na vida do homem desde a antiguidade, como podemos perceber nos estudos realizados, e desenvolveu-se, ao longo de sua história até os dias atuais. A importância e a dependência desta ciência na atualidade, tornou-se ainda maior. Se olharmos ao nosso redor, perceberemos que a matemática se relaciona com todas as coisas que estão em nosso planeta. 
A matemática não é algo que está pronto e acabado, mas sim está em constante construção e novas descobertas vão acontecendo com o passar do tempo através das relações sociais e de acordo com as necessidades de uma determinada sociedade.
Portanto, a História humaniza a educação matemática, ajudando aos alunos na compreensão dos conhecimentos matemáticos, valores, métodos e provas, relacionando-as às diversas práticas sociais das mais variadas culturas, desenvolvendo em si um sentimento de cidadania.
É possível imaginar como seria o mundo de hoje sem a matemática? O que seria da informática, da engenharia, da física, da medicina, da economia, entre outras tantas áreas que dependem direta ou indiretamente da matemática? Com certeza, no mundo capitalista em que vivemos, a matemática tem cadeira cativa garantida neste cenário, ou seja, ela é indispensável para a sobrevivência de todos. 
Diante disto, podemos fazer um questionamento: Será que a matemática que conhecemos hoje, sempre foi a mesma? Como mencionamos no decorrer deste texto, é obvio que não! Basta investigarmos a História da Matemática que nos certificaremos disto.
 A matemática foi se desenvolvendo ao longo dos tempos e novas descobertas foram sendo realizadas historicamente. De acordo com Miguel e Miorim (2004, apud DCE, 2008, p. 66), a História deve direcionar as respostas aos porquês da matemática, fazendo com que o aluno entenda que o conhecimento matemático é construído historicamente partindo de situações concretas e necessidades reais.[3: DCE - Diretrizes Curriculares da Rede Pública do Estado do Paraná \u2013 2008.]
Muitos autores e pesquisadores consideram a História da Matemática uma metodologia de ensino muito importante, pois demonstra que o conhecimento fora adquirido ao longo dos tempos, dando significado ao aprendizado.
Mendes (2009, p.76), considera que \u201co uso da história como um recurso pedagógico tem como principal finalidade promover um ensino-aprendizagem da Matemática que busque dar uma ressignificação ao conhecimento matemático produzido pela sociedade ao longo dos tempos\u201d.
Atualmente nas escolas os conteúdos matemáticos são expostos de uma forma programática, seguindo a um currículo preocupado apenas em formar alunos capazes de resolver exercícios com alto grau de complexidade.
 De acordo com Miguel e Miorim (2011, p. 52), alguns autores alertam sobre a maneira formal como a matemática