A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
anatomia cabeça animais agronomia

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA 
ANATOMIA VETERINÁRIA
ANATOMIA E FISIOLOGIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS
-AGRONOMIA-
Prof. Paulo Roberto de Souza
*
Aparelho digestório
Constituição:
	- Boca
	- Faringe
	- Canal alimentar ( Esôfago, estômago, intestino 			delgado e grosso e canal anal)
	
1) Tubo digestivo
2) Glândulas acessórias (salivares, fígado e pâncreas).
*
Boca
A cavidade oral envolvida em:
- Preensão		
- Mastigação		
- Insalivação
- Seleção
- Paladar		
- Conversão do alimento em “bolo”, que pode ser deglutido
*
Cavidade oral
Extensão: dos lábios à orofaringe
	Base óssea: Ossos incisivos, palatino, maxilar e mandíbula
Divisão: os dentes dividem a cavidade oral em:
1) Vestíbulo da cavidade oral	2) Cavidade oral própria
	
*
Limitam a rima oral (abertura para a cavidade oral). 
Comissuras labiais – união entre lábios maxilar e mandibular.
Lábios
Funções: sucção e preensão de alimento; órgãos táteis.
*
Bochechas
Formam a parede lateral da cavidade oral.
 
Pele
Músculo bucinador 
Mucosa
*
Parte da mucosa oral unida ao periósteo dos alvéolos dentários.
Pulvino dental – gengiva altamente queratinizada no local dos incisivos maxilares de Ruminantes.
Gengivas
*
Palato ósseo + mucosa oral
		Rugas palatinas – facilitam o deslocamento do bolo alimentar em direção à orofaringe
	
Ruminante
Cavalo
Palato duro
*
Sem base óssea - Muito longo no cavalo (dificulta respiração pela boca)
Tonsila palatina – órgão linfóide do palato 
Palato mole
Palato mole
*
Fixada caudalmente pelo osso hióide.
Funções: 
Participa da preensão, mastigação e deglutição
Deslocamento alimento na cavidade oral, 
Sucção (lactentes), 
Fonação
Língua
*
Língua
Forma: 
- Dorso (papilas linguais)
- Ápice 
 Corpo
Tórus lingual (9) – proeminência do corpo da língua de Ruminante
Raiz (12)
*
Língua
Frênulo lingual – prende a língua ao assoalho da boca
*
Língua
Papilas linguais:
Mecânicas – aumentam o atrito da superfície da língua
	1.1 – Papilas filiformes (dorso da lingua)
	1.2 – P. lentiformes (no tórus lingual de Ru)
Papilas filiformes
1.3 – P. cônicas (localizadas na bochecha)
 Bovino
*
Língua
2) Papilas Gustativas, contem corpúsculos gustativos – receptores para o paladar.
	2.2 - P. fungiformes (dorso da lingua)
	2.3 – P. valadas (2 em su e eq, 8-17 pares em bovinos)
	2.4 – P. Folhada (equino)
Papila fungiforme (seta vermelha)
Papila valada
Papila folhada
*
Língua
1) Intrínsecos – não se fixam ao esqueleto
possui fibras musculares orientadas em 3 direções:   longitudinal, transversal e perpendicular.
	
Ação: altera a forma da língua (na mastigação fonação e deglutição)
Músculos da língua
*
Língua
2. Mm. Extrínsecos – originam-se no esqueleto e inserem-se na língua.
2.1 M. Genioglosso - origem: sínfise mandibular                    	ação:     protusão da língua
Músculos da língua
*
2.1 M. Hioglosso -   ação: - retração da língua 
Músculos da língua
*
2.3 M. Estiloglosso - ação: - move a língua de um lado p/ o outro 
Músculos da língua
*
Dentes
Dentes braquidontes
. Regiões bem definidas
Dentes hipsodontes
. Em herbívoros 
. Regiões mal definidas
Tipos de dentes:
*
Anatomia do dente braquidonte
Coroa
Raiz
Colo
Cúspide – projeções da face oclusal
Esmalte – reveste a coroa
Dentina – componente mais abundante
Cemento – reveste a raiz
Forame apical
Osso alveolar
Polpa dentária – tec conj frouxo com vasos e nervos
*
Dentição dos eqüídeos
Dentição permanente: 
Dentição decídua:
Caninos – geralmente só nos machos
Pré-molares – o P1 superior pode estar presente
*
DENTE INCISIVO DO EQUINO
Getty, 1981
O contorno é mais triangular com o avançar da idade
*
Dentição dos ruminantes
Dentição permanente: 
Dentição decídua
Incisivos superiores substituídos pelo pulvino dental (a). 
Quatro e não 3 incisivos mandibulares
Ausência de caninos (?)
Pré-molares e molares continuam a crescer após o nascimento.
Dentição trituradora 
a
a
2(I0/4,C0/0,PM3/3,M3/3)=32
2(I0/4,C0/0,PM3/3
*
BOVINO - IDADE
cantos
cantos
*
Dentição dos suínos
Dentição permanente: 
Dentição decídua
Molares: coroas largas e cúspides rombas – trituradores eficientes
Caninos: crescem por toda a vida
2(I3/3,C1/1,PM4/4,M3/3)=44 
2(I3/3,C1/1,PM3/3)=28
*
Equino DP=2(I3/3C1/1PM3−4/3M3/3)=40−42 
Bovino DD=2(I0/4C0/0PM3/3M3/3)=32
Suino DD=2(I3/3C1/1PM4/4M3/3)=44 
Gato DD=2(I3/3C1/1PM3/2M1/1)=30
Canino DD=2(I3/3C1/1PM4/4M2/3)=42 
*
Músculos da mastigação
Fecham a boca: M. masséter, temporal, pterigóides
Abre a boca: M. digástrico
*
*
GLÂNDULAS SALIVARES
GLAND. DUCTOS
PAROTIDA -VESTÍBULO ORAL
SUBMANDIBULAR- FRÊNULO
SUBLINGUAL - FRÊNULO
*
PRODUÇÃO SALIVA /DIA
Galinha 25 gramas
Homem 1,5 litros
Suíno 15 litros
Cavalo 40 litros
Ovelha 6 - 16 litros 
Vaca 98 - 190 litros 
*
FATORRES QUE ESTIMULAM A PRODUÇÃO DE SALIVA 
Mastigação -ou ruminação
Alimentos - concentrado, fibroso e seco
Contato com a parede do rúmen
Distensão da parede esofágica e ruminal 
Olfato e visão (presença do alimento)
*
FUNÇÕES DA SALIVA
Facilita a mastigação e a deglutição, umidificação e entumecimento 
dos alimentos 
Estimula a sensibilidade gustativa
Apresenta uma ação lubrificante (mucina)
Pequena atividade antibacteriana.
Neutralização do pH do rúmen 
Propriedade antiespumante e prevenção do timpanismo
*
*
*
FARINGE
*
----------------------------------------------------------------------------------
Cavidade nasal	 __				Esôfago
							
------------------------------- FARINGE ---------------------------
Cavidade oral						Laringe
----------------------------------------------------------------------------------
Representação esquemática da faringe
*
ESÔFAGO
*
VISTA LATERAL ESQUERDA
*
CORTE TRANSVERSAL