A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Av Filosofia da Educação 2014

Pré-visualização | Página 1 de 2

Fechar
	Avaliação: CEL0468_AV_201301399401 » FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201301399401 - ALESSANDA PEIXOTO SOUZA
	Professor:
	LUIZ FERNANDO CONDE SANGENIS
	Turma: 9009/AB
	Nota da Prova: 5,5        Nota de Partic.: 2        Data: 02/06/2014 15:23:36
	
	 1a Questão (Ref.: 201301483416)
	Pontos: 1,5  / 1,5
	"Para realizar seu trabalho, a Filosofia investiga e interpreta o significado de ideias gerais como: realidade, mundo, natureza, cultura, história, verdade, falsidade, humanidade, temporalidade, espacialidade, qualidade, quantidade, subjetividade, objetividade, diferença, repetição, semelhança, conflito, contradição, mudança, necessidade, possibilidade, probabilidade, etc." (CHAUI, 2008, p. 23). Explique por que a atividade filosófica é uma análise, uma reflexão e uma crítica.
		
	
Resposta: A atividade filosofica é uma analise por que analiza os fatos, reflete sobre eles e faz uma critica, só assim pode-se chegar a um entendimento. Pois as causas do mundo estão no próprio mundo e fazem parte dele.
	
Gabarito:
Porque é uma análise das condições e princípios do saber e da ação, isto é, dos conhecimentos, da ciência, da religião, da arte, da moral, da política e da história;
É uma reflexão porque volta do pensamento sobre si mesmo para conhecer-se como capacidade para o conhecimento, a linguagem, o sentimento e a ação;
É uma crítica porque é uma avaliação racional que vai discernir entre a verdade e a ilusão, a liberdade e a servidão, investigando as causas e condições das ilusões e dos preconceitos individuais e coletivos, das ilusões e dos enganos das teorias e práticas científicas, políticas e artísticas, dos preconceitos religiosos e sociais, da presença e difusão de formas de irracionalidade contrárias ao exercício do pensamento, da linguagem e da liberdade.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201301483545)
	Pontos: 0,0  / 1,5
	"O conceito de Renascimento designando um período histórico, intermediário entre o medieval e o moderno, e abrangendo os sécs. XV e XVI origina-se [...] da obra do historiador da arte suíço Jacob Burkhardt (MARCONDES, 2008, p. 143)". O traço mais marcante desse período é o humanismo. Qual era o lema do humanismo?
		
	
Resposta: Se penso, Logo existo. Com esse pensamento dito por Decartes o homem foi valorizado como um ser pensante.
	
Gabarito: O homem é a medida de todas as coisas.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201301679918)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	O modo de pensar substancialista, que identificava profundidades, é substituído pela matemática enquanto modelo da realidade física, coisa impensável para os escolásticos. Aquele mundo composto de qualidades, significados e fins, que a matemática não podia interpretar, é suplantado por um mundo quantitativo e, portanto, matematizável, no qual não há mais traços de qualidades, de valores, de fins e de profundidade. O mundo qualitativo, de origem aristotélica, cede e desaparece lentamente. (...) "A natureza é opaca, silenciosa, inodora e incolor: é apenas a impetuosa sucessão da matéria, sem fim e sem motivo". (...) O movimento e a quantidade substituem os genera e as species da cosmologia tradicional (...) Na natureza, deixa de haver a visão hierárquica e as finalidades das coisas." (Reali e Antiseri, 1990, p.137) Essas características apresentadas é de um Filósofo que considerou a Matemática como modelo de sua reflexão filosófica e, com isso, pretendia elaborar uma matemática universal para todos os assuntos. Ele é:
		
	
	John Locke.
	
	Hegel.
	
	Kant.
	 
	Descartes.
	
	Aristóteles.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201301618862)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	São Tomás de Aquino se tornou um grande pensador com criatividade e originalidade, desenvolveu uma filosofia própria, tratando de todas as grandes questões da filosofia e da teologia.
Qual enunciado abaixo expressa sua contribuição para o pensamento cristão?
		
	
	2. Demonstrou que a Filosofia de Platão e dos neoplatônicos, bem como, a ética de Epicuro, eram fundamentais para a elaboração do pensamento cristão.
	
	1. O tomismo tornou-se uma espécie de representante de uma filosofia cristã oficial, tendo por base a filosofia de Platão e dos neoplatônicos.
	 
	3. Demonstrou que a Filosofia de Aristóteles era sem dúvida alguma compatível com o cristianismo.
	
	4. Demonstrou a invalidade do pensamento de Aristóteles no que se refere as questões relativas ao Sagrado.
	
	5. Defendeu o princípio da propriedade privada e da liberdade individual que servirá de base para o desenvolvimento do pensamento moderno.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201301447676)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Os primeiros filósofos gregos ocupam-se com a origem e a ordem do mundo, o Kosmos, e a filosofia nascente era uma cosmologia. Um dos seus maiores problemas era explicar o movimento e a transformação da realidade. Qual das alternativas abaixo relacionam os filósofos desse período histórico?
		
	
	Hegel, Marx e Comte
	
	Tales, Sócrates e Platão
	 
	Sócrates, Platão e Aristóteles
	
	Tales, Anaximandro e Descartes
	
	Agostinho, Melisso e Zenão
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201301451074)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	NÃO está de acordo com a colocação de Aristóteles quanto à classificação da ética no campo das ciências práticas a explicação que
		
	 
	é prática a ciência que tem como objeto de estudo o próprio ato realizado
	
	compreende que, ao ser considerada prática, a ética adquire mais credibilidade.
	 
	ao estudar as ações humanas que encontram sua finalidade em si mesmas, a ciência adquire natureza prática.
	 
	todo ato realizado por meio de uma prática guiada pela razão com vistas ao bem dos homens deve ser entendido por meio de uma ciência de natureza prática.
	 
	todas as ciências que necessitam da prática para se efetivarem são de natureza prática.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201301451053)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Observa-se nos livros que, nos primeiros tempos, a filosofia tem sua história classificada por períodos que são definidos de acordo com os pensadores. Neste sentido, o período filosófico considerado sistemático é representado
		
	
	por Tales de Mileto.
	
	por Platão.
	 
	por Aristóteles
	
	por Sócrates.
	
	pelos Sofistas.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201301481999)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Qual a contribuição da disciplina Filosofia da Educação para a formação do educador? (MEC ¿ ENADE 2008).
		
	
	Reunir informações sobre a existência humana para orientar a forma de organizar sua vida privada.
	 
	Atender à necessidade de organização do pensamento com vistas a um melhor desempenho didático-pedagógico.
	
	Dominar o conhecimento historicamente produzido pela humanidade visando a uma cultura erudita.
	 
	Ajudar o professor a identificar e interrogar os valores que estão subjacentes à ação e às concepções do humano.
	
	Contribuir para as soluções práticas exigidas pelo cotidiano, auxiliando na elaboração do planejamento escolar.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201301461788)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	A Filosofia Aristotélica (Metafísica), extremamente sistemática, propôs a divisão dos saberes em áreas de conhecimento, levando em conta os objetivos específicos de cada área. A partir do exposto acima, associe os conceitos da primeira coluna às definições correspondentes na segunda coluna:
(1) Conhecimento Teórico          
(2) Conhecimento Prático
(3) Conhecimento Produtivo
( ) Teologia, Metafísica, Ciências e Matemática, que deveriam estar no apetite do homem em querer saber e não na busca por recompensas;
( ) Ética e Política que servem para solucionar problemas da vida cotidiana
( ) Artes, Estética, Poética e Retórica, que são úteis ao homem.
		
	
	2 1 3
	
	3 2 1
	 
	1 2 3
	
	2 3