A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
ATUACAO DO PSICOLOGO ORGANIZACIONAL COM BASE NA ABORDAGEM ANALITICO COMPORTAMENTAL

Pré-visualização | Página 1 de 5

ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO ORGANIZACIONAL COM BASE 
NA ABORDAGEM ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL 
 
DANIELE DE OLIVEIRA CARLOS1 
MARIA ENIANA ARAUJO GOMES PACHECO2 
 
 
 
Resumo: O psicólogo organizacional trabalha de forma interdisciplinar o comportamento humano no campo das 
relações das pessoas com as organizações através da compreensão dos fenômenos psicológicos. Assim o analista 
do comportamento terá sua atuação pautada nos fundamentos do Behaviorismo Radical de Skinner. O presente 
artigo apresenta as possibilidades de atuação do psicólogo organizacional a partir do referencial analítico-
comportamental. Este estudo foi construído a partir de um levantamento bibliográfico e de meio eletrônico, com a 
finalidade de compreender melhor o tema, a partir de um resgate histórico da psicologia dentro das organizações 
de trabalho, apresentação da análise do comportamento pelo Behaviorismo radical de Skinner e a prática do 
psicólogo organizacional baseada na teoria comportamental. 
 
Palavras-chave: Psicologia organizacional. Análise do comportamento. Behaviorismo Radical de Skinner. 
 
 
 
ROLE OF ORGANIZATIONAL PSYCHOLOGIST BASED ON 
ANALYTICAL-BEHAVIORAL APPROACH 
 
 
Abstract: The organizational psychologist works in an interdisciplinary way human behavior in the field of 
relations of people with organizations by understanding the psychological phenomena . Thus the behavior analyst 
will have its action based on the behaviorism Skinner's Radical fundamentals. This article presents the 
organizational psychologist possibilities from the behavior-analytic framework. This study was constructed from 
a literature review , in order to better understand the issue from a historical psychology within labor organizations 
, analysis of the presentation of the behavior by the radical behaviorism of Skinner and practice of organizational 
psychologist based on behavioral theory . 
 
Key-words: Organizational psychology. Behavioranalysis. Behaviorism Radical Skinner. 
 
 
 
1 Graduada em psicologia pela Faculdade Doutor Leão Sampaio. Especialista em Psicologia Organizacional pela 
Faculdade de Tecnologia Darcy Ribeiro/Instituto Dom José de Educação e Cultura (IDJ). E-mail: 
danycarloss@hotmail.com 
2 Graduada em psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em gestão e serviço de saúde 
pela UFC. Mestre em políticas públicas e sociedade pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Doutoranda 
em psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Orientadora de TCC do curso de Especialização em 
Psicologia Organizacional do Instituto Dom José (IDJ). Professora do curso de Psicologia da Faculdade Luciano 
Feijão (FLF). E-mail: enianaagp@yahoo.com.br 
2 
 
 
 
INTRODUÇÃO 
 
Conforme Lemos e Cols (2007) o século XXI incorpora-se de diferentes avanços 
tecnológicos paralelos ao mundo do desemprego na realidade de muitos empregados, gerentes 
e líderes de empresas privadas. Diante desse contexto, os líderes precisam de uma boa 
capacidade de diagnóstico capaz de fazer uma análise das cobranças do ambiente 
(empresa/relação entre indivíduos) e ter a capacidade de adaptar seu estilo de liderança para 
atuar neste meio. 
Dessa maneira, na contemporaneidade, a psicologia surge nas organizações para dar 
suporte aos processos administrativos, ao fazer um reconhecimento estrutural e de diagnóstico 
dos possíveis problemas, obtendo assim dados para estratégias e procedimentos de mudanças 
no ambiente organizacional. 
Sendo a psicologia uma profissão que atende a demandas variadas em diferentes 
contextos, visando a promoção da saúde e qualidade de vida, nos seus vários campos de atuação 
como, por exemplo, nas organizações, torna-se necessário a construção desse trabalho, 
proporcionando aos leitores um maior esclarecimento sobre esse campo de atuação do 
psicólogo organizacional com embasamento na análise do comportamento. 
De acordo com Ranceschini (2009) a Análise do Comportamento considera que os 
comportamentos emitidos pelos sujeitos (trabalhadores) se dão na interação destes com seu 
ambiente de trabalho, incluindo seus relacionamentos com outros trabalhadores (ambiente 
social), práticas culturais e empresariais vigentes. A linha de pensamento advinda da filosofia 
do Behaviorismo Radical de B.F. Skinner estuda o comportamento humano como interação 
entre sujeito e ambiente. Na perspectiva organizacional essa abordagem atua no sentido de 
identificar quais arranjos ambientais podem garantir o alcance e manutenção dos objetivos da 
empresa. 
Diante da necessidade do profissional de psicologia dentro das organizações, no intuito 
de entender o sujeito como um todo e sua relação com o meio surge o interesse de pesquisar 
como se dá a atuação do psicólogo organizacional com base na análise do comportamento, uma 
3 
 
 
 
atuação que tem mostrado resultados positivos no contexto organizacional, pois não enxerga o 
sujeito (empregado) somente a frente de linhas de produção, mas no seu desenvolvimento 
biopsicossocial. 
O objetivo geral desse estudo se dá em compreender a atuação do psicólogo nas 
organizações embasado no referencial analítico–comportamental, tendo como objetivos 
específicos entender a abordagem da análise do comportamento, descrever a psicologia 
organizacional e o papel do psicólogo nas organizações com ênfase na análise do 
comportamento. 
 
 
MÉTODO 
 
De acordo com Gil (2007) a pesquisa é definida como um procedimento racional e 
sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. 
Mediante esse aspecto essa pesquisa se deu na busca de conhecimentos acerca do referencial 
temático, tendo como base na sua construção a elaboração de uma metodologia. 
Segundo Gerhardt e Silveira (2009) a metodologia é o estudo da organização, dos 
caminhos a serem percorridos, para se realizar uma pesquisa ou um estudo, ou para se fazer 
ciência. A metodologia auxilia em como vai ser realizada a pesquisa, mostrando como obter e 
como trabalhar com as informações. 
Este estudo trata-se de uma revisão bibliográfica qualitativa e exploratória, além de 
textos da esfera eletrônica, que tem como finalidade conhecer o que já se estudou sobre o 
assunto das possibilidades de atuação do psicólogo organizacional a partir do referencial teórico 
analítico-comportamental. Segundo Berviam e Cervo (2002, p. 65) a pesquisa bibliográfica 
procura explicar um problema a partir de referências teóricas publicadas em documentos e pode 
ser realizada independentemente ou como parte da pesquisa descritiva ou experimental. 
A busca de material será feita especialmente no site da coleção de revistas e artigos 
científicos do Scielo, além de leituras no site do Google Acadêmico e outros artigos que tratam 
da temática. Na pesquisa foram utilizadas como palavras-chave: Psicologia Organizacional, 
4 
 
 
 
Behaviorismo Radical de Skinner e Análise do comportamento. Foram discutidos 10 artigos, 
escolhidos de acordo com a coerência do conteúdo em relação à busca do pesquisador e a forma 
de exposição da temática. 
No que tange ao estudo dos conteúdos, será utilizada de pesquisa exploratória, visando 
a análise do tema e assim uma proximidade do pesquisador da referida realidade a partir dos 
relatos encontrados, consequentemente possibilitando uma maior compreensão e transcrição