Introdução a Pesquisa Paper I
7 pág.

Introdução a Pesquisa Paper I


DisciplinaMetodologia Científica39.570 materiais923.278 seguidores
Pré-visualização2 páginas
2
[Digite aqui]
INTRODUÇÃO À PESQUISA
Fabrício Schunck Martins Corrêa
Jean Pierre de Quadros
Juliema Oliveira
Marcelo Cristiano Acker
Prof.: Adriano Salvagni Marchi
Centro Universitário Leonardo da Vinci- UNIASSELVI 
Bacharel em Administração (ADG 886) - Seminário Interdisciplinar I (EMD 15)
 28/06/2017
Resumo
A pesquisa vem da necessidade do homem em fazer descobertas e trazer explicações para o que ocorre no nosso dia a dia. Neste artigo nósprocuramos trazer de forma resumida os conceitos básicos sobre o que é pesquisa, a forma como deve ser iniciada, planeja e executada. Utilizamos como fonte de pesquisa obras de escritores que tratam do tema específico, normas e conceitos da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), assim como o material de apoio fornecido pela instituição de ensino na qual estamos cursando administração de empresas.A elaboração da pesquisa tem início com a escolha do tema e depois disso começa a revisão bibliográfica, seguindo pelas justificativas, formulação do problema, determinação dos objetivos, metodologia, organização de um cronograma e definição dos recursos.Muito importante é trazer a realidade da pesquisa para dentro do orçamento disponível e a realidade do pesquisador. Após esta etapa que vem a execução da pesquisa onde se faz a coleta de dados, organização, análise e discussão dos resultados, finalizando com a conclusão.Estruturalmente a forma de apresentar a pesquisa deve conter elementos pré-textuais como: capa, resumo, sumário, etc.; elementos textuais como: introdução, desenvolvimento e conclusão; por fim os elementos pós-textuais, que consistem em: referências, apêndices e anexos.A maneira como a pesquisa é apresentada deve seguir uma formatação específica de acordo com cada modelo. Finalizando o trabalho podemos concluir que a pesquisa é fundamental para o desenvolvimento humano, seja pelo crescimento pessoal ou pelo apoio à instituições coletivas, melhoria para a população entre outros. 
Palavras-chave: Conceito. Estrutura. Elaboração
1 INTRODUÇÃO
Neste artigo propomos de modo explicativo ao leitor entender os conceitos e métodos da pesquisa como ferramenta de aprendizado.Procuramos sanar dúvidas sobre o que é, seus principais conceitos, sua estruturação cientifica e o modo de elaboração da pesquisa.Foram utilizadas diversas fontes para a construção deste trabalho,buscando encontrar de forma ampla e diversificada o melhor conceito para entender de forma introdutória o que épesquisa.
O artigo foi desenvolvido através do Seminário Interdisciplinar I,que ocorreu ao final do primeiro modulo do curso de bacharel em administração, pela instituição de ensino o centro universitário Leonardo da Vinci-Uniasselvi. 
2 CONCEITOS INTRODUTÓRIOS DA PESQUISA 
Conceitualmente podemos encontrar várias definições sobre pesquisa, vários autores transcorreram sobre o tema, mas citamos a seguir o que nos trouxe Gil (2007, P. 17.), onde pesquisa é definida como \u201c[...] procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. A pesquisa desenvolve-se por um processo constituído devárias fases, desde a formulação do problema até a apresentação e discussão dos resultados.\u201d	
O termo pesquisa é muito amplo e abrangente.Para podemos entender o que é pesquisa devemos primeiramente entender qual sua dimensão fundamental ao homem.Só se pesquisa quando se tem a necessidade da descoberta daquilo que ainda está encoberto ao ser humano. Segundo Vera (1980, p.11) a pesquisa só existe de fato quando existe um problema que deverá definir, examinar, avaliar e analisar criticamente para, em seguida, ser tentada sua solução. O primeiro passo será, então, delimitar o objeto de investigação, o problema dentro dos temas possíveis. 
Quando se fala em pesquisa, logo vem à nossa mente algo complexo que pertence aos cientistas, suas pesquisas elaboradas com grandes investimentos.Numa visão mais ampla, como já definido acima, pesquisa é a busca por conhecimento. A pesquisa tem como fundamentação a construção social e cultural do ser humano.A pesquisa cientifica pode ser dividida em dois pontos essenciais: as razões intelectuais que se derivam do desejo de conhecer pelo próprio saber e as razões práticas que se derivam de conhecer por razões mais eficazes. Para tanto em qualquer tipo de pesquisa serão necessários procedimentos metodológicos para que se tenha uma pesquisa confiável e com o máximo de veridicidade.A pesquisa é um projeto que deve ser planejado e executado dentro dos limites intelectuais e financeiros do pesquisador.Não há, por exemplo, como através de uma pesquisa minuciosa encontrar a cura do câncer sem grandes investimentos financeiros e intelectuais.
Mas se pesquisa é construção do conhecimento através de métodos, o que é conhecimento? Conforme o pensamento de Fonseca (2002, p.10)
(...) o homem é, por natureza, um animal curioso. Desde que nasce interage com a natureza e os objetos à sua volta, interpretando o universo a partir das referências sociais e culturais do meio em que vive. Apropria-se do conhecimento através das sensações, que os seres e os fenômenos lhe transmitem. A partir dessas sensações elabora representações. Contudo essas representações, não constituem o objeto real. O objeto real existe independentemente de o homem o conhecer ou não. O conhecimento humano é na sua essência um esforço para resolver contradições, entre as representações do objeto e a realidade do mesmo. Assim, o conhecimento, dependendo da forma pela se chega a essa representação, pode ser classificado de popular (senso comum), teológico, mítico, filosófico e cientifico.
	
Como podemos definir a importância da pesquisa para a formação profissional? A função da pesquisa está vinculada àimportânciada correlação entre teoria e prática.Todo e qualquer profissional deve ter um olhar mais amplo às suas funções e sua área de atuação, de modo que esteja sempre elaborando pesquisas e que não o deixe limitado ao conhecimento teórico adquirido simplesmente. 
A renovação profissional deve ser constante e, como já foi constatado, o conhecimento é adquirido através de pesquisas que tem como enfoque razões intelectuais e práticas, ambas trazendo mudanças no seguimento de qualquer área de atuação profissional. 
3ESTRUTURA DA PESQUISA
A elaboração de uma pesquisa ocorre após a definição de um tema,sendo assim, deve-se considerar uma estrutura, baseada em tópicos conforme:
3.1 PARTE INTERNA(ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS)
Consiste nas partes compostas por capa, folha de rosto, folha de aprovação, resumo, sumário, conforme: 
Capa: deve conter basicamente título, nome do autor, cidade e ano.
Folha de rosto: Nome do autor, natureza do trabalho, orientador, cidade e ano.
Folha de aprovação: Título, autor do trabalho, objetivo do trabalho, membros.
Resumos: deve apenas ser elaborado após a conclusão do trabalho.
Sumário: Trata-se de uma ideia global do trabalho em si.
Alguns tópicos são opcionais como: Dedicatória, agradecimentos, ilustrações, tabelas, abreviaturas e siglas.
3.2 PARTE INTERNA (ELEMENTOS TEXTUAIS)
É a parte do trabalho em si, onde constam introdução, desenvolvimento e conclusão, que seguem as seguintes premissas:
Introdução: Deve conter o objetivo do tema pesquisado, para se ter uma ideia ampla do trabalho.
Desenvolvimento: éo objetivo da pesquisa em si, mostrando todo o resultado obtido através dos métodos utilizados. Dentro deste item levam-se em consideraçãoosseguintestópicos para a sua realização:
Metodologia: como, onde, com quem, com quantos;
Natureza da pesquisa: básica, aplicada;
Abordagem do problema: qualitativa, quantitativa;
Realização dos objetivos: descritiva, exploratória;
Procedimentos técnicos: bibliográfica, documental, levantamento, estudo de caso, participante, pesquisa-ação, experimental;
População e amostras;
Materiais e métodos;
Análise e discussão dos resultados: Argumentação, utilização de estatísticas;
Conclusões: Resumo de tudo que foi abordado no conteúdo do trabalho