A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Religiões Negra e Negros Bantus - Edison Carneiro

Pré-visualização | Página 20 de 20

antepõem-
se determinadas palavras {ti, yiô, yiô ti, ibá, ibá ti,
etc.) ao infinito. Assim, o presente do indicativo
do verbo fé, amar, conjuga-se êmi, iwó, on, awá,
ênyin e awón fé, ao passo que o futuro já é êmi
yiô fé, o condicional êmi ibá fé, etc.
Ha, como no francês, no inglês e no alemão,
duas formas para porque. Interrogativo, será ni-
tôri kini? e, causativo, nitôri pê. .
.
188 Edison Carneiro
Figura de gramática mais do que comum no
nagô é a prótese. Ex. : lôwô (ôwô), dinheiro.
Não estará em ayá, mulher casada, lado a
lado com as deturpações sofridas pelo termo por-
tuguês senhor por parte dos escravos, as origens
dos termos brasileiros yôyô e yayá?
Estas notas são o resultado de um curso da
lingua nagô que eu e Guilherme Dias Gomes ten-
támos, em 1933-1934, com o babalaô Martiniano
do Bonfim e com um Gnide pratique (5) de mis-
sionários franceses.
Vão aqui porque — quem sabe? — pode ser
que sirvam para alguma coisa . . .
(5) C. B. & L. B., de la Societé des Missions Africaines
de Lyon, Guide pratique de conversation en français, anglais et
yoruba ou nago, langue la plus répandue sur la cote occidentale
d'Afrique. — F. X. Le Roux & Cie., Impr. de VÉvêché, Stras-
bourg, 1908.
ÍNDICE
Nota 5
Introdução 7
Religiões negras 19
O fetichismo gêge-nagô 29
A rainha do mar 51
Liturgia fetichista 61
Os candomblés de caboclo 85
Os negros males 101
Os instrumentos musicais dos negros 107
Os cânticos dos orixás 115
A magia fetichista 127
O estado de santo 139
O sincretismo religioso 147
Apêndices , 157
DATE DUE
DEMCO 38-297
ESTAB. GRAPHICO PHCENIX
Rua Lavapés, 618 - São Paulo
VALOR DESTE LIVRO
Continuando os estudos
iniciados pelo prof. Arthur
Ramos, na Bahia, o joven
escriptor Edison Carneiro
dá-nos, neste livro, curio-
sos aspectos das religiões
e dos ritos dos candom-
blés.
Religiões Negras não é
uma repetição das pesqui-
zas relatadas no Negro
Brasileiro. E' um livro
original, com muitas obser-
vações novas, variantes
obtidas no recesso dos
candomblés visitados pelo
Autor.
Este interessante volu-
me vem, desta maneira,
emparelhar-se com os ou-
tros já publicados na Bi-
bliotheca de Divulgação
Scientifica, collocando o
seu Autor na primeira lis-
ta dos discípulos e conti-
nuadores de Nina Rodri-
gues, o grande mestre dos
estudos sobre a raça ne-
gra, no Brasil. Religiões
Negras é por isto um li-
vro que deve interessar a
todas as camadas de lei-
tores brasileiros.
m 1193
Civilização Brasileira S. A.
R. 7 de Setembro, 162 - Rio
BIBLIOTHECA
DE DIVULGAÇÃO SCIENTIFICA
Sob a Direcção de ARTHUR RAMOS
LIVROS PUBLICA
I - Arthur Ramos — O NEGRO BRASILEIRO.
// - Nina Rodrigues — O ANIMISMO FETI-
CHISTA DOS NEGROS BAHIANOS.
III - Bns'os de Avila — QUESTÕES DE AN-
THROPOLOGIA BRASILEIRA.
IV - Arthur Ramos — O FOLK-LORE NEGRO
DO BRASIL.
V - Josué de Castro — ALIMENTAÇÃO E RAÇA.
VI - Octávio Rodrigues — HEREDITARIEDADE
E EUGENIA.
V// - Edison Carneiro — RELIGIÕES NEGRAS.
Gilberto Freyre e outros — NOVOS ESTUDOS
AFRO-BRASILEIROS.
Ruy Coutinho — VALOR SOCIAL DA ALIMEN-
TAÇÃO.
Renato Mendonça — O PORTUGUÊS DO BRASIL.
(Origens - Evolução - Tendências)
Manoel Querino — COSTUMES AFRICANOS NO
BRASIL.
Alfredo Brandão — A ESCRIPTA PRE-HISTÓ-
RICA DO BRASIL (Ensaio de Interpretação).
Arthur Ramos — AS CULTURAS NEGRAS NO
NOVO-MUNDO.
Arthur Ramos — NEGROS ESCRAVOS.
PRÓXIMAS PUBLICAÇõES
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA S. A.
RUA SETE DE SETEMBRO, 162 - RIO DE JANEIRO

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.