MONOGRAFIA   FEMINICDIO ADAHRA
84 pág.

MONOGRAFIA FEMINICDIO ADAHRA


DisciplinaA Mulher na Historia do Brasil10 materiais104 seguidores
Pré-visualização22 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA 
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO 
INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS 
 
 
 
 
 
 
 
ADAHRA CATHARINIE REIS MENEZES 
 
 
 
 
 
 
 
 
A TIPIFICAÇÃO DO FEMINICÍDIO SOB A ÓTICA DO HOMICÍDIO DE MULHERES 
NO ESTADO DE RORAIMA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BOA VISTA \u2013 RORAIMA 
2015 
 
 
 
ADAHRA CATHARINIE REIS MENEZES 
 
 
 
 
 
 
 
 
A TIPIFICAÇÃO DO FEMINICÍDIO SOB A ÓTICA DO HOMICÍDIO DE MULHERES 
NO ESTADO DE RORAIMA 
 
 
 
 
 
 
 
 
Monografia apresentada ao Instituto de 
Ciências Jurídicas da Universidade 
Federal de Roraima (UFRR), como pré-
requisito para obtenção do título de 
Bacharel em Direito. 
 
Orientadora: Profa. Msc. Ilaine Aparecida 
Pagliarini 
 
 
 
 
 
 
BOA VISTA \u2013 RORAIMA 
2015 
 
 
ADAHRA CATHARINIE REIS MENEZES 
 
 
 
 
 
A TIPIFICAÇÃO DO FEMINICÍDIO SOB A ÓTICA DO HOMICÍDIO DE MULHERES 
NO ESTADO DE RORAIMA 
 
 
 
 
Monografia apresentada ao Instituto de 
Ciências Jurídicas da Universidade 
Federal de Roraima (UFRR), como pré-
requisito para obtenção do título de 
Bacharel em Direito. Defendida em 22 de 
março de 2016 e avaliada pela seguinte 
banca examinadora: 
 
 
________________________________________________________________ 
Profa. Msc. Ilaine Aparecida Pagliarini 
Orientador / Instituto de Direito \u2013 Universidade Federal de Roraima 
 
________________________________________________________________ 
Prof. André Paulo dos Santos Pereira 
Universidade Federal de Roraima / Curso de Direito 
 
________________________________________________________________ 
Profa. Denise Meneses Gomes 
Universidade Federal de Roraima / Curso de Direito 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mulher da Vida/ Minha irmã/ De todos os 
tempos/ De todos os povos/ De todas as 
latitudes/ Ela vem do fundo imemorial das 
idades/ E carrega a carga pesada/ Dos 
mais torpes sinônimos/ Apelidos e ápodos: 
Mulher da zona/ Mulher da rua/ Mulher 
perdida/ Mulher à-toa/ Mulher da Vida, 
minha irmã/ Pisadas, espezinhadas, 
ameaçadas/ Desprotegidas e exploradas/ 
Ignoradas da Lei, da justiça e do direito. 
 
(Cora Coralina, para o ano internacional da 
mulher, 1975) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RESUMO 
 
O presente estudo destina-se a analisar a lei 13.104 de 09 de março de 2015, que 
tipificou a conduta do feminicídio, enquadrando-o como homicídio qualificado e 
incluindo um novo rol de majorantes ao Código Penal, bem como ponderar a 
necessidade da Lei do Feminicídio por meio de dados sobre o homicídio de mulheres 
no Estado de Roraima, extraídos do Mapa da Violência 2015, e de casos 
emblemáticos de homicídio de mulheres por questões de gênero em cinco municípios 
de Roraima. Para tanto, utiliza-se de uma metodologia qualitativa, exploratória, 
bibliográfica e documental. Primeiro, analisa-se o conceito de violência de gênero, a 
qual é considerada um sinônimo de violência contra a mulher, por ser esta sua maior 
vítima, e como a cultura do patriarcado serviu para legitimar esse tipo de violência, 
num processo de inferiorização da mulher ante a figura masculina, passando por uma 
abordagem dos marcos normativos nacionais e internacionais de combate à violência 
de gênero. Em seguida, estuda-se o crime de feminicídio pontualmente, partindo-se 
da análise de seus requisitos típicos e as mudanças acarretadas no Código Penal 
Brasileiro. Discorre-se, ao final, sobre os dados alarmantes no Mapa da Violência 
2015, Homicídio de Mulheres no Brasil, no qual Roraima figura em primeiro lugar no 
ranking nacional, sendo o estado em que mais crescem as mortes de mulheres por 
questões de gênero, e alguns casos marcantes em âmbito estadual. 
 
Palavras-chave: Feminicídio. Violência de gênero. Lei do Feminicídio. Roraima. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ABSTRACT 
 
 
This study aims to analyze the 11.104 law of March 9, 2015, which criminalized the 
conduct of feminicide, framing it as aggravated homicide and including a new list of 
upper bounds to the Brazilian Criminal Code, and to examine the need of the feminicide 
law by data on the murder of women in the state of Roraima, extracted from the 2015 
Violence Map, and emblematic cases of murder of women by gender in five 
municipalities of Roraima. Therefore, it uses a qualitative methodology, exploratory, 
bibliographical and documentary. First, we analyze the concept of gender violence, 
which is considered a synonym for violence against women, as they are its greatest 
victims, and how the patriarchal culture served to legitimize this kind of violence, in an 
inferiorization process of woman at the male figure, going through an approach of 
national and international laws to combat gender violence. Then, we study femicide 
crime on point, starting from the analysis of its typical requirements and changes in the 
Brazilian Criminal Code. At the end, this study talks about the alarming data on the 
Map of Violence 2015 Murder of women in Brazil, where Roraima figure as the first 
place in the country as the state wich deaths of women by gender most grow, and 
some outstanding cases at the state level. 
 
Keywords: Femicide. Gender violence. Law Femicide. Roraima. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
LISTA DE ILUSTRAÇÕES 
 
Tabela 1 - Homicídio de mulheres, por UF e região. Brasil. 2003/2013 ............. 59 
Tabela 2 - Taxa de homicídio de mulheres (por 100 mil), por UF e região. Brasil. 
2003/20013 ............................................................................................................... 60 
Tabela 3 - Taxas de homicídio de mulheres, por capital e região. Brasil. 2003/2013 
................................................................................................................................... 64 
Tabela 4 - Taxas de homicídio de mulheres (por 10 mil), por capital e região. 
Brasil. 2003/2013 ..................................................................................................... 64 
Tabela 5 - Comparação das taxas de homicídio de mulheres (por 100 mil) nas 
UFs e em suas respectivas capitais. Brasil. 2013 ............................................... 66 
Gráfico 1 - Ordenamento das UFs, segundo taxa de homicídios de mulheres por 
(100 mil). Brasil. 2013 
................................................................................................................................... 59 
Gráfico 2 - Ordenamento das UFs, segundo taxas de homicídio de mulheres (por 
100 mil). Brasil. 2013 
................................................................................................................................... 61 
Gráfico 3 - Crescimento % das taxas de homicídio de mulheres (por 100 mil). 
Brasil. 2003/2013 ..................................................................................................... 61 
Gráfico 4 - Crescimento % das taxas de homicídio de mulheres (por 100 mil). 
Brasil. 2006/2013 ..................................................................................................... 62 
Gráfico 5 - Taxas de homicídio de mulheres (por 100 mil), por UF. Brasil. 2006 e 
2013 .......................................................................................................................... 63 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
INTRODUÇÃO .......................................................................................................... 09 
1 VIOLÊNCIA DE GÊNERO.......................................................................................13