GabaritoListadeExercicioSistemaTributarioNacional

GabaritoListadeExercicioSistemaTributarioNacional


DisciplinaContabilidade e Gestão Tributária II1.438 materiais9.404 seguidores
Pré-visualização4 páginas
/GabaritoListadeExercicioSistemaTributarioNacional.docx
		Disciplina
		
		
		Aluno
		
		
		Professor
		Maria José Arleo Rezende Zampier
		NOTA
		Data
		
		Nº de cópias
		
		
		Avaliação
		Sistema Tributário Nacional
		VALOR
		
		
		
		
		
		
		
Instruções:
Favor justificar suas respostas,
Analise os seguintes impostos: 
1 \u2013 IPTU 2 \u2013 IPVA 3- IOF 4 -ISS 5 - II 
 Na lista acima temos:
Um imposto municipal, dois impostos estaduais e dois federais.
Dois impostos municipais, dois impostos federais e um estadual.
Dois impostos municipais, dois impostos estaduais e um federal.
Três impostos municipais, um federal e outro estadual.
Três impostos municipais e dois federais.
 Analise as seguintes assertivas
1 - Conforme determinado pela Constituição Federal, a União repassa de forma obrigatória aos estados e municípios parte de sua arrecadação com impostos, taxas e contribuições. 
2 - O Distrito Federal tem direito aos impostos estaduais e municipais. 
Pode-se afirmar que:
 As duas afirmativas estão corretas.
 As duas afirmativas estão erradas.
 Apenas a assertiva nº 1 está correta.
 Apenas a assertiva nº 2 está correta.
Sobre divisão de arrecadação, é possível afirmar que:
 A União recebe recursos dos estados e municípios.
 Não há repartição de recursos entre os Entes.
 A União repassa aos estados e municípios, enquanto os estados repassam recursos aos municípios.
 A União repassa recursos apenas aos estados e estes repassam aos municípios.
 Apenas a União e os estados repassam recursos aos municípios.
São considerados tributos sobre o patrimônio:
IPTU, IPVA, ITBI e ITR
IPTU, IPVA, IOF e ITBI
IPTU, ITBI, IOF e ITCDM
IPVA, IR, ITCDM e ITR
ITCDM, ITR, IR e IOF.
ISS, IPI, IPVA e ITBI são, respectivamente, impostos de competência:
Municipal, Federal, Municipal e Estadual
Municipal, Federal, Estadual e Municipal
Municipal, Federal, Estadual e Estadual
Estadual, Municipal, Estadual e Municipal
Estadual, Estadual, Municipal e Municipal
Os estados são obrigados a transferir aos municípios
50% do IPVA e 25% do ICMS
50% do IPVA e 75% do ICMS
50% do ICMS e 25% do IPVA
50% do ICMS, do IPVA e do ITCD
 Apenas 25% do ICMS. 
A Constituição Federal de 1988 autoriza a União a cobrar
Venda ou revenda e importação de combustíveis
Transporte interestaduais e intermunicipais
Serviços de comunicações 
Grandes fortunas
Transmissão de bens imóveis.
Os impostos únicos sobre minerais, combustíveis e energia elétrica, que existiam antes da Constituição de 1988, eram cobrados:
Somente pela União
Pela União e pelos Estados
Somente pelos Estados
Pelos Estados e pelo Distrito Federal
Somente pelos Municípios
O Fundo de Participação dos Municípios representa percentual da arrecadação de IR e IPI que deve ser, obrigatoriamente, destinado aos municípios. Este percentual, atualmente (em 2017), totaliza:
21,5%
22,5%
23,5%
24,5%
25%
 Analise as três assertivas a seguir:
1 \u2013 A União destina mais da metade da arrecadação do IPI para estados e municípios.
2 \u2013 A Desvinculação das Receitas da União (DRU) diz que 30% da arrecadação de impostos, taxas e contribuições sociais e econômicas devem ter destinação livre.
3 \u2013 A CIDE \u2013 Combustíveis é cobrada, arrecadada e fiscalizada pela União, que repassa, obrigatoriamente, 29% aos Estados, e estes transferem 25% do que recebem aos municípios. 
É possível afirmar que:
Estão corretas as assertivas 1 e 2
Estão corretas as assertivas 1 e 3
Estão corretas as assertivas 2 e 3
Há apenas uma assertiva correta
As três assertivas estão corretos.
 O Princípio da anterioridade, em relação apenas a anualidade, se aplica ao:
Imposto sobre Produtos Industrializados
Imposto s/ Operações Financeiras
Imposto de Exportação
Imposto de Renda
 A aprovação de uma Lei Complementar como a definição do fato gerador do imposto de renda, depende de um quórum mínimo no Congresso Nacional para aprovação. Este quórum representa:
Unanimidade
Dois terços
Três quintos
Maioria Simples
Maioria absoluta
Uma Lei que aumente a alíquota da COFINS e seja publicada no Diário Oficial da União no dia 13/ABR/16 deverá entrar em vigor: 
A partir do mês de MAI/2016
A partir do mês de JUL/2016
A partir do mês de AGO/2016
Apenas a partir do 1º dia do mês de JAN/17
Imediatamente
 O princípio constitucional que determina a exigência de lei específica para definição de fato gerador e base de cálculo de um tributo é o princípio da:
Legalidade
Irretroatividade
Reserva de Lei para Anistia
Reserva de Lei Complementar
Isonomia Tributária
Petrobras, 2011 \u2013 A Constituição Federal é a Carta Magna do País que constitui, define e estrutura o Estado de Direito. A Constituição define também a competência tributária de cada ente, apresentando os impostos e contribuições que podem ser criados e cobrados por cada um. Ela prevalece sobre todas as demais leis e só pode ser alterada, exceto para as chamadas cláusulas pétreas, por Emenda Constitucional. Segundo o texto da Constituição, uma Emeda para ser publicada deve ser aprovada por:
Maioria absoluta dos componentes do Senado Federal
Maioria absoluta dos componentes da Câmara Federal
Cinquenta por cento dos componentes de cada uma das casas do Congresso Nacional.
Cinquenta por cento mais um dos componentes de cada uma das casas do Congresso Nacional
Sessenta por cento dos componentes de cada uma das casas do Congresso Nacional.
Representa exemplo de ofensa ao princípio constitucional da isonomia tributária:
O aumento na alíquota da CSLL apenas paras as instituições financeiras e empresas equiparadas, de 9% para 15%.
A cobrança de alíquota de IPVA de 4% para automóveis a gasolina, enquanto os automóveis a álcool pagam 2%
A cobrança da alíquota progressiva no IRPF, cuja tributação é gravada entre 7,5% e 27,5%, conforme a renda líquida tributável.
A cobrança de COFINS em todas as etapas do processo produtivo, sem possibilidade de dedução dos valores pagos anteriormente.
A cobrança de alíquota de 4% de ISS em um município, enquanto o mesmo serviço é tributado em município vizinho com alíquota de 5%.
 A Constituição Federal foi promulgada em 1988 e, desde então, já foi emendada mais de 90 vezes até 2016. A Emenda Constitucional é o único instrumento legal permitido para se proceder a modificações na Constituição. As Emendas podem ser propostas por:
Dois terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou Senado Federal.
Dois terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados e Senado Federal.
Três terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou Senado Federal.
Três terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados e Senado Federal.
Um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados e Senado Federal.
 Cesgranrio- Petrobras Auditor \u2013 2008 A competência tributária envolve não só o poder de fiscalizar e cobrar tributos, mas também o de legislar a respeito. Não tem competência tributária o ente público desprovido de poder legislativo. Assim, a competência tributária, em sentido legal, pertence, exclusivamente,
Á União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios.
Ás Câmaras Estaduais, Municipais e Federais
Ás Unidades Federativas, aos Estados e à União
Aos poderes Legislativo e Judiciário
Aos Estados, aos Municípios e ao Distrito Federal 
 Uma Medida Provisória, publicada no dia 2/NOV/15, que aumente as alíquotas de COFINS e do Imposto de Renda, foi convertida em lei apenas no dia 1º/MAR/16. Em relação à aplicação dos princípios da anterioridade e da noventena, o aumento das alíquotas entrarão em vigor:
A COFINS em FEV/16 e o IR