Buscar

Avaliação - Finanças e gestão tributária

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 18 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 18 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 18 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Finanças e gestão tributária
Qtd. de Questões 20
Nota 9,50
1
As pessoas obrigadas à apuração do resultado pelo lucro real, que optarem pelo pagamento mensal por estimativa, devem apurar o resultado no final do ano-calendário mediante escrituração contábil, elaboração das demonstrações financeiras e demonstração do cálculo do Lucro Real na LALUR.
 
Com base nessas informações, sobre como devem ser considerados os valores pagos do Imposto de Renda, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 São considerados como antecipação do IR devido no encerramento do ano-calendário. Caso o valor apurado seja menor ao apurado pelo Lucro Real, a diferença deve ser paga em quota única até o último dia do mês de março do ano subsequente. Se o valor for maior, a diferença poderá ser compensada com o imposto pago a partir do mês de janeiro do ano subsequente. 
B
 São considerados como antecipação do IR devido no encerramento do ano-calendário. Caso o valor apurado seja menor ao apurado pelo Lucro Real, a diferença deve ser paga em quota única até o último dia do mês de março do ano subsequente. Se o valor for menor, a diferença poderá ser compensada com o imposto pago a partir do mês de janeiro do ano subsequente.
C
 São considerados como antecipação do IR devido no encerramento do ano-calendário. Caso o valor apurado seja maior ao apurado pelo Lucro Real, a diferença deve ser paga em quota única até o último dia do mês de março do ano subsequente. Se o valor for maior, a diferença poderá ser compensada com o imposto pago a partir do mês de janeiro do ano subsequente. 
D
 São considerados como antecipação do IR devido no encerramento do ano-calendário. Caso o valor apurado seja menor ao apurado pelo Lucro Real, a diferença deve ser paga em quota única até o primeiro dia do mês de março do ano subsequente. Se o valor for maior, a diferença poderá ser compensada com o imposto pago a partir do mês de janeiro do ano subsequente. 
2
O planejamento tributário é um direito da empresa e uma ferramenta tão necessária quanto qualquer outra para a sua sobrevivência no mercado.
 
Qual é a relação da economia de impostos com o planejamento tributário? Assinale a alternativa CORRETA:
 
A
  A economia de impostos é uma premissa do planejamento tributário e podem tornar a empresa mais competitiva no cenário nacional e internacional. Para isso, ele precisa ser feito para atender a necessidade da produção e geração da riqueza da empresa, para assegurar condições econômicas de pagamentos de tributos com riscos calculados. 
B
 A economia de impostos é uma premissa do planejamento tributário e podem tornar a empresa mais competitiva no cenário internacional. Para isso, ele precisa ser feito de forma completa e abrangente para assegurar condições econômicas de pagamentos de tributos com riscos calculados.
C
 A economia de impostos é uma premissa do planejamento tributário e podem tornar a empresa mais competitiva no cenário nacional e internacional. Para isso, ele precisa ser feito de forma completa e abrangente para assegurar condições econômicas de pagamentos de tributos com riscos calculados. 
D
 A economia de impostos é uma premissa do planejamento tributário e podem tornar a empresa mais competitiva no cenário nacional e econômico. Para isso, ele precisa ser feito de forma completa e abrangente para assegurar condições econômicas de pagamentos de tributos com riscos calculados.
3
Na área tributária, o termo “Responsável” significa a pessoa que a lei escolhe para responder diretamente pela obrigação tributária e atua como o agente arrecadador do fisco. Desta forma, este é o depositário fiel e, portanto, o responsável direto por esses atos. Com relação à pessoa do “Contribuinte”, há os casos específicos que se encontram abrangidos pelo conceito de contribuintes do IRPJ.
 
Em relação ao contribuinte do IRPJ, classifique V as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
 
( ) As sociedades civis de prestação de serviços profissionais relativos ao exercício de profissão legalmente regulamentada são tributadas pelo Imposto de Renda de conformidade com as normas aplicáveis às demais pessoas jurídicas.
 
( ) As empresas que estejam em processo de falência ou liquidação extrajudicial sujeitam-se às mesmas normas de incidência do Imposto de Renda aplicáveis às pessoas jurídicas.
 
( ) As empresas privadas e as sociedades de economia pura, bem como suas subsidiárias, são contribuintes nas mesmas condições das demais pessoas jurídicas.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
A
 V – V – V.
B
 F – F – V. 
C
 V – F –V. 
D
 V – V – F. 
4
A economia brasileira tem forte influência das atividades e riqueza gerada pelas empresas de micro e pequeno porte, pois desempenham um papel fundamental para o crescimento da nação, pela forte contribuição na geração de empregos e na melhoria de renda e condições sociais da população em geral.
Fonte: ENDEAVOR. Simples Nacional: tudo que você precisa saber. 29 jun 2018. Disponível em: . Acesso em: 20 ago 2021.
 
Em relação aos aspectos do empreendedorismo, o que representa a legislação do Simples Nacional? Assinale a alternativa CORRETA.
 
 
A
 É um regime de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos. Foi criado pela Lei Geral para simplificar a vida do empreendedor de pequeno porte. Ele unifica oito impostos em um único boleto e reduz sua carga tributária.
B
  É um regime de acumulação tributária, cobrança e fiscalização de tributos. Foi criado pela Lei Geral para simplificar a vida do empreendedor de pequeno porte. Ele unifica oito impostos em um único boleto e reduz sua carga tributária.
C
  É um regime de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos. Foi criado pela Constituição Federal para simplificar a vida do empreendedor de pequeno porte. Ele unifica oito impostos em um único boleto e reduz sua carga tributária.
D
  É um regime de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos. Foi criado pela Lei Geral para simplificar a vida do empreendedor de pequeno porte. Ele unifica três impostos em um único boleto e equaliza sua carga tributária com as demais empresas.
5
 O regime tributário relacionado com o lucro presumido é uma modalidade utilizada por várias empresas com o objetivo de facilitar o recolhimento dos tributos sem a necessidade de utilizar a complicada sistemática exigida para apuração do lucro real.
 
Sobre o regime tributário do lucro presumido, classifique V as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
 
( ) O Lucro Presumido é um regime tributário em que a empresa faz a apuração simplificada do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).
 
( ) A Receita Federal presume que uma determinada porcentagem do faturamento é o lucro.
 
( ) Com o percentual de presunção, será necessário comprovar para o fisco se houve ou não lucro no período do recolhimento dos impostos.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
 
 
A
 V – F – V. 
B
 V – V – F. 
C
 V – V – V. 
D
 F – V – F.
6
O objeto da contabilidade tributária é apurar com extrema exatidão o resultado econômico de cada exercício social de forma a atender as exigências da legislação do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro.
 
Considerando essas exigências da legislação, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 A empresa deverá sempre dispor de planilhas ou de anotações que permitam ao fisco auditar, e eventualmente dispor algum tipo de sistema que possa vincular as bases de cálculo do resultado operacional com a apuração devida desses tributos.
B
 A empresa deverá sempre dispor de sistema integrado ao fisco para auditar, sempre que possível, as bases de cálculo do Imposto de Renda e Contribuição sobre o Lucro Líquido, e na falta desses, algum tipo de sistema que possa vincular as bases de cálculo do resultado contábil com a apuração devida desses tributos.
C
 A empresa deverá sempre dispor de planilhas ou de anotações que permitam ao fisco auditar, sempre que possível, as bases de cálculo do Imposto de Renda e Contribuição sobre o Lucro Líquido,e na falta desses, algum tipo de sistema que possa vincular as bases de cálculo do resultado contábil com a apuração devida desses tributos. 
D
  A empresa deverá sempre dispor de planilhas ou de anotações que permitam ao fisco auditar, sempre que possível, as bases de cálculo do Imposto de Renda e Contribuição ao Financiamento da Seguridade Social, e na falta desses, algum tipo de sistema que possa vincular as bases de cálculo do resultado contábil com a apuração devida desses tributos. 
7
O planejamento tributário busca adequar a empresa para uma constante economia tributária. Com isso, surgiu a auditoria tributária com a finalidade de examinar a situação fiscal da empresa e contribuir para a prevenção das fraudes fiscais.
 
Em se tratando de fraudes fiscais, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 Fraude caracteriza qualquer engano malicioso promovido de má-fé, para ocultação da verdade ou fuga ao cumprimento do dever. Ocorre quando o contribuinte tenta impedir ou retardar a ocorrência do fato gerador da obrigação tributária ou modificar suas características essenciais com o objetivo de reduzir o montante do imposto devido. 
B
 Fraude caracteriza qualquer engano malicioso promovido de má-fé, para ocultação da verdade ou fuga ao cumprimento do dever. Ocorre quando o contribuinte tenta impedir ou retardar a ocorrência do fato gerador da obrigação contábil ou registar suas características essenciais com o objetivo de reduzir o montante do imposto devido.
C
  Fraude caracteriza qualquer registro promovido pelas atividades da empresa, para apresentação da verdade ou fuga ao cumprimento do dever. Ocorre quando o contribuinte tenta impedir ou retardar a ocorrência do fato gerador da obrigação tributária ou modificar suas características essenciais com o objetivo de reduzir o montante do imposto devido. 
D
 Fraude caracteriza qualquer engano malicioso promovido pela fé, para ocultação da verdade ou fuga ao cumprimento do dever. Ocorre quando o contribuinte tenta apresentar ou retardar a ocorrência do fato gerador da obrigação tributária ou modificar suas características essenciais com o objetivo de reduzir o montante do imposto devido.
8
Mesmo as empresas (pessoas jurídicas) tributadas nesse regime ficam obrigadas a comprovar as receitas efetivamente recebidas ou auferidas. Desta forma, a escrituração contábil deverá contemplar esses registros, o que em caso de negativa na escrituração, poderá culminar em potencial notificação tributária. Embora não seja tratado como uma sanção, mas de apuração da base de cálculo, o lucro arbitrado não libera a empresa da aplicação das penalidades previstas na legislação.
 
Sobre os fatores que levam ao Arbitramento do Lucro da Pessoa Jurídica, classifique V as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
 
( ) O contribuinte optar indevidamente pela tributação com base no lucro presumido.
 
( ) O comissário ou representante da pessoa jurídica estrangeira escriturar e apurar o lucro da sua atividade separadamente do lucro do emitente residente ou domiciliado no exterior.
 
( ) O contribuinte não mantiver, em boa ordem e segundo as normas contábeis recomendadas, Livro Razão ou fichas utilizadas para resumir e totalizar, por conta ou subconta, os lançamentos efetuados no Diário.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
 
A
 F – V – F. 
B
 F – V – V.
C
 V – F – V. 
D
 V – V – F. 
9
A Contabilidade é a ciência que tem por premissa estudar e praticar as funções de orientação, controle e registro dos atos e fatos de uma entidade econômica. A Contabilidade, então, serve como ferramenta para o gerenciamento do patrimônio da empresa, prestação de contas aos sócios e às autoridades responsáveis pela arrecadação tributária.
Fonte: BRASIL. Código Tributário Nacional. Lei 5.172, de 25 de outubro de 1966. Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de direito tributário aplicáveis à União, Estados e Municípios. Disponível em:
 
 
 
A
 Compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes. 
B
 Compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações empresariais a eles pertinentes.
C
 Compreende as leis, as resoluções e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes. 
D
 Compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes. 
10
A atividade da auditoria inclui a revisão dos cálculos e todos os aspectos relativos ao cumprimento das obrigações acessórias e principais dos tributos diretos e indiretos. O objetivo é certificar-se de que os procedimentos adotados atendem às legislações vigentes.
 
Com base nessas informações, quais são os dois eixos básicos para o roteiro de um programa de auditoria? Assinale a alternativa CORRETA:
 
A
  Execução de procedimentos: os registros das vendas, a época de aplicação e a extensão dos procedimentos de comprovação específicos a serem executados nos livros e documentos. Procedimentos financeiros a serem revistos pela auditoria: são relacionados os tópicos do balanço patrimonial e as principais influências no cálculo do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas. 
B
 Execução de procedimentos: a natureza, a época de aplicação e a extensão dos procedimentos de comprovação específicos a serem executados nos livros e documentos. Procedimentos contábeis a serem revistos pela auditoria: são relacionados os tópicos do balanço patrimonial e as principais influências no cálculo do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas. 
C
 Execução de procedimentos: a natureza, a época de aplicação e a extensão dos procedimentos de comprovação específicos a serem executados nos livros e documentos. Procedimentos comerciais a serem revistos pela gerência: são relacionados os tópicos do balanço das vendas e as principais influências no cálculo do imposto sobre as vendas dos produtos da empresa.
D
 Execução de procedimentos: a natureza, a época de aplicação e a extensão dos procedimentos de comprovação específicos a serem executados nos registros das vendas. Procedimentos contábeis a serem revistos pela gerência: são relacionados os tópicos do balanço patrimonial e as principais influências no cálculo do imposto sobre a renda das pessoas jurídicas.
11
A exportação possui incentivos e a indústria brasileira beneficia-se com a respectiva redução da carga tributária, o que por conseguinte também melhora o saldo da balança comercial brasileira. Assim, as empresas que trabalham com exportação estão contempladas com a isenção de diversos tributos incidentes na venda de mercadorias, a partir do momento em que as destinam ao comércio exterior.
 
Sobre os aspectos relacionados com as vantagens tributárias, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 Sobre as vantagens tributárias nessa operação, há a possibilidade de manter os créditos tributários apropriados para a venda de produtos e demais insumos no mercado Internacional para a produção. 
B
 Sobre as vantagens tributárias nessa operação, há a possibilidade de manter os débitos tributários apropriados para a aquisição de produtos e demais insumos no mercado Internacional para a produção. 
C
 Sobre as vantagens tributárias nessa operação, há a possibilidade de manter os créditos tributários apropriados para a aquisição de produtos e demais insumos no mercado nacional para a produção.
D
 Sobre as vantagens tributárias nessa operação, há a possibilidade de manter os créditos tributários apropriados para a aquisição de produtos e demais insumos no mercado Internacional para a produção. 
12
 O planejamento tributário consiste em adequar a organização da melhor maneira possível a fim de buscar constantemente a diminuição dos custos doempreendimento, desde que os meios sejam lícitos e possíveis juridicamente.
 
Sobre os objetivos do planejamento tributário, classifique V as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
 
( ) Evitar a incidência de um tributo: O melhor do planejamento é quando se evita o pagamento de um tributo. Ou seja, você impede o fato gerador e não há no que se falar de obrigação tributária.
 
( ) Reduzir os valores de recolhimento: É inevitável ter que pagar tributos. O bom é que as escolhas do Planejamento poderão levar a sua empresa em uma situação de redução desses valores de recolhimento, seja com uma redução da alíquota ou na mudança da base.
 
( ) Retardar uma obrigação tributária: Se você conseguiu afastar a incidência, ou ainda reduziu os valores de recolhimento é possível trabalhar com a possibilidade de retardar a obrigação.
 
Assinale a alternativa CORRETA: 
A
 V – V – F. 
B
 F – V – F. 
C
  V – V – V.
D
 V – F – F.
13
É o empreendedor que define qual taxa financeira considerar nos cálculos. Ele conhece a sua condição. E conhece também quais taxas financeiras estão sendo praticadas naquele momento pelo mercado, tanto para emprestar quanto para aplicar dinheiro.
 
Com essas informações, em relação aos fatores que depende do direito ou não aos créditos de tributos e correspondentes percentagens, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 Caso se destine a comercialização, o produto inicial será ou não alcançado pelo IPI?
B
  Os dias de prazo para exceção dos tributos precisam ser periodicamente revisados com o seu prestador de serviços jurídicos.
C
 A que se destina o produto ou mercadoria devolvida (industrialização, revenda ou consumo)? 
D
 Somos empresa que tributa seus resultados pelo lucro real, ou optante pela tributação dos resultados pelo lucro presumido? 
14
É possível afirmar que o Direito e a Contabilidade andam praticamente juntos, e assim são ciências complementares e que precisam acompanhar a evolução das diversas sociedades. Podemos afirmar que o Direito é a ciência das “normas obrigatórias” e essas são as que disciplinam as relações dos seres humanos em sociedade.
 
Portanto, nessa área de estudos, o que é a Jurisprudência? Assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 Jurisprudência é o conjunto de decisões administrativas sem um mesmo sentido proferida pelos tribunais e implica necessariamente em uma variedade, pluralidade de decisões. 
B
 Jurisprudência é o conjunto de decisões judiciais em um mesmo sentido proferida pelos tribunais e implica necessariamente em uma variedade, singularidade de decisões.
C
 Jurisprudência é o conjunto de decisões judiciais em um mesmo sentido proferida pelo Senado Federal e implica necessariamente em uma variedade, pluralidade de decisões. 
D
 Jurisprudência é o conjunto de decisões judiciais em um mesmo sentido proferida pelos tribunais e implica necessariamente em uma variedade, pluralidade de decisões. 
15
Quando nos defrontamos com as operações de circulação de mercadorias e de serviços de transporte intermunicipal e interestadual, logo vem à mente a incidência do imposto chamado de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), e este imposto é de competência dos Estados da Federação brasileira, de acordo com o art. 155, II, da Constituição Federal.
 
Com base nesses aspectos, assinale a alternativa CORRETA:
 
Por ser um imposto estadual, logo, cada Estado deve elaborar suas formas de arrecadação e fiscalização das empresas e definir regras específicas em caso de alguma alteração na legislação, se couber esse aspecto. Porém, há um limite, essas regras que são elaboradas pelos Estados não poderão transcender os aspectos limitativos colocados pela Constituição Federal (1988). 
A
Por ser um imposto estadual, logo, cada Estado deve elaborar suas formas de arrecadação e fiscalização das pessoas físicas e definir regras específicas em caso de alguma alteração na legislação, se couber esse aspecto. Porém, há um limite, essas regras que são elaboradas pelos Estados não poderão transcender os aspectos limitativos colocados pela Constituição Federal (1988). 
B
 Por ser um imposto estadual, logo, cada Estado deve elaborar suas formas de arrecadação e fiscalização das empresas e definir regras específicas em caso de alguma alteração na legislação, se couber esse aspecto. Não há limites, pois as regras que são elaboradas pelos Estados possuem legislação própria.
C
 Por ser um imposto estadual, logo, cada Estado deve elaborar suas formas de arrecadação e fiscalização das empresas e definir regras específicas em caso de alguma alteração na legislação, se couber esse aspecto. Porém, há um limite, essas regras que são elaboradas pelos Estados não poderão transcender os aspectos limitativos colocados pela Constituição Federal (1988). 
D
  Por ser um imposto estadual, logo, cada Estado deve elaborar suas formas de arrecadação e fiscalização das empresas e definir regras específicas em caso de alguma alteração na forma da cobrança, se couber esse aspecto. Porém, há um limite, essas regras que são elaboradas pelos Estados não poderão transcender os aspectos limitativos colocados pela Constituição Federal (1988).
16
Os impostos básicos incidem sobre a venda, renda ou patrimônio e sua magnitude é determinada pela legislação tributária. A tributação e o pagamento dos impostos podem ser classificados em três esferas: federal, estadual ou municipal.
 
Com base nisso, analise a seguir os principais impostos cobrados em cada uma das esferas no Brasil e associe as colunas:
 
I − Imposto Federal.
 
II – Imposto Estadual.
 
III – Imposto Municipal.
 
( ) ITCMD – Imposto sobre transmissões causa mortis e doações de qualquer bem ou direito.
 
( ) ITR – Imposto territorial rural.
 
( ) ITBI – Imposto sobre a transmissão intervivos de bens e imóveis e de direitos reais a eles relativos.
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
 
 
A
 III – II – I. 
B
 II – III – I.
C
 I – III – II. 
D
 II – I – III. 
17
Para um eficaz planejamento tributário, há várias declarações que as empresas deverão encaminhar para o fisco averiguar a veracidade das informações, e assim, evitar possíveis erros na emissão dessas informações.
 
Dessa forma, no que correspondam ao DESTDA, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 Por meio dela se dá o recolhimento do ICMS das diferenças de alíquotas entre os estados e da substituição tributária. 
B
 Trata-se de uma obrigação mensal para micro e pequenas empresas. 
C
  É uma obrigação federal que compõe o Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, a ser enviada pelas empresas na escrituração da contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS.
D
 Ela é enviada anualmente para as empresas que fazem retenção do imposto (IRRF) e opcionalmente as contribuições retidas de seus fornecedores. Contém informações relacionadas aos impostos federais, como IRPJ, IRRF, IPI, CSLL e outros.
18
 Se o aumento do consumo ocorrer, certamente a empresa necessitará empregar mais pessoas por causa do aumento da produção. Este impacto na produção refletirá no aumento do consumo da matéria-prima e seu fornecedor de materiais também irá empregar mais pessoas. Com isso, gera-se o aquecimento da economia unicamente pelo aumento do ciclo do consumo. Isso quer dizer que o valor que a empresa paga do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados é repassado para o preço de venda, portanto, quem paga este imposto de fato é o consumidor final ou contribuinte.
 
Sobre o contribuinte substituto do IPI, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 O papel do contribuinte substituto, que na verdade é a empresa (que apenas repassa para o consumidor final), está relacionado àquele que destaca e adiciona o valor do IPI de forma integrada ao preço de venda, isso porque o valor do IPI entra na composição do mark-up do preço de vendas. Equivale a dizer que o IPI é um imposto devido por quem consome o produto industrializado. 
B
 O papel do contribuinte substituto, que na verdade é a empresa (que apenas repassa para o consumidor final), está relacionado àquele que destaca e adiciona o valor do IPI deforma separada ao preço de venda, isso porque o valor do IPI não entra na composição do mark-up do preço de vendas. Equivale a dizer que o IPI é um imposto devido por quem consome o produto industrializado. 
C
 O papel do contribuinte substituto, que na verdade é a empresa (que apenas repassa para o consumidor final), está relacionado àquele que destaca e adiciona o valor do IPI de forma separada ao preço de venda, isso porque o valor do IPI não entra na composição do mark-up do preço de vendas. Equivale a dizer que o IPI é um imposto devido por quem produz o produto.
D
 O papel do contribuinte substituto, que na verdade é o cliente (que apenas repassa para a empresa tributante), está relacionado àquele que destaca e adiciona o valor do IPI de forma separada ao preço de venda, isso porque o valor do IPI não entra na composição do mark-up do preço de vendas. Equivale a dizer que o IPI é um imposto devido por quem consome o produto industrializado. 
19
A auditoria é uma ferramenta útil para a análise e acompanhamento do trabalho fiscal e tributário de uma organização e tem por finalidade verificar o cumprimento das normas e aproveitar as vantagens oferecidas pelo sistema tributário em vigor.
 
De acordo com as informações apresentadas, em relação ao principal objetivo da auditoria tributária, assinale a alternativa CORRETA:
 
A
 O principal objetivo da auditoria tributária é garantir mais segurança fiscal aos negócios. Para tanto, ela confere aos empresários a oportunidade de enxergar as operações de seus empreendimentos com mais nitidez, apontando tudo aquilo que está certo ou errado; tudo o que pode representar riscos em curto, médio ou longo prazo.
B
  O principal objetivo da auditoria tributária é garantir mais segurança financeira aos negócios. Para tanto, ela confere aos empresários a oportunidade de enxergar as operações de seus empreendimentos com mais nitidez, apontando tudo aquilo que está certo ou errado; tudo o que pode representar riscos na produção em curto, médio ou longo prazo. 
C
  O principal objetivo da auditoria tributária é garantir mais segurança fiscal aos negócios. Para tanto, ela confere aos vendedores a oportunidade de enxergar se a CFOP das operações de vendas está correta, apontando tudo aquilo que pode distorcer a informação tributária nas vendas da empresa; tudo o que pode representar riscos em curto, médio ou longo prazo, inclusive com a perda dos estoques.
D
 O principal objetivo da auditoria tributária é garantir mais segurança fiscal nas emissões das notas fiscais das vendas. Para tanto, ela confere aos empresários a oportunidade de enxergar as operações de seus empreendimentos com mais nitidez, apontando tudo aquilo que está certo ou errado; tudo o que pode representar riscos em curto, médio ou longo prazo.
20
O Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte foi instituído pela Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 e surgiu com a finalidade de simplificar a apuração dos tributos para essas empresas.
 
Sobre as empresas que não podem ser enquadradas nesse regime tributário, classifique V as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
 
( ) Que tenha como sócio da empresa outra pessoa jurídica.
 
( ) Que seja filial, sucursal, agência ou representação, no País, de pessoa jurídica com sede no exterior.
 
( ) Constituída sob a forma de cooperativas, salvo as de consumo.
 
Assinale a alternativa CORRETA: 
A
 V – V – F
B
  F – V – F. 
C
 V – V – V.
D
 V – F – F. .

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes