A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
#100 – Richard “Dick” Grayson   Batman Guide

Pré-visualização | Página 1 de 10

24/11/2017 #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide
https://batmanguide.wordpress.com/2015/04/27/100-richard-dick-grayson/ 1/38
Batman Guide
Guia de leitura para entender o Homem-Morcego!
#100 – Richard “Dick”
Grayson
Postado por Augustus S. em Richard Grayson
“Mudar é sempre mais difícil do que permanecer o
mesmo. É preciso coragem para se encarar no espelho e
ver além do reflexo. Para encontrar o que você deveria
ter sido. O que você perdeu pelos cruéis eventos de
infância. Eventos que pegaram a trajetória natural da
sua vida e a distorceram. Mudar para algo
inimaginável, ou mesmo incrível, te dando a coragem
para abraçar o seu legado, o seu destino.” 
(Richard Grayson)
Esse é um post “diferente” pra mim. Acho que será a
primeira vez que escreverei sem ter uma revista/saga
em foco, apenas o personagem em si. Falar dele, de
tudo que sei e tudo que já li.
Falar dele não é a mesma coisa que falar dos demais
personagens. Os demais podem ser bons também,
mas não “a altura”. Se é pra dar nome aos bois, digo
Tim Drake, Damian Wayne, Jason Todd, Cassandra
Cain, Azrael (Valley e Lane), Jim e Barbara Gordon e
qualquer outro. O único que dentro do universo
morcego tem o “destaque”, participação em vários
grupos de heróis, em revistas que não são as dele e
está na estrada e nas bancas há no mínimo 7 décadas
fora o Batman, é Dick Grayson. 
Pode parecer errado começar a explicar o universo do
Batman e deixar o post do Dick Grayson pra tão…
“tarde”. Até pra nós que escrevemos os textos aqui no
blog isso pareceu errado. Depois de sagas como
“Terremoto
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/2013/03/14/51-
batman-terremoto/)“, “Terra de Ninguém
24/11/2017 #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide
https://batmanguide.wordpress.com/2015/04/27/100-richard-dick-grayson/ 2/38
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/2013/03/27/54-
batman-terra-de-ninguem/)“, “Assassino?/Fugitivo
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/2013/05/04/61-
bruce-wayne-assassino-fugitivo/)“, “Silêncio
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/2012/10/27/35-
batman-silencio-2/)” e até mesmo as dele como
Batman, não tinha como achar que estávamos em
débito com o post dele, mas de fato ainda não era
possível. 
A questão era simples. Ele está presente em
praticamente TUDO, desde o início, então como fazer
um bom texto detalhado sobre ele sem dar centenas
de spoilers? Com o reboot, chegamos ao fim das
histórias do Batman como conhecemos, dando palco
para uma “nova versão” das coisas. E tendo então
encerrado uma época, não há mais nada de novo a se
acrescentar na história do Asa Noturna como
conhecemos (o pré-reboot). Melhor hora impossível.
Apesar de já termos abordado aqui outros
personagens que apareceram bem depois, podem
notar que só foram apresentados no momento
CERTO, onde não seriam necessários spoilers. Não
daria certo colocar esse texto no início do blog se a
intenção é respeitar o máximo possível a cronologia
dos fatos. Como poderíamos falar na íntegra de tudo
que esse personagem “é” e “fez” ao longo de todos
esses anos sem dar spoilers? Impossível. Mas a hora
chegou. 
Dá pra fazer um texto exclusivo sobre cada pedaço
da história dele. Um pro convívio dele com o
Batman, um só pros fatos ocorridos dele como Robin,
outro pros acontecimentos como Asa Noturna, um só
pra Bludhaven, outro só da relação dele com a
Barbara Gordon, um texto sobre a consideração
mútua entre ele e o Superman, outro a respeito dele
com os demais heróis e grupos de heróis como os
Outsiders, os Titãs, Jovens Titãs e até da Liga da
Justiça – sendo que ele já foi líder desses 4 últimos
grupos, que acredito eu serem os quatro maiores e
principais da DC até poucos anos atrás. Lembrando
que alguns desses textos não seriam possíveis nem
com o Batman, pois o Morcego não é lá de muitas
interações.
Se for pra fazer uma lista de tudo que ele já fez, pega
mais de uma página. O cara foi líder dos Titãs, líder
da Liga da Justiça, lider dos Outsiders, já foi Robin, já
substituiu o Batman 2 vezes, é o segundo no comando
do exército dos morcegos, já conquistou Bárbara
Gordon, Starfire, Caçadora, Donna Troy, deixou a
Supergirl na intenção, já ficou entre a vida e a morte
24/11/2017 #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide
https://batmanguide.wordpress.com/2015/04/27/100-richard-dick-grayson/ 3/38
uma porção de vezes , conseguiu o respeito de 3
personagens hiper difíceis do universo DC (Batman,
Damian e Bane)… E a lista continua. 
Ele tem tanta história quanto o Batman. Só pra vocês
se situarem: o Morcego foi criado em 1938, Dick
Grayson em 1940 (mesmo ano do Coringa), e o Jason
Todd (o segundo Robin), só veio aparecer em 1983, ou
seja, 43 anos depois. O que nós estamos fazendo nesse
blog é contar a história do Batman. Já estamos no post
nº 100 e ainda tem MUITA coisa pra vir. Contar
detalhadamente a história do Grayson renderia outro
blog, mas como o Morcego já é trabalho suficiente,
assumi o desafio de “resumir” a história de Dick
Grayson aqui. 
Lembrando mais uma vez que ele já foi Batman
também. Uma vez temporariamente
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/2013/02/25/49-
batman-filho-prodigo/), com o original de olho, e
outra oficialmente, ocupando de fato o cargo mais
alto da família Wayne e da família dos morcegos
durante a “morte” do Bruce
(h�ps://batmanguide.wordpress.com/category/batman
renascido/). Ele foi o foco principal aqui no blog
temporariamente. 
Alguns podem achar que ele é uma mera sombra
mais “divertida” e “social” do Batman, coisa que acho
idiota sendo que o próprio Batman diz que ele é bom
demais para viver na sombra dele. Esse texto é
dedicado a ele que é Asa Noturna, foi Robin e ex-
Batman (nada impede que volte a ser), Richard John
Grayson.
 
Dick Grayson é o Robin mais famoso, sem dúvidas.
Em primeiro lugar devido a ignorância do mundo.
Quase ninguém sequer sabe que o Batman teve mais
de um Robin. Quando se fala em Robin, só lembram
do camarada bobalhão de sunga verde que vive
dizendo “Santa isso, Batman!”, “Santa aquilo,
Batman!”. Segundo, mesmo que soubessem que
24/11/2017 #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide
https://batmanguide.wordpress.com/2015/04/27/100-richard-dick-grayson/ 4/38
existem mais Robins,
o Grayson tem muito
mais influência e
tempo de histórias
que todos os demais
juntos se bobear. 
Mas para contar a
história dele, vamos
começar do início…
Circo Haley? Não.
Circo Haley não foi o
início. O início da
história de Dick
Grayson foi do “lado
de cá” das páginas,
numa conversa
muito real entre Bob Kane e Bill Finger, em 1940. 
Uma das fontes de
inspiração para se criar
o Batman foi Sherlock
Holmes, e uma coisa
que incomodava Bill
Finger é que Batman
não tinha com quem
falar durante as
histórias, nas ruas, na
ação. Sherlock Holmes
tinha um Watson, e o
Batman? Tinha o quê?
Bill estava ficando
cansado de ter sempre
que fazer linhas de
pensamento pessoais
do Batman ao invés de colocá-lo conversando com
alguém. 
Bill Finger queria (com razão) dar um leque novo de
possibilidades na história, quebrar certa monotonia
de ser sempre o Batman pra tudo, e claro, trazer um
personagem mais jovem, com outras opiniões e outras
características, para aproximar leitores mais jovens e
fazer os mesmos se identificarem com o novo
personagem. 
O nome veio da fonte que costuma a ser a primeira
referência que salta na mente, Robin Hood. Então,
enfim, em 1940, nasce Dick Grayson. Agora sim,
vamos para o começo da história do “lado de dentro”
das revistas, o Circo Haley.
Um circo, um simples circo, mas não para nós. Esse
circo conta com a família de acrobatas conhecida
como os Grayson Voadores. John Grayson, Mary
Grayson e Richard Grayson. Você pode ler a história
24/11/2017 #100 – Richard “Dick” Grayson | Batman Guide
https://batmanguide.wordpress.com/2015/04/27/100-richard-dick-grayson/ 5/38
Os Grayson Voadores
clicando aqui

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.