A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
EXERCÍCIOS ÉTICA NA SAÚDE AULAS 1 A 5

Pré-visualização | Página 11 de 12

em saber a idade e endereço dos filhos, mesmo com acesso ao banco.
	
	 
	Ref.: 201804154674
		
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	De acordo com a legislação no Brasil sobre o aborto, marque a opção CORRETA:
		
	
	Provocar o aborto sem o consentimento da gestante é permitido
	
	Se a mulher optar pelo aborto o médico deve seguir o seu consentimento
	
	É permitido provocar aborto com a ajuda de medicamentos ou plantas
	 
	Fica permitido o aborto no caso de gravidez resultante de estupro
	
	É proibido o aborto mesmo que seja para salvar a vida da gestante
	
	
	Ref.: 201803995426
		
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	No que diz respeito ao Aborto o Brasil autoriza legalmente o mesmo em casos de: I ¿ Estupro II ¿ Risco de vida materno III ¿ Qualquer gravidez indesejada Está correto apenas o que se afirma em:
		
	
	III
	 
	I e II
	
	I e III
	
	II e III
	
	I, II e III
	
	 
	Ref.: 201804306719
		
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	O Conselho Federal de Medicina - CFM defendeu, na circular 46/2013, que a interrupção da gravidez seja legal nos casos abaixo: 1. Quando "houver risco à vida ou à saúde da gestante"; 2. Se "a gravidez resultar de violação da dignidade sexual, ou do emprego não consentido de técnica de reprodução assistida"; 3. Se for "comprovada a anencefalia ou quando o feto padecer de graves e incuráveis anomalias que inviabilizem a vida independente, em ambos os casos atestado por dois médicos"; e 4. Se "por vontade da gestante até a 12ª semana da gestação". Considerando a circular nº 46 e os estudos bioéticos sobre o aborto, assinale a única alternativa correta. a) b)
		
	
	As leis brasileiras, incluindo o atual Código Penal, considera a interrupção da gravidez, no caso de risco à saúde da mulher, como ato ilícito.
	
	A circular dá privilégio à autonomia da criança, em detrimento à autonomia da mãe.
	
	Pelo princípio da beneficência, a vontade da gestante de interromper a gravidez é considerada um bem maior do que a vida do feto.
	
	No caso do item 3, a corrente Personalista aceita que ocorra o aborto, já que as crianças que nascem com o problema morrem, na maioria dos casos, logo após o nascimento.
	 
	"Por vontade da gestante", no caso do item 4, se justificam, segundo o CFM, por causa da alta mortalidade de mulheres em abortos clandestinos, apelando para o aspecto social do problema.
	
	 
	Ref.: 201803920851
		
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	No Brasil existem resoluções do CFM que regulam determinados aspectos éticos relacionados à reprodução assistida. São alguns desses aspectos, EXCETO:
		
	
	criopreservação de embriões
	
	maternidade substitutiva
	 
	transplante de órgãos
	
	seleção do sexo da criança
	
	consentimento informado
	
	 
	Ref.: 201803481325
		
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	As questões éticas envolvidas nos procedimentos ligados à reprodução humana abarcam uma série de aspectos, mas seu conceito básico é:
		
	
	O objetivo da reprodução é a barriga de aluguel.
	
	O objetivo da reprodução é escolha de material genético para fins de beleza.
	 
	O objetivo da reprodução é a geração da vida.
	
	O objetivo da reprodução é o aborto.
	
	O objetivo da reprodução é a destruição de gametas.
	
	
	Ref.: 201803481328
		
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	Os frequentes avanços tecnológicos na área da saúde se, por um lado, têm propiciado imensos benefícios para a sociedade, por outro lado, têm também feito surgir novos problemas e questões éticas a serem discutidas e consideradas. Isso implica que:
		
	 
	É preciso ter o cuidado para que os avanços tecnológicos não firam os direitos humanos fundamentais.
	
	As novas tecnologias devem ser avaliadas em função do seu custo/benefício e nunca em função da ética ou de seu valor para a humanidade.
	
	Toda tecnologia tem apenas um lado: um positivo, pois nenhum avanço científico ou pesquisa apresenta riscos para a humanidade.
	
	O que importa nos avanços tecnológicos são os investimentos financeiros e o retorno do capital investido para as grandes empresas: o impacto nos seres humanos não é considerado.
	
	O uso que se faz das novas tecnologias é sempre maléfico e por isso elas não devem ser utilizadas.
	
	 
	Ref.: 201803995430
		
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	Uma mulher de 25 anos foi estuprada. De acordo com a legislação brasileira, ela:
		
	
	Tem o direito de fazer o aborto somente se o bebê for anencéfalo.
	
	Não tem o direito de fazer o aborto, pois já tem mais de 18 anos.
	 
	Tem o direito de fazer o aborto, pois foi estuprada.
	
	Não tem o direito de fazer o aborto, pois o bebê não é anencéfalo.
	
	Não tem direito a fazer o aborto, pois sua vida não está em risco.
	
	
Ref.: 201803920849
		
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	A reprodução assistida é um tema que suscita muitas discussões em sociedade. A esse respeito leia as afirmativas abaixo e marque a resposta correta: I - A partir da década de 90 as sociedades médicas começaram a inserir diretrizes éticas no que se refere às tecnologias de reprodução assistida. II - No Brasil, em 1992, o Conselho Federal de Medicina deu parecer negativo à todas as práticas relacionadas à reprodução assistida. III - A partir do primeiro bebê de proveta, na Inglaterra, as práticas de reprodução assistida se intensificaram em todo o mundo. IV - A fertilização in vitro é uma técnica que só existe na discussão teórica, pois na prática nunca foi realizada. Está correto apenas o que se afirma em:
		
	
	III e IV
	
	II, III e IV
	
	I e II
	
	I, II e IV
	 
	I e III
	
	 
	Ref.: 201803481327
		
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Um casal homoafetivo feminino decidiu que um bebê seria muito bem vindo à família, e para isso optou por reprodução assistida através de doação de sêmen. No Brasil, a legislação:
		
	
	Autoriza que mulheres com problemas para engravidar se utilizem de técnicas de reprodução assistida, o que não é o caso do casal em questão.
	
	Autoriza adoção apenas para casais homoafetivos masculinos e exclui a possibilidade de reprodução assistida para casais homoafetivos femininos, oque impede o casal em questão de ampliar a família.
	 
	Autoriza que mulheres utilizem sêmen doado para gestação independente da existência de vínculo familiar formal.
	
	Autoriza somente famílias com união formal a se utilizarem de técnicas de reprodução assistida.
	
	Autoriza apenas a adoção para casais homoafetivos femininos e masculinos, excluindo qualquer tipo de técnica de reprodução assistida, mesmo que para mulheres independentes.
	
	 
	Ref.: 201803358558
		
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Paula sofre com o fato de estar tentando engravidar há três anos sem sucesso. Então, resolveu recorrer à doação de gametas para engravidar. A questão da doação de gametas, por exemplo, é indicada para casos de casais inférteis ou no caso de que um dos membros possua doença genética transmissível para os descendentes. A Resolução CFM 1358/92 institui que, além de gratuita, a doação deve preservar o anonimato entre receptores e doadores. O argumento principal é de que:
		
	
	com este procedimento o pai poderia solicitar pensão alimentícia.
	
	hoje as mulheres são independentes e têm condições de arcar com todas as despesas de um filho.
	
	a mãe não precisa de um pai para criar seu filho.
	
	O pai pode e deve saber para quem doou o seu gameta.
	 
	este procedimento evitaria problemas futuros relativos às situações emocionais e legais com repercussões no desenvolvimento psicológico da criança.
	
	 
	Ref.: 201803995427

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.