Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Tópicos para prova de antropologia

Pré-visualização|Página 1 de 7

T ópicos para prov a de antropologia
Antropo logia Cul tural:
- es tuda as diferenças e s em elhanças , origem e história, evoluç ão e
desenvolvim ento, estrutura e funcionam ento das culturas em qualquer lugar e
tem po
Conc eito de Cultura:
- do m aterial do prof: toda aç ão hum ana na natureza e com a natureza é
c ultura, refere-s e às form as de vida dos mem bros de um a s ociedade ou de
grupos dentro da s oc iedade
- há disc ordânc ias quanto à definiç ão, m as alguns s ão: é o com portamento
aprendido, o o com portamento m as a abstração do c omportam ento e
c onsis te em iias e outros ambos
- para Ralph Lint on: c ons is te na s oma total de idéias , reaç ões em oc ionais
c ondic ionadas a pades de c omportam ento habitual qu e seus m em bros
adquiriram por m eio da ins truç ão ou im itaç ão e de q ue todos , em maior ou
m enor grau, participam. No geral s ignifica a heranç a s oc ial total da
humanidade e no es pec ífico um a determinada var iante d a herança soc ial
Etnoc entris m o:
- supervaloriz aç ão da própria c ultura em detrim ento as dem ais que pode s er
m anifes tado por com portamento agress ivo ou em atitudes de s uperiorid ade ou
a de hos tili dade. Porém , apres enta um aspec to positivo, pois s eus
integrantes pas s am a c ons iderar e ac eitar o s eu modo de vida c om o o m elhor,
o m ais s audável, o que fa vorec e o bem es tra indivi dual e a integr ão s ocial
Clas s ificaç ão da cultura:
- mater ial: c ons is te em c oisas m ateriais , bens produzidos, inc luindo
instrumentos , artefatos e outros objetos materiais , frutos da c riaç ão hum ana e
resultante de determ inada tec nologia
- imate rial: ref ere-s e a elem entos da cultura, que n ãom subs ncia m aterial.
Valores espiritua is , morais, com o as c renç as , normas , bitos, c ujos
s ignific ados s ão adotados e pratic ados pelo conjunto d e grupos s ociais em
c ada soc iedade

- re al: é aquela em que, c onc retam ente, todos os m em bros de um a s oc iedade
praticam ou pens am em s uas atividades c otidianas , s ejam de ordem m aterial
ou espiritual
- ide al: cons is te em um c onjunto de com portamentos que, embora expres s os
verbalm ente com o bens , perfeitos , para o grupo, nem s empre s ão
freqüentem ente pratic ados
Relativism o cultural:
- os indiv íduos são ac ondic ionados a um m odo de vida espec ífic o e particular,
por m eio do proc es s o de endoculturação adquirind o seus pprios s is tem as de
valores e a s ua própria integrid ade cultural, ou seja oq eu é ac eitável para um a
c ultura pode não s er a outr a
Es trutura da Cultura:
- traços culturais: os m enores elem entos que perm item a desc riç ão de um a
c ultura
- complexos culturais : c onjunto de traços ou grupo de traç os as s ociados que
form am um todo funcional ou a inda um grupo de carac tes tic as c ulturais
interliga das enc ntrado em um a área cultural
- padrõe s culturais: c ontornos adquiridos pelos elem entos de um a c ultura,
c oinc idênc ias dos padrões individuais de conduta m anifes tos pelos m em bros
de uma soc iedade, que dão a o modo de vi da es s a c oerênc ia, c ontinuidade e
form a diferenc iada
- configuração cultural: i ntegraç ão dos diferent es traç os e c om plexos de um a
c ultura, c om s eus valores m ais ou m enos c oerentes que lhe o u nidade
- áre as culturais: territórios geog fic os onde as c ulturas s e ass em elham
- subcultura: var iação da c ultura tota l, pod e ser cons iderada com o um m eio
peculiar de vi da de um grupo menor den tro de uma sociedade m aio r
- tipos: Folks wa ys (pa drões não obrig atórios de com portam entos soc ial
exterior cons tituem os m odos c oletivos de c onduta, convenc ionais ou
es ponneos , rec onhecidos e ac eitos pela soc iedade c omo c onvenç ões e
normas de etiqueta), M ore s (norm as m oralmente s anc ionadas com vigor,
c onstituem um c om portam ento imperativo tido c om o des evel pelo grupo
apes ar de restringir e lim itar a c onduta) e Le is (regras de c omportam ento
form uladas deliberadam ente e impos tas por uma autoridade espec ial )

Dinâm ica Cultural
- Difuo Cultural: proc es s o em que os elementos ou c omplexos c ulturais s e
difundem de um a s oc iedade a outra
- Aculturação: é a f usão de duas culturas diferentes que, e ntrando em contato
c ontínuo, originam m udanç as nos padrões da c ultura de am bos os grupos
- A ac ulturaç ão, por s ua vez , s e divi de em assim ilação que s ignif ica adoç ão de
um elem ento c ultural de outra c ultura, o sincretism o que pode ser vis to com o
fus ão direta de do is elem entos c ulturais alogos (c renças e ptic as ), de
c ulturas dis tintas ouo e, por fim, a tr ansculturação, troc a de elem entos
entre s ociedades diferentes .
- Endoculturação: proc es s o de “aprendiz agem e educ aç ão em um a c ultura
desde a infânc ia”
A c ultura erud ita
diz res peito ao pla no da es c rita e da l eitura, d o saber univ ers itário, dos
debates , da teoria e do p ensam ento c ientific o.
A c ultura pop ular
é a produç ão espontânea de um pov o na s ua vi vênc ia c otidian a, express ões ,
c onforme a área produzida, transm itidas pela oralid ade
OBS: lembrar q c ai os c onc eitos de tabu, intensificaç ão (quando s e s uplic a a
benevol ência dos s eres espirituais ), ritos de pass agem e iniciaç ão.
Ide ntidad e legi tim adora:
- introduz ida pel as ins tituições dominantes da soc iedade no intuit o de ex pandir
e rac ionaliz ar s ua dom inaç ão em relação aos atores soc iais
Ide ntidad e de resistênc ia:
- criada por atores que se enc ontram em pos iç ões /c ondições des valorizadas
e/ou estigm atiz adas pela lógic a da d om inaç ão, c onstruindo, ass im , trincheiras
de resis nc ia e sobrevivência c om base em princípios diferentes dos que
permeiam as ins tituiç ões da s oc iedade, ou mesm o opos tos a es tes últim os

Quer ver o material completo? Crie agora seu perfil grátis e acesse sem restrições!