A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
118 pág.
historia colonial

Pré-visualização | Página 4 de 14

I- Enquanto as capitanias receberam poderes soberanos, os governadores estariam submetidos diretamente ao controle metropolitano.
II-O Governo Geral foi criado buscando superar os obstáculos encontrados com o sistema anterior.
III-O Governador Geral não tinha autorização para doar sesmarias, apenas os donatários.
IV-O Regimento do governador geral determinava que este fizesse aliança com os índios e desse auxílio em sua catequese.
Marque a alternativa que demonstra quais afirmativas estão corretas.
	
	
	
	 
	I, II e III.
	
	
	I e III.
	
	
	I e II
	
	
	I, III e IV.
	
	
	I, II e IV
	
	Gabarito Coment.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		3.
		Com o objetivo de vencer as dificuldades enfrentadas pelas capitanias e centralizar a administração D. João III criou em 1548:
	
	
	
	 
	as Capitanias Hereditárias;
	
	 
	o Governo Geral;
	
	
	as Capitanias Gerais;
	
	
	o Governo Dual;
	
	
	o Capitão Donatário.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		4.
		"Mais fácil é vir de Lisboa recado a esta capitania que da Bahia."
Padre Manuel da Nóbrega
Citado por FAUSTO, Bóris. História do Brasil. SP:Edusp, 2007 p. 47
A afirmação de Nóbrega refere-se as enormes distâncias existentes entre as capitanias e a dificuldade em manter uma comunicação entre elas, um dos principais problemas
	
	
	
	 
	das feitorias, administradas por Tomas Coelho
	
	
	das capitanias, administradas por Fernão de Loronha
	
	
	do sistema de feitorias, estabelecido por Mem de Sá
	
	 
	do Governo Geral, estabelecido por Tomé de Sousa
	
	
	das intendências, administradas por Duarte da Costa
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		5.
		Ao estimular o povoamento em terras brasileiras e para controlar as Capitanias Hereditárias, a Coroa portuguesa criou, em 1549, o cargo de governador geral. Sobre esse cargo é correto afirmar que:
	
	
	
	 
	Tomé de Souza, primeiro governador geral do Brasil, era subordinado aos capitães donatários, representantes da coroa.
	
	 
	Era a principal autoridade lusitana no Brasil, subordinada ao Rei.
	
	
	Não estava submetido ao controle direto do Rei.
	
	
	O cargo de governador geral era o exemplo da descentralização política portuguesa para com a colônia.
	
	
	Fora um cargo criado para controlar o tráfico negreiro da colônia.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		6.
		A única forma de ocupação do Brasil por Portugal era através da colonização. Era necessário colonizar simultaneamente todo o extenso litoral. Essa colonização dirigida pelo governo português se deu através da:
	
	
	
	
	sistema de parceria
	
	 
	criação e distribuição de sesmarias
	
	
	criação do sistema de governo geral
	
	 
	criação das capitanias hereditárias
	
	
	doação de terras a colonos
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		7.
		No Brasil, devido à falta de recursos humanos para o inicio da exploração e do povoamento, Portugal, depois das feitorias, lançou mão de um sistema que já havia utilizado em outras colônias. Esse sistema era:
	
	
	
	
	Fidalguia.
	
	 
	Capitanias Hereditárias.
	
	
	Morgadio.
	
	
	Primogenitura.
	
	
	Meação.
	
	
	
		
	
		8.
		Sobre o processo de colonização do Brasil. Julgue os itens a seguir e assinale a alternativa correta. 
I) Portugal iniciou a posse da terra 30 anos após a sua descoberta por temer perder o território para holandeses e franceses. 
II) Para colonizar a região, foi necessário montar uma estrutura colonial que pudesse atuar aqui e manter a ordem para a metrópole. 
III) Montou-se uma administração colonial capaz de manter lucro para metrópole e estimular o crescimento da colônia de forma ascendente. 
IV) No início da colonização, buscou-se imediatamente mão-de-obra externa pois não havia o suficiente no novo território. 
V) A colonização do novo território português se inseriu em um processo de afirmação da metrópole dentro de uma política mercantilista. 
Estão corretas as afirmativas:
	
	
	
	 
	I, III e V
	
	 
	I, II e V
	
	
	I, II e III
	
	
	I, II e IV
		1.
		A União ibérica trouxe algumas consequências negativas para Portugal, como a proibição de negociar com a Holanda, rival histórica da Espanha. Como a burguesia holandesa perdeu muito dinheiro com a proibição, a Companhia das Índias Ocidentais resolveu invadir o Brasil. Sobre esse período, podemos dizer que:
(I) Invadiram a Bahia em 1624-1625, mas não obtiveram sucesso.
(II) Estavam interessados em todo o litoral do Brasil, mas só conseguiram invadir o Nordeste açucareiro pela fragilidade militar do local.
(III) Maurício de Nassau, governante holandês, trouxe inúmeros benefícios para o Nordeste.
 Estão corretas as alternativas:
	
	
	
	
	I e II;
	
	
	Apenas a III;
	
	 
	II e III;
	
	
	Apenas a II.
	
	 
	I e III.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		2.
		No século XVI inicia-se uma crise de sucessão do trono português. O então rei D. Sebastião procurou fazer uma verdadeira cruzada no Marrocos, no entanto, na batalha Alcácer-Quibir em 1578, o rei de Portugal desapareceu, dando origem a crise sucessória no trono de Portugal. Então, no período de 1580 até 1640 Portugal e Espanha, por possuírem o mesmo rei, configuraram o período conhecido como:
	
	
	
	 
	União da Península Ibérica.
	
	
	União Imperial;
	
	
	União Cibernética;
	
	
	União das Nações Ibéricas;
	
	 
	União Ibérica;
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		3.
		Os holandeses invadiram o Brasil com o objetivo de:
	
	
	
	 
	expandir o calvinismo nas colônias portuguesas
	
	
	recuperar o mercado de metais preciosos, perdido pela fragmentação de Portugal.
	
	
	defender o seu monopólio de tráfico de escravos africanos
	
	 
	romber o bloqueio comercial com o Brasil imposto pela Espanha em função da União Ibérica.
	
	
	iniciar o comércio de especiarias com os portugueses
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		4.
		Em 1624, os holandeses tentaram tomar Salvador, mas foram expulsos. Em 1630, os holandeses retornaram e conseguiram tomar a capital de Pernambuco, na época, Olinda. Assinale, dentre as respostas abaixo, aquela que melhor explica invasão:
	
	
	
	 
	A invasão holandesa a Pernambuco estava inserida nas disputas entre países europeus geradas pela Guerra dos 30 Anos, na Europa.
	
	
	A invasão holandesa à Olinda está relacionada à amizade entre a Holanda e a Inglaterra que, por esse motivo, apóia a invasão holandesa com vistas nos lucros que o açúcar pernambucano traria a ambos os países.
	
	
	Estava ligada às Guerras Religiosas na Europa uma vez que a Holanda, budista, estava em luta pela sua independência com a Espanha, católica.
	
	
	A invasão holandesa está relacionada às relações que Portugal mantinha com a Inglaterra, inimiga da Holanda.
	
	 
	A invasão holandesa está ligada à decisão de Felipe II, da Espanha, de proibir que Portugal e suas colônias negociassem açúcar com a Holanda.
	
	Gabarito Coment.
	
	
	
		
	
		5.
		Durante o período colonial, quando da montagem e desenvolvimento da agroindústria açucareira no Brasil, os portugueses desenvolveram tal atividade em associação com comerciantes holandeses. Sobre o papel exercido pelos holandeses na atividade açucareira, pode-se afirmar que:
	
	
	
	 
	Os holandeses, associados aos colonos brasileiros, forneciam os gêneros alimentícios complementares que ofereciam