Princípio da liberdade das partes no processo - Resumo
1 pág.

Princípio da liberdade das partes no processo - Resumo

Pré-visualização1 página
1
Processo Civil - Resumo
PRINCÍPIO DA LIBERDADE DAS PARTES
NO PROCESSO
Dispõe às p artes um c onjunto de faculdades d as quais pod em desfrut ar no
processo, omit indo-se ou atuand o quando e com o quiser, observ ando o
procedimen to a ser seg uido para c ada ato pr ocessual. É d ecorrente d o art. 5º, c aput,
da CF/88 qu e dá a garan tia geral de liberdade.
“Art. 5º Tod os são igua is perante a l ei, sem distin ção de qu alquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros re sidentes no País a
inviolabilida de do direit o à vida, à liberdade, à igu aldade, à segurança e à
propriedade , nos termos segu intes: (...)”
Ressalta-se que esse pri ncípio pode sofrer mitig ações em prol pelo interes se
público, não sendo absoluto. Um exemplo, é nos casos de imposição de prazos,
previsão de formas, determ inação de loc ais e punições p ara os casos de litigânci a de
-fé.