8) Construindo uma curva de titulação ácido forte e base forte
11 pág.

8) Construindo uma curva de titulação ácido forte e base forte

Disciplina:Química Analítica Aplicada72 materiais1.626 seguidores
Pré-visualização1 página
1

QUÍMICA ANALÍTICA APLICADA - QUI 0111

Profa. Nedja Suely Fernandes

2014.1
Natal/RN

CONSTRUINDO UMA CURVA DE TITULAÇÃO DE UM
ÁCIDO FORTE E UMA BASE FORTE

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 2

CONSTRUÇÃO DAS CURVAS DE TITULAÇÃO

 As curvas de titulação, no caso das reações de

neutralização, são obtidas tomando-se os valores de pH

da solução em função do volume do titulante ou da fração

titulada.

 Nestes cálculos admite-se que a reação entre o ácido e a

base é completa e considera-se a solução resultante como

uma mistura do ácido ou da base em excesso e de um sal

formado.

2

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 3

TITULAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE NaOH e HCl

TITULANTE

TITULADO

Solução de NaOH
0,100 mol/L

Solução de HCl
0,100 mol/L

INDICADOR

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 4

CONSTRUÇÃO DAS CURVAS DE TITULAÇÃO

 Calcular o pH antes da adição de NaOH

 Calcular o pH antes do ponto de equivalência

 Calcular o pH no ponto de equivalência

 Calcular o pH após o ponto de equivalência

3

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 5

TITULAÇÃO ÁCIDO FORTE-BASE FORTE

• Considere a adição de uma base forte (por exemplo, NaOH) a

uma solução de um ácido forte (por exemplo, HCl).

– Antes de qualquer base ser adicionada, o pH é dado pela

solução do ácido forte. Portanto, o pH < 7.

– Quando a base é adicionada, antes do ponto de

equivalência, o pH é dado pela quantidade de ácido forte em

excesso. Portanto, pH < 7.

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 6

 No ponto de equivalência, a quantidade de base adicionada é

estequiometricamente equivalente à quantidade de ácido

originalmente presente. Portanto, o pH é determinado pela

ionização da água. Portanto, pH = 7 a 25 oC.

• Sabemos que o pH no ponto de equivalência é 7,00.

• Para detectar o ponto equivalência, usamos um indicador que

muda de cor quando próximo a 7,00.

TITULAÇÃO ÁCIDO FORTE-BASE FORTE

4

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 7

• O ponto de equivalência em uma titulação é o ponto no qual o

ácido e a base estão presentes em quantidades

estequiométricas.

• O ponto final em uma titulação é o ponto observado.

• A diferença entre o ponto de equivalência e o ponto final é

chamada de erro de titulação.

• Inicialmente, o ácido forte está em excesso, logo o pH < 7.

TITULAÇÃO ÁCIDO FORTE-BASE FORTE

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 8

• À medida que a base é adicionada, o pH aumenta, mas ainda é

menor que 7 devido o excesso de ácido.

• No ponto de equivalência, o pH é dado pela solução do sal

(neste caso, o pH = 7) devido a ionização da água.

• Após o ponto de equivalência, o pH é dado pela base forte em

excesso, logo, o pH > 7.

TITULAÇÃO ÁCIDO FORTE-BASE FORTE

5

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 9

Considere-se a titulação de 50,0 mL de solução de HCl
0,100 mol/L com uma solução de NaOH 0,100 mol/L.

V NaOH (mL) pH V NaOH (mL) pH

0 1,0 50,1 10,0

10 1,2 50,5 10,7

20 1,4 51 11,0

25 1,5 52 11,3

30 1,6 55 11,7

40 2,0 60 12,0

45 2,3 70 12,2

48 2,7 75 12,3

49 3,0 80 12,4

49,5 3,3 90 12,5

49,9 4,0 100 12,5

50,0 7,0

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 10

CURVA DE TITULAÇÃO (ÁCIDO FORTE/BASE FORTE)

6

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 11

HClC ]O[H3 

a) Antes da titulação ser iniciada (Vb = 0 mL)

mol/L 0,100 C HCl 

mol/L 0,100 ]O[H3 

0,100 log - pH 1,00 pH

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 12

b) Após a adição de 25,0 mL de NaOH (Vb = 25
mL)

V

HCln
C

*

HCl 

nNaOH - nHCl HCln* 

HCl
nHCl - nNaOH

C
V



n* = número de mols de HCl que restou sem
reagir

V = volume total da solução

7

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 13

HCl
VaMa - VbMb

C
Va + Vb



nHCl = VaMa

 nNaOH = VbMb

V = Va + Vb

HClC ]O[H3 
Considerando

3

VaMa - VbMb
[H O ]

Va + Vb

 

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 14

2
3[H O ] 3,33 x 10 mol/L 

3

3

3

(50,0 x 0,100 - 25,0 x 0,100) x 10
[H O ]

(50,0 + 25,0) x 10







pH 1,48

8

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 15

c) Após a adição de 50,0 mL de NaOH (Vb = 50
mL)

VaMa VbMb

PONTO DE EQUIVALÊNCIA

nNaOH nHCl

NaCl

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 16

250,0 x 0,100[Na ] [Cl ] = = 5,00 x 10 mol/L
100,0

  

3[H O ] = [OH ] 

PONTO DE EQUIVALÊNCIA

IONIZAÇÃO DA ÁGUA

9

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 17

14
3[H O ] x [OH ] = 1,0 x 10  

2 14
3[H O ] = 1,0 x 10 

7
3[H O ] = 1,0 x 10 mol/L 

pH 7,00

a 25 oC

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 18

d) Após a adição de 75,0 mL de NaOH (Vb = 75
mL)

*

NaOH
n NaOH

C
V



NaOH[OH ] C 

n* = número de mols de NaOH que restou sem reagir

V = volume total da solução

*n NaOH nNaOH - nHCl

10

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 19

NaOH
nNaOH - nHCl

C
V



NaOH
VbMb - VaMa

C
Va + Vb



VbMb - VaMa
[OH ]

Va + Vb

 

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 20

NaOH
nNaOH - nHCl

C
V



NaOH
VbMb - VaMa

C
Va + Vb



VbMb - VaMa
[OH ]

Va + Vb

 

11

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 21

2[OH ] 2,00 x 10 mol/L 

3

3

(75,0 x 0,100 - 50,0 x 0,100) x 10
[OH ]

(75,0 + 50,0) x 10







pOH 1,70 pH 12,30

Profa. Nedja Fernandes IQ/UFRN 22

DEVER DE CASA

 UTILIZANDO O EXCEL, CONSTRUA A CURVA DE

TITULAÇÃO (ÁCIDO FORTE-BASE FORTE) A PARTIR DOS

DADOS DA TABELA.