A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Questionário Unidade 3 Planejamento Contábil Tributário

Pré-visualização | Página 1 de 2

Pergunta 1
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a. 
$ 230.800.
	Respostas:
	a. 
$ 230.800.
	
	b. 
$ 199.600.
	
	c. 
$ 242.560.
	
	d. 
$ 215.200.
	
	e. 
$ 154.800.
	Feedback da resposta:
	
 
A empresa pode fazer a opção pelo recolhimento tanto do imposto de renda como da contribuição social sobre o lucro líquido, utilizando os percentuais aplicáveis sobre as receitas tributáveis e fazendo o ajuste por ocasião do levantamento do Balanço Patrimonial Anual. Os percentuais aplicáveis para determinação da base de cálculo são os mesmos utilizados pelas empresas tributadas pelo lucro presumido.
	
	
	
Pergunta 2
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
$ 524.000.
	Respostas:
	a. 
$ 192.000.
	
	b. 
$ 444.000.
	
	c. 
$ 252.000.
	
	d. 
$ 440.000.
	
	e. 
$ 524.000.
	Feedback da resposta:
	
	
	
	
Pergunta 3
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Considere as seguintes informações, em 30.06.X1 de uma empresa tributada pela apuração Trimestral do Lucro Real:
Lucro Líquido antes do Imposto de Renda: $ 200.000
Resultado Positivo de Equivalência Patrimonial: $ 20.000
Provisões para Ajustes a Valores de Mercado: $ 50.000
Despesas de Depreciação de imóveis alugados: $ 80.000
 
A Base de Cálculo do IR, ao final do trimestre, com base nos dados acima será:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
$ 310.000,00
	Respostas:
	a. 
$ 200.000,00
	
	b. 
$ 310.000,00
	
	c. 
$ 217.000,00
	
	d. 
$ 230.000,00
	
	e. 
$ 161.000,00
	Feedback da resposta:
	
	
	
	
Pergunta 4
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Considere que uma empresa tenha optado pela apuração do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido pelo Lucro Real anual com recolhimentos mensais por estimativa.
Ao final de cada exercício, a empresa deve: 
 
I - fazer a apuração do lucro real no Livro de Apuração do Lucro Real, no qual procederá às adições e exclusões ao lucro ou prejuízo contábil, bem como as compensações de prejuízos fiscais anteriores, respeitado o limite de 30%.
II - calcular e contabilizar o valor do Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, observado as alíquotas vigentes para cada tributo. Para o Imposto de Renda de 15% mais Adicional de 10% que ultrapassar $ 240.000,00 no ano ou $ 20.000,00 mensais.
III - compensar o valor do Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro pago por pago mensalmente com base nos balancetes mensais. (Estimativa Monitorada)l.
Está correto o afirmado em
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
I, II e III.
	Respostas:
	a. 
I, somente.
	
	b. 
I e II.
	
	c. 
II e III.
	
	d. 
I, II e III.
	
	e. 
I e III.
	Feedback da resposta:
	Resposta: D
Comentário: Todas as afirmativas estão corretas. Quando a empresa faz a escolha da tributação com base no Balanço Patrimonial levantado anualmente, procederá todas as adições e exclusões ocorridas nos meses de janeiro a dezembro, momento que recolhia os impostos com base nos balancetes mensais (estimativa monitorada). 
Determinado o Lucro Real Anual, a empresa calculará o IRPJ a razão de 15% e o adicional de 10% sobre o valor que exceder o Lucro Real em $ 240.000, 00. 
Compensando as antecipações feitas ou pagas por estimativas dos meses de janeiro a novembro.
	
	
	
Pergunta 5
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	A empresa AMÉRICA S.A. tributada pelo Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido pelo Lucro Real Trimestral. No último trimestre obteve-se as seguintes informações:
 
Lucro Líquido do exercício: $ 70.000
Dentre as despesas estão escriturados os seguintes valores:
Depreciação de imóveis alugados: $ 2.000
Provisão para Contingências (enchentes que poderão ocorrer no mês de março de exercício seguinte); $ 18.000.
Perdas decorrentes de créditos com clientes não liquidados que excederam aos permitidos por Lei: $ 8.000.
Dividendos de participações societárias: $ 30.000
O valor de Prejuízos Fiscais compensáveis alcança a importância de $ 40.000
 
De acordo com as informações, o IR sobre o lucro Líquido a Pagar, será:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
$ 6.300
	Respostas:
	a. 
$ 5.040
	
	b. 
$ 3.690
	
	c. 
$ 3.528
	
	d. 
$ 5.880
	
	e. 
$ 6.300
	Feedback da resposta:
	
	
	
	
Pergunta 6
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Assinale a alternativa incorreta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c.
O Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) é de escrituração facultativa, desde que a pessoa jurídica opte ou esteja obrigada à tributação com base no Lucro Real.
	Respostas:
	a. 
O Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) é composto de duas partes, ou seja, Parte A e Parte B.
	
	b.
O Lucro Real corresponde ao Resultado Líquido do período-base, antes de computada a provisão para o imposto de renda, ajustado por adições, exclusões e compensações, prescritas ou autorizadas pela legislação tributária.
	
	c.
O Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) é de escrituração facultativa, desde que a pessoa jurídica opte ou esteja obrigada à tributação com base no Lucro Real.
	
	d. 
O Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) não é obrigatório para a pessoa jurídica optante pelo Lucro Presumido.
	
	e. 
As sociedades cujas atividades sejam Bancos Comerciais não podem optar pela tributação com base no Lucro Presumido.
	Feedback da resposta:
	Resposta: C
Comentário: A escrituração do Livro de Apuração do Lucro Real é obrigatória para as empresas optantes pelo lucro real, pois necessita evidenciar mês a mês as adições e exclusões prescritas na legislação tributária sobre as despesas não dedutíveis e receitas não tributáveis. Essas adições é que são denominadas diferenças temporárias e diferenças permanentes.
	
	
	
Pergunta 7
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Considere as seguintes informações, em 30.06.X1 de uma empresa tributada pela apuração Trimestral do Lucro Real:
Lucro Líquido antes do Imposto de Renda: .......... $ 200.000
Dividendos Recebidos:............................................ $ 20.000
Provisões para Ajustes a Valores de Mercado:......... $ 50.000
Despesas de Depreciação de imóveis alugados:.......$ 80.000
Prejuízos Fiscais acumulados até 31.03.X1 ........... $ 100.000
 
A Base de Cálculo do IR, ao final do trimestre, com base nos dados acima será:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
$ 217.000,00
	Respostas:
	a. 
$ 200.000,00
	
	b. 
$ 310.000,00
	
	c. 
$ 217.000,00
	
	d. 
$ 230.000,00
	
	e. 
$ 161.000,00
	Feedback da resposta:
	
	
	
	
Pergunta 8
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	Considere as seguintes informações, em 30.06.X1 de uma empresa tributada pela apuração Trimestral do Lucro Real:
 
Lucro Líquido antes do Imposto de Renda: $ 400.000
Dividendos Recebidos l: $ 20.000
Provisões para Ajustes a Valores de Mercado: $ 50.000
Despesas de Depreciação de imóveis alugados: $ 80.000
Base Negativa de CSLL até 31.03.X1: $ 180.000
 
Com base nas informações a Contribuição Soca devida pela empresa, em 30.06.X1, será:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
$ 32.130,00
	Respostas:
	a. 
$ 38.700,00
	
	b. 
$ 34.500,00
	
	c. 
$ 32.130,00
	
	d. 
$ 36.000 ,00
	
	e. 
$ 45.900,00
	Feedback da resposta:
	
	
	
	
Pergunta 9
0,4 em 0,4 pontos
	
	
	
	De acordo com o art. 57 da Lei nº 8.981/95, aplicam-se à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) as mesmas normas de apuração e de pagamento estabelecidas para o Imposto de Renda (IR).  Desta forma, além do IRPJ, a pessoa jurídica, optante pelo Lucro Real, Presumido e Arbitrado, deverá recolher a CSLL também pela forma escolhida.
Com relação à CSLL, avalie as afirmativas a seguir:
I. As pessoas jurídicas que forem obrigadas ao regime de tributação com base