A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE

Pré-visualização | Página 1 de 1

ATENÇÃO PRIMÁRIA À 
SAÚDE 
PROFª.ESP. Josenalva Sales
APS – ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
A Atenção Primária à Saúde (APS) está sendo
desenvolvida e reconhecida no mundo, por mais de
três décadas, como uma estratégia capaz de
estruturar redes integradas de atenção à saúde, na
construção de sistemas de saúde efetivos.
APS – CONCEITO
“Atenção de primeiro contato. Contínua, global e coordenada
que se proporciona à população sem distinção de gênero, ou
enfermidade, ou sistema orgânico”
 (Bárbara Starfield)
APS 
 •Porta de entrada e interligação com outros pontos da Rede de 
Atenção;
 •Deve ser resolutiva para 85% a 90% das necessidades dos 
usuários;
 •Integralidade na atenção (prevenção, promoção, tratamento, cura e 
reabilitação);
 •Integração matricial com especialistas.
Modelo de Sistema de Saúde Baseado na Atenção 
Primária à Saúde
Evidências internacionais demonstram que sistemas
de saúde organizados com base na APS
apresentam melhores resultados, são mais
equitativos e eficientes, geram menores custos e
produzem mais satisfação dos usuários, quando
comparados com sistemas de baixa orientação pela
APS.
Princípios e Atributos
ATRIBUTOS ESSENCIAIS:
 Acesso
 Longitudinalidade
 Coordenação
 Integralidade
ATRIBUTOS DERIVADOS:
 Orientação Familiar
 Orientação Comunitária
 Competência Cultural
(Bárbara Starfield)
Princípios e Diretrizes
Princípios:
 Universalidade;
 Equidade; e
 Integralidade
Diretrizes:
 Regionalização e Hierarquização:
 Territorialização;
 População Adscrita;
Princípios e Diretrizes
 Cuidado centrado na pessoa;
 Resolutividade;
 Longitudinalidade do cuidado;
 Coordenação do cuidado;
 Ordenação da rede; e
 Participação da comunidade
Princípios 
 Orientação Familiar
Na avaliação das necessidades individuais para a atenção integral
deve-se considerar o contexto familiar e seu potencial de cuidado e,
também, de ameaça à saúde ,incluindo o uso de ferramentas de
abordagem familiar;
 Orientação comunitária
Reconhecimento por parte do serviço de saúde das necessidades em
saúde da comunidade através de dados epidemiológicos e do contato
direto com a comunidade;
 Competência cultural
Adaptação às características culturais especiais da população para
facilitar a relação e a comunicação com a mesma.
REDE DE SERVIÇO 
ALGUNS CONCEITOS IMPOTANTES 
 TERRITORIALIZAÇÃO E ADSTRIÇÃO
Permitir o planejamento, a programação descentralizada e o
desenvolvimento de ações setoriais e intersetoriais com foco em um
território específico, com impacto na situação, nos condicionantes e
determinantes da saúde das pessoas e coletividades
Unidade geográfica única, de construção descentralizada do SUS na
execução das ações estratégicas destinadas à vigilância, promoção,
prevenção, proteção e recuperação da saúde.
ALGUNS CONCEITOS IMPOTANTES 
 POPULAÇÃO ADSCRITA
População que está presente no território da UBS, de forma a estimular
o desenvolvimento de relações de vínculo e responsabilização entre as
equipes e a população, garantindo a continuidade das ações de saúde e
a longitudinalidade (continuidade) do cuidado e com o objetivo de ser
referência para o seu cuidado.
 CUIDADO CENTRADO NA PESSOA
Aponta para o desenvolvimento de ações de cuidado de forma
singularizada, que auxilie as pessoas a desenvolverem os
conhecimentos, aptidões, competências e a confiança necessária para
gerir e tomar decisões embasadas sobre sua própria saúde e seu
cuidado de saúde de forma mais efetiva
ALGUNS CONCEITOS IMPOTANTES 
 VISITA DOMICILIAR 
É UMA TECNOLOGIA DE INTERAÇÃO NO CUIDADO À SAÚDE
É UMA ATIVIDADE SIMULTANEAMENTE EDUCATIVA E
ASSISTENCIAL QUE PERMITE UMA INTERAÇÃO MAIS EFETIVA DA
EQUIPE DE SAÚDE E DA ENFERMAGEM EM PARTICULAR, COM O
INDIVÍDUO, A FAMÍLIA, A COMUNIDADE
SÓ SE CONFIGURA COMO INSTRUMENTO INTERVENCIONISTA
DAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA QUANDO PREVIAMENTE
PLANEJADA E REALIZADA DE FORMA SISTEMATIZADA
O PLANEJAMENTO DEVE SER INICIANDO ANTES E SE MANTER
CONTINUAMENTE APÓS O ATO DA VISITAÇÃO.
ALGUNS CONCEITOS IMPOTANTES 
 DIAGNÓSTICO SITUACIONAL, DE SAÚDE OU COMUNITÁRIO
 O diagnóstico de saúde da comunidade inicia-se com a
territorialização e o cadastramento das famílias, a identificação de
microáreas de risco e de grupos prioritários.
MODELOS DE ATENÇÃO 
À SAÚDE
Conceito 
 Definição - refere-se ao modo como são organizadas em uma
determinada sociedade as ações de atenção à saúde,
envolvendo aspectos assistenciais e tecnológicos.
 Modo como são produzidas ações de saúde e maneira como os
serviços de saúde e o Estado se organizam para produzi-las e
distribuí-las.
Campos et al., 1989
 São combinações tecnológicas estruturadas para a resolução de
problemas e para o atendimento das necessidades de saúde da
população, sejam elas individuais ou coletivas.
POLÍTICA NACIONAL DE 
ATENÇÃO BÁSICA –
PNAB
AULA ESPECÍFICA
POLÍTICA NACIONAL DE 
PROMOÇÃO DA SAÚDE 
- PNPS
Conceito 
LEGISLAÇÃO
 Portaria nº 2.446, de 11 de novembro de 2014
Redefine a Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS). 
PNPS
 A promoção da saúde deve considerar a autonomia e a
singularidade dos sujeitos, das coletividades e dos territórios;
 Vem para provocar mudanças nos modos de organizar, planejar,
realizar, analisar e avaliar o trabalho em saúde;
 Propõe mudanças no trabalho em saúde com vistas a promover a 
saúde e a qualidade de vida;
 Traz, em sua essência, a necessidade de estabelecer relação com 
as demais políticas públicas conquistadas pela população, incluindo 
aquelas do setor Saúde 
VALORES E PRINCÍPIOS
 Reconhece a subjetividade das pessoas e dos coletivos no
processo de atenção e cuidado em defesa da saúde e da vida;
 Considera a solidariedade, a felicidade, a ética, o respeito às 
diversidades, a humanização, a corresponsabilidade, a justiça e a 
inclusão social como valores fundantes no processo de sua 
concretização;
 Adota como princípios a equidade, a participação social, a 
autonomia, o empoderamento, a intersetorialidade, a 
intrassetorialidade, a sustentabilidade, a integralidade e a 
territorialidade;
TEMAS TRANSVERSAIS
 Determinantes Sociais da Saúde (DSS), equidade e respeito à 
diversidade;
 Desenvolvimento sustentável
 Produção de saúde e cuidado
 Ambientes e territórios saudáveis
 Vida no trabalho
 Cultura da paz e direitos humanos
EIXOS OPERACIONAIS
 Territorialização
 Articulação e cooperação intrassetorial e intersetorial
 Rede de Atenção à Saúde
 Participação e controle social
 Gestão
 Educação e formação
 Vigilância, monitoramento e avaliação
 Produção e disseminação de conhecimentos e saberes
 Comunicação social e mídia
TEMAS PRIORITÁRIOS
 Formação e educação permanente
 Alimentação adequada e saudável
 Práticas corporais e atividades físicas
 Enfrentamento ao uso do tabaco e de seus derivados
 Enfrentamento do uso abusivo de álcool e de outras drogas
 Promoção da mobilidade segura
 Promoção da cultura da paz e dos direitos humanos
 Promoção do desenvolvimento sustentável