A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
RESUMO NBR 15873 – COORDENAÇÃO MODULAR (não achei para download)

Pré-visualização | Página 1 de 1

RESUMO NBR 15873 – 
COORDENAÇÃO MODULAR 
Publicado por ​vanessa 
A coordenação modular é a chave para a industrialização da construção 
em um padrão aberto. A industrialização é capaz de auxiliar, de maneira 
expressiva, o atendimento das necessidades de habitação no país. 
– Esta norma fixa um instrumento de compatibilização de elementos e 
componentes na construção civil por meio da coordenação de 
dimensões a partir de uma medida padrão: o ​módulo básico de 100 
mm. 
– A coordenação modular se aplica ao projeto de edificações de todos 
os tipos, ao projeto e à produção de componentes construtivos de todos 
os tipos e à construção de edificações. 
– Coordenação Dimensional – inter-relação de medidas de elementos 
e componentes construtivos e das edificações que os incorporam, 
utilizada para seu projeto, sua fabricação e sua montagem. 
 
– Coordenação Modular – coordenação dimensional mediante o 
emprego do módulo básico ou de um multimódulo. 
– Módulo básico – a unidade de medida fundamental da 
coordenação modular é o módulo básico representado pela letra M. 
1M = 100 mm. 
– ​Espaço de coordenação – espaço ocupado por um elemento ou 
componente + as folgas requeridas em razão de suas deformações 
(mecânica, térmica ou por umidade), de suas tolerâncias, seu processo 
de instalação e dos materiais empregados para sua união aos 
componentes vizinhos. Portanto, a medida de coordenação pode ser 
expressa da seguinte maneira: Mc = Mn + Ac 
Mc- medida de coordenação do elemento ou componente 
Mn – Medida nominal 
Ac – ajuste de coordenação 
– Ajuste de coordenação – diferença entre a medida nominal e a 
medida de coordenação correspondente. O ajuste de coordenação 
 
garante o espaço para deformações, tolerâncias e materiais de união, 
quando for o caso. 
– Medida Real – medida verificada diretamente no objeto singular, após 
sua execução/ fabricação. 
– Medida Nominal – medida esperada de um objeto, medida definida 
antes da execução/ fabricação. 
– Tolerância – diferença admissível entre uma medida real e a medida 
nominal correspondente. 
– Medida de coordenação – medida do espaço de coordenação de 
um componente. 
– ​Medida modular: Medida de coordenação cujo valor é igual ao 
módulo básico ou a um multimódulo. 
– Elemento Modular: Elemento construtivo cujas medidas de 
coordenação são modulares 
– Componente Modular: Componentes construtivo cujas medidas de 
coordenação são modulares 
 
 Medida modular = Medida nominal + Ajuste de coordenação 
Medida nominal = Medida modular – Ajuste de coordenação 
Ajuste de coordenação =Medida modular – Medida nominal 
Sei que parece confuso a primeira vista devido à semelhança entre os 
termos, mas é menos complicado quando você visualiza. 
É importante lembrar que 1M, ou seja, 1 módulo, corresponde a 100mm. 
Neste espaço de 100mm deve caber o elemento ou componente, e o 
que ele necessitar para ser instalado, seja espaço para dilatação, 
espaço para argamassa de assentamento, revestimento, etc. 
Fique atento para uma possível pegadinha: nem toda série de 
elementos repetidos é coordenação modular!!! A racionalização e pré 
fabricação de elementos podem ser apenas “aleatórios” e isso é 
chamado de coordenação dimensional​​. Este tipo de coordenação 
pode ficar clara em repetição de elementos em fachadas, simetrias, 
ritmos, repetição de medidas em projeto…só pode ser considerada 
coordenação modular aquela que obedece aos requisitos do 
módulo de 100mm.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.