A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
321 pág.
ubuntu etnicoraciais

Pré-visualização | Página 1 de 50

UBUNTU : EDUCAÇÃO, ALTERIDADE 
E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS
 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES
REITORA
MARGARETH DE FÁTIMA FORMIGA DINIZ
VICE-REITOR
EDUARDO RABENHORST
 Diretor do CCTA
JOSÉ DAVID CAMPOS FERNANDES
Vice-Diretor
ELI-ERI LUIZ DE MOURA
 Conselho Editorial
CARLOS JOSÉ CARTAXO
GABRIEL BECHARA FILHO
HILDEBERTO BARBOSA DE ARAÚJO
JOSÉ DAVID CAMPOS FERNANDES
MARCÍLIO FAGNER ONOFRE
Editor
JOSÉ DAVID CAMPOS FERNANDES
Secretário do Conselho Editorial
PAULO VIEIRA
Laboratório de Jornalismo e Editoração
Coordenador
PEDRO NUNES FILHO
Edi t or a do
CCTA
Projeto gráfico: Luiz Alberto
Capa: Galdino Otten
 U15 Ubuntu: educação, alteridade e relações étnico-raciais
 Ariosvalber de Souza Oliveira...[et al.], organizadores
 João Pessoa: Editora do CCTA, 2016
 320p. 
 ISBN: 978-85-67818-71-9
 1. Estudos culturais. 2. Relações étnico-raciais. 3. Educação 
e cultura. I. Oliveira, Ariosvalber de Souza.
 CDU: 37:304
Ficha catalográfica elaborada na Biblioteca Central da Universidade Federal 
da Paraíba
Foi feito depósito legal
Todos os direitos e responsabilidades dos autores.
Direitos desta edição reservados à: EDITORA DO CCTA/UFPB
Cidade Universitária – João Pessoa – Paraíba – Brasil
Impresso no Brasil
Printed in Brazil
ARIOSVALBER DE SOUZA OLIVEIRA
GERVÁCIO BATISTA ARANHA
MARIA APARECIDA DOS REIS
MOISÉS ALVES DA SILVA
 Organizadores
UBUNTU : EDUCAÇÃO, ALTERIDADE E 
RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS
EDITORA DO CCTA
JOÃO PESSOA
2016
 
AGRADECIMENTOS
 Em mais uma jornada percorrida, conseguimos construir 
um novo livro, muitos amigos e importantes parcerias com 
entidades sociais que foram fundamentais para a concretização 
deste projeto. O Movimento Negro de Campina Grande, nos 
seus 29 anos de história, vem lutando cotidianamente por 
justiça social e combatendo o racismo e seus efeitos.
 Em 2015, tivemos a alegria de lançar o livro “Nas 
confluências do Axé: refletindo os desafios e possibilidades 
de uma educação para as relações étnico-raciais”, que para 
nossa surpresa, esgotou-se em menos de um ano. E muito nos 
honra ouvir de leitores que os textos contidos nele estão sendo 
utilizados em artigos de conclusão de cursos de graduação e pós-
graduação, além de estarem subsidiando debates em escolas e 
movimentos sociais. Em virtude disso, estamos preparando 
uma nova edição impressa e, em breve, disponibilizaremos 
publicamente a versão digital.
 Torna-se uma tarefa árdua indicar todos aqueles que 
colaboraram na realização de mais este sonho, no entanto, 
algumas pessoas e entidades merecem ser mencionadas. 
Primeiramente, agradecemos os(as) autores(as) por terem 
aceitado o nosso convite para compor a coletânea, tendo em 
vista que são importantes pesquisadores da temática e que 
elaboraram artigos relevantes sobre as relações étnico-raciais, 
dialogando com o processo educacional. 
Também agradecemos à professora Dr.ª Marinalva 
Vilar de Lima (UFCG) e a todos que fazem parte do curso de 
Especialização em Educação para as Relações Étnico-Raciais, 
da Universidade Federal de Campina Grande. Muitos textos 
e autores que se fazem presentes no livro estão vinculados às 
experiências proporcionadas pelo exitoso curso. 
Além deles, segue os nomes dos demais colaboradores 
deste projeto: José Bezerra de Araújo (Presidente da Associação 
dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande 
– ADUFCG); Nazito Pereira da Costa Júnior (Presidente do 
Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da 
Borborema – SINTAB); Nelson Aleixo da Silva Júnior (Diretor-
Presidente da Associação dos Docentes da Universidade 
Estadual da Paraíba – ADUEPB); Edilson Amorim e Vicemário 
Simões (Reitor e Vice-reitor da Universidade Federal de 
Campina Grande – UFCG); José Benjamim Pereira Filho 
(Pró-Reitor Adjunto de Cultura da Universidade Estadual 
da Paraíba); Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas 
(NEAB-Í-UEPB); José Roberto Martins Barbosa (Presidente do 
Sindicato dos Trabalhadores de Estabelecimentos Privados 
Religiosos Beneficentes Filantrópicos de Ensino do Agreste da 
Borborema – SINTENP); Maria do Socorro Ramalho (Secretária 
de Formação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras 
em Educação do Estado da Paraíba – SINTEP); Priscilla Gomes 
(Secretária Executiva da Juventude do estado da Paraíba); João 
Tavares (Militante dos Movimentos Sociais da Paraíba); Elialdo 
Andriola Machado (Professor de Física da Universidade 
Estadual da Paraíba); Val Margarida (Professora do curso 
de Pedagogia da UEPB); Edna Moraes da Silva (Diretora de 
Gênero, Raça e Etnia do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino 
Superior do estado da Paraíba – SINTESPB); Zilda Valéria 
(Presidenta da Sociedade Amigos do Bairro – SAB/Jeremias); 
Benedito Luciano (Professor do Departamento de Engenharia 
Elétrica – UFCG); Manuel Isidro dos Santos Neto (Presidente 
do Sindifisco); José do Nascimento Coelho ( Presidente do 
Sindicato dos Comerciários); Rostand Lucena (Presidente do 
Sindicato dos Bancários de Campina Grande); Luciana Firme 
de Souza (A capitão da Polícia Militar da Paraíba); Deputada 
Estadual Estela Bezerra; Hamilton Silva de Melo; Nininha 
Santana; José Ribamar da Silva; Clodoaldo Barros; Raymundo 
Asfora Neto.
Dedicamos este projeto aos nossos familiares e amigos, 
em especial a Maria Goretti de Souza Oliveira, Gesminieli de 
Souza Oliveira, Dona Amélia, Arlindo Berto, Aroldo Alves, 
Maria de Jesus Silva, Arão Alves, Josué Alves, Abel Alves, 
Piscylla Rayally, Miriam Alves, Maria do Carmo Bento, Antonio 
Bento, Maciene Reis, Macielle Reis, Elisabeth Barros, Rudá 
Aranha e Luciano Mendonça.
Também ofertamos esse trabalho de maneira muito 
especial a Leonilda Coelho Tenório dos Santos (Paquinha) – 
líder da comunidade quilombola do Grilo, na cidade de Riachão 
do Bacamarte-PB – pela sua história de luta, pela sua dignidade 
e cidadania e, sobretudo, por ser uma fonte inesgotável de 
inspiração para todos nós. 
Prestamos solidariedade aos povos indígenas e à 
juventude negra brasileira que sofrem um processo de 
extermínio, cujos dados são de guerra civil, inaceitáveis em 
qualquer nação do mundo.
In memoriam:
Maria Benvinda, mulher extraordinária cujos ensinamen-
tos e carinho serão sempre lembrados.
Severino Avelino, amado pai e avô que muito nos 
ensinou... Eternas saudades.
Professor Fábio Freitas, um grande defensor dos direitos 
humanos. 
Poeta José Laurentino, uma perda irreparável para a 
cultura brasileira. 
Arnaldo Xavier, poeta nascido em Campina Grande e 
uma importante voz da poesia afro-brasileira.
Aos nossos familiares que não se encontram mais conosco 
fisicamente.
SUMÁRIO
AGRADECIMENTOS ....................................................................... 5
APRESENTAÇÃO........................................................................... 11
LITERATURA E AFRODESCENDÊNCIA EM LIMA 
BARRETO OU DO ANTIRRACISMO ENTRE O CONTO 
E O ROMANCE
Gervácio Batista Aranha......................................................................17
A POESIA AFRO-BRASILEIRA EM SALA DE AULA: breves 
reflexões e apontamentos
Ariosvalber de Souza Oliveira
Moisés Alves da Silva..........................................................................43
JUVENTUDES (INTER)CONECTADAS: refletindo as relações 
étnico-raciais no Facebook
Maria Aparecida dos Reis....................................................................63
REPENSANDO A FIGURA INDÍGENA NA CONTEMPORA-
NEIDADE: apropriações e resistência online

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.