Difusão de anilina na água em diferentes temperaturas
1 pág.

Difusão de anilina na água em diferentes temperaturas


DisciplinaQuimica1376 materiais717 seguidores
Pré-visualização1 página
Difusão de anilina na água em diferentes temperaturas
Anilina, fenilamina ou aminobenzeno é um composto orgânico, líquido, incolor e ligeiramente amarelo de odor característico. Sua formula molecular é C6H7N, levemente solúvel em água, na maioria dos solventes orgânicos e inorgânicos se dissolve facilmente. A água, também utilizada no experimento, possui diversas peculiaridades, como sua dilatação anômala, o alto calor específico e a capacidade de dissolver um grande número de substâncias, sua formula molecular é H2O.
Para fazer o experimento três recipientes contendo diferentes temperaturas e mesma quantidade da água foram utilizados, um contendo ela quente, no segundo morna e, no terceiro gelada. Logo, quando a anilina entra em contato com a água ocorre a difusão, que consiste na passagem das moléculas do soluto, do local de maior concentração para o local de menor, assim as partículas se distribuem uniformemente até estabelecer um equilíbrio na solução, porem por elas estarem em diferentes temperaturas o tempo para isso ocorrer não é o mesmo.
Temperatura é a medida do grau de agitação das moléculas de um corpo ou meio, assim ela altera a velocidade da difusão na água, quanto maior ela for, maior a agitação das moléculas, tendo mais espaço para que o soluto, anilina, se distribua. Logo, com menor temperatura, a agitação será menor, assim as moléculas se agrupam, por isso a anilina se espalha muito mais devagar na água gelada, pois ela precisa encontrar espaço para preencher.
Portanto, ao analisar os três recipientes concluímos que o primeiro, com água quente, o processo ocorre mais rápido que os demais, e fica quase completa a homogeneização e, em pouco tempo. Já com temperatura ambiente, ela se distribui mais uniformemente e um pouco mais devagar, ainda assim ocupa todos os lados do recipiente. E por último, ao avaliarmos o com água gelada, podemos perceber que forma -se basicamente um espiral, o soluto começa a se depositar no fundo do recipiente e a distribuição ocorre de maneira lenta.