Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
rregar apresentação medicina legal

Pré-visualização | Página 1 de 2

rregar apresentação
1 TRAUMATOLOGIA FORENSE
2 Lesões Corporais
ASPECTOS MÉDICO-LEGAIS:A perícia de lesões corporais é privativa do perito médico-legista, especialista em medicina legal que se pode valer do auxílio de outros profissionais correlatos, quando houver interesse.
 CONCEITO DE LESÃO CORPORAL:
Lesões CorporaisCONCEITO DE LESÃO CORPORAL:Art. 129 – CP: Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem.Qualquer espécie de dano ou prejuízo à integridade corporal ou à saúde, física ou mental, de alguém causada por outrem, por uma ação violenta, de forma proposital ou não, direta ou indiretamente.Nereu Gilberto M. Guerra Neto, in Hercules, H. C.
4 Lesões CorporaisCONCEITO DE LESÃO CORPORAL:O dano ou prejuízo à integridade ou à saúde deve ser entendido como alteração objetiva, mensurável, observável, ainda que fugaz, estática ou dinâmica, da estrutura orgânica ou psíquica do indivíduo, vinculada à ação causadora.
5 CONCEITO DE LESÃO CORPORAL:
Lesões CorporaisCONCEITO DE LESÃO CORPORAL:A idéia de prejuízo deve estar presente;O vínculo ou nexo causal entre a ação praticada pelo agressor e a lesão produzida na vítima.* Condições necessárias para caracterização do crime de lesão corporal.
6 Caracterização de sua extensão; Caracterização de sua gravidade; 
Lesões CorporaisOBJETIVO MÉDICO PERICIAL DAS LESÕES CORPORAIS:Caracterização de sua extensão;Caracterização de sua gravidade;Caracterização de sua perenidade.
7 Lesões CorporaisCAUSA:É o que leva a resultados imediatos e responsáveis por determinadas lesões, suscitando sempre, uma relação de causa e efeito.CONCAUSA:Conjunto de fatores, preexistentes ou supervenientes, suscetíveis de modificar o curso natural do resultado, fatores estes que o agente desconhecia ou não podia evitar.
8 Lesão corporal de natureza grave:
Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesão corporal de natureza grave:§ 1º Se resulta:I - Incapacidade para as ocupações habituais, por mais de trinta dias;II - perigo de vida;III - debilidade permanente de membro, sentido ou função;IV - aceleração de parto:
9 Lesão corporal de natureza gravíssima:
Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesão corporal de natureza gravíssima:§ 2° Se resulta:I - incapacidade permanente para o trabalho;II - enfermidade incurável;III - perda ou inutilização do membro, sentido ou função;IV - deformidade permanente;V - aborto:
10 Lesão corporal seguida de morte:
Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesão corporal seguida de morte:§ 3° Se resulta morte e as circunstâncias evidenciam que o agente não quis o resultado, nem assumiu o risco de produzí-lo:
11 Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesões corporais privilegiadas:Diminuição de pena:§ 4° Se o agente comete o crime impelido por motivo de relevante valor social ou moral ou sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima, o juiz pode reduzir a pena de um sexto a um terço.
12 Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesões corporais leves dolosas privilegiadas:Substituição da pena§ 5° O juiz, não sendo graves as lesões, pode ainda substituir a pena de detenção pela de MULTA:I - se ocorre qualquer das hipóteses do parágrafo anterior;II - se as lesões são recíprocas.
13 Lesões CorporaisLEGISLAÇÃO:Lesão corporal culposa:Lesão corporal culposa§ 6° Se a lesão é culposa: (Vide Lei nº 4.611, de 1965)Pena - detenção, de dois meses a um ano.
14 Lesões Corporais LEGISLAÇÃO: Aumento de pena:
 § 7º - Aumenta-se a pena de um terço, se ocorrer qualquer das hipóteses do art. 121, § 4º. (Redação dada pela Lei nº 8.069, de 1990)Perdão Judicial:§ 8º - Aplica-se à lesão culposa o disposto no § 5º do art. 121.(Redação dada pela Lei nº 8.069, de 1990)
15 Lesões Corporais LEGISLAÇÃO: AUMENTO DA PENA:
§ 4o No homicídio culposo, a pena é aumentada de 1/3 (um terço), se o crime resulta de inobservância de regra técnica de profissão, arte ou ofício, ou se o agente deixa de prestar imediato socorro à vítima, não procura diminuir as conseqüências do seu ato, ou foge para evitar prisão em flagrante. Sendo doloso o homicídio, a pena é aumentada de 1/3 (um terço) se o crime é praticado contra pessoa menor de 14 (quatorze) ou maior de 60 (sessenta) anos. (Redação dada pela Lei nº , de 2003)
16 Lesões Corporais LEGISLAÇÃO: AUMENTO DA PENA:
Violência Doméstica (Incluído pela Lei nº , de 2004)§ 9o  Se a lesão for praticada contra ascendente, descendente, irmão, cônjuge ou companheiro, ou com quem conviva ou tenha convivido, ou, ainda, prevalecendo-se o agente das relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade: (Redação dada pela Lei nº , de 2006)Pena - detenção, de 3 (três) meses a 3 (três) anos. (Redação dada pela Lei nº , de 2006)§ 10. Nos casos previstos nos §§ 1o a 3o (grave, gravíssima ou resulta morte) deste artigo, se as circunstâncias são as indicadas no § 9o deste artigo, aumenta-se a pena em 1/3 (um terço). (Incluído pela Lei nº , de 2004)§ 11.  Na hipótese do § 9o deste artigo, a pena será aumentada de um terço se o crime for cometido contra pessoa portadora de deficiência. (Incluído pela Lei nº , de 2006)
17 Lesões Corporais LESÕES LEVES: Definição: Dada por exclusão.
LESÃO INSIGNIFICANTE: “se forem levíssimas as lesões corporais sofridas pelas vítimas, é de se aplicar a teoria da insignificância”Lei 9099, 26/09/1995 – Art. 77 § 1º. “para o oferecimento da denúncia que será elaborada no termo de ocorrência referido no art. 69 desta lei, com dispensa do IP prescindir-se-á do exame de corpo de delito quando a materialidade do crime estiver aferida por boletim médico ou prova equivalente”.
18 Incapacidade real, não presumida; Cura médico-legal: cura funcional 
Lesões CorporaisLESÕES GRAVES:I - Incapacidade para as ocupações habituais, por mais de trinta dias;Incapacidade real, não presumida;Cura médico-legal: cura funcionalExame pericial feito a partir do 31o. dia do delito.
19 Lesões Corporais LESÕES GRAVES: II - perigo de vida;
Situação diagnosticada e real, não mera possibilidade nem mero prognóstico desfavorável.PERIGO DE VIDA: probabilidade real e objetiva do evento morte.RISCO DE VIDA: mera possibilidade de lesão mortal em determinada situação.As concausas supervenientes podem configurar a qualificadora.
20 Lesões Corporais LESÕES GRAVES: II - perigo de vida;
Há perigo de vida sempre que, no decorrer de uma pertubação oriunda de uma agressão à integridade física ou à saúde, resulte agravamento das condições orgânicas da vítima, a quem, em seu conjunto, faça presumir um provável desenlace fatal.SITUAÇÕES QUE CONFIGURAM PERIGO DE VIDA:Lesões penetrantes em cavidades levando a hemorragias e infecções;Lesões de grandes vasos com hemorragias importantes e choque hipovolêmico;Choque anafilático, neurogênico, cardiogênico e séptico;Colapso pulmonar com insuficiência respiratória graveTCEComaGrandes queimadosTRM com alterações cardiorespiratóriasArritmias ou IC aguda gravesSepticemias e infecções graves
21 Lesões Corporais LESÕES GRAVES:
III - debilidade permanente de membro, sentido ou função;Redução parcial da força, fraqueza, enfraquecimento, diminuição da capacidade funcional.Há de ser evidente e detectável, gerando prejuízo efetivo para a vítima.A debilidade deve ser permanente.
22 Lesões Corporais LESÕES GRAVES:
III - debilidade permanente de membro, sentido ou função;MEMBROS: Apêndices do tronco.Pode ser apenas um dos segmentos para caracterizá-la.SENTIDOS: VisãoAudiçãoOlfatoPaladarTatoFUNÇÃO: é a atividade de um órgão ou aparelho.
23 Sujeito passivo: mulher grávida de feto vivo.
Lesões CorporaisLESÕES GRAVES:IV - aceleração de parto:Sujeito passivo: mulher grávida de feto vivo.Feto expulso com vida, antes do termo normal, motivada por agressão física ou psíquica à parturiente, continuando com vida após o parto.
24 É a invalidez total e permanente. 
Lesões CorporaisLESÕES GRAVÍSSIMAS:I - incapacidade permanente para o trabalho;Situação definitiva em que o indivíduo fica privado de exercer qualquer atividade lucrativa.É a invalidez total e permanente.O ofendido deve ficar privado da possibilidade física ou psíquica, de aplicar-se a qualquer
Página12