A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Anatomia dos Sistemas UNIP

Pré-visualização | Página 5 de 6

afirmativas a seguir: 
Apresenta duas faces: a face visceral e a face diafragmática. 
II. Produz e armazena a bile.
 III. A veia cava inferior está relacionada com o fígado, entrando no interior da glândula pelo hilo hepático.
 IV. O fígado é uma glândula supradiafragmática. 
Com relação aos dados apresentados, está correto APENAS o que se afirma em:
A – I
59 - O fígado é a maior glândula do corpo humano. Localizado na cavidade abdominal em contato com o diafragma acima e com outras vísceras abdominais, tais como os intestinos, abaixo. Desempenha muitas funções importantes no organismo, como por exemplo, o armazenamento e a liberação de glicose, o metabolismo dos lipídeos, o metabolismo das proteínas (conversão de amônia em ureia), a síntese da maioria das proteínas do plasma, o processamento de drogas e hormônios, a destruição das células sanguíneas desgastadas e bactérias. Além de todas as funções já citadas, esta glândula atua também no armazenamento de vitaminas (A, B12, D, E e K) e de minerais (ferro e cobre). Com base na anatomia do órgão, ao se observar a face inferior do mesmo, isto é, em vista visceral, podemos observar:
C - 4 lobos e a vesícula
60 - O omento menor é incisado próximo a sua margem livre e a árvore biliar é identificada e liberada através de dissecção romba. O líquido contido na vesícula biliar é aspirado com seringa, o fundo é incisado e os cálculos retirados. Todo o sistema de ductos é cuidadosamente sondado à procura de cálculos, um dos quais é encontrado obstruindo um ducto. Em vista da observação de que a paciente não apresenta icterícia, a localização mais provável da obstrução é:
C - O ducto colédoco
61 - Um homem com 37 anos de idade com história de abuso de álcool foi atendido na sala de emergências, queixando-se de cãibras no estômago na região do umbigo, informou ter vomitado várias vezes recentemente sem evidências de presença de sangue, embora tivesse, no passado, vomitado sangue vermelho rutilante. Afirmou não ter ingerido bebidas alcoólicas nos últimos meses. O exame físico revelou uma massa palpável sobre o umbigo com indícios de inflamação peritoneal periumbilical. Seus leucócitos estavam elevados e ele apresentava temperatura de 39,4ºC. Foi encaminhado ao serviço de cirurgia para redução de uma hérnia umbilical de emergência com suspeita de estrangulamento. A cãibra abdominal, a dor referida na região umbilical e o conhecimento da anatomia peritoneal levaram o médico examinador a suspeitar que a parte estrangulada de intestino era provavelmente (Modificado de April, 2000).
C - Intestino delgado
62 - A estenose (constrição) do músculo esfíncter da ampola hepatopancreática pode interferir no (a) 
A - Transporte da bile e do suco pancreático
63 - O pâncreas produz diariamente 1200 a 1500 ml de suco pancreático. Está glândula mista é dividida em cabeça (aloja-se na curva do duodeno), colo, corpo e cauda. Já o fígado é um órgão vital, sendo que a bile é indispensável para a digestão das gorduras. O aparelho excretor do fígado, ou vias bilíferas extra-hepáticas, é formado pelo ducto hepático próprio, vesícula biliar, ducto cístico e ducto colédoco. Com o auxílio destas definições, indique a alternativa CORRETA:
C - O ducto pancreático se une ao ducto colédoco (proveniente do fígado e da vesícula biliar) e entra no duodeno pela papila maior do duodeno, formando a ampola hepatopancreática.
64 - O sistema digestório possui órgãos adaptados à modificação química e mecânica dos alimentos (digestão) para manutenção da vida (sobrevivência). Os processos químicos e mecânicos realizados pelo sistema digestório envolvem a ingestão, a mastigação, a deglutição, a digestão química, a absorção e a defecação. O trato digestório é um tubo longo e sinuoso de cerca de 10 metros de comprimento desde sua extremidade cefálica (cavidade oral) até a aboral (ânus). Na pessoa viva é menor porque os músculos ao longo das paredes dos órgãos do trato gastrintestinal mantêm o tônus. Os órgãos anexos do sistema digestório são os dentes, a língua, as glândulas salivares, o fígado e o pâncreas. Os dentes auxiliam no rompimento físico do alimento e a língua auxilia na mastigação e na deglutição. Os outros órgãos nunca entram em contato direto com o alimento. Produzem ou armazenam secreções que passam para o trato gastrintestinal e auxiliam na decomposição química do alimento. Dessa forma indique a alternativa que aponta o processo de absorção.
D - Consiste na passagem dos nutrientes e líquidos do interior do canal alimentar para dentro dos vasos sanguíneos.
65 - O início do processo digestivo se dá na boca, com a mastigação. A trituração e umidificação do alimento (com o auxílio da saliva) transforma o alimento em bolo alimentar que, após a deglutição, passa para a faringe, e na sequência se desloca por um órgão alongado e muscular chamado esôfago. O bolo alimentar é empurrado então pelo esôfago por meio dos movimentos peristálticos, que nada mais são que contrações musculares. Ao final do esôfago encontra-se o estômago, onde começa a quebra das proteínas e gorduras. Logo depois do estômago está o duodeno, já no intestino delgado, onde é continuada a quebra das proteínas, lipídeos e carboidratos, além da absorção dos mesmos pelo organismo na altura do jejuno e íleo. Assim, é CORRETO se afirmar sobre a absorção:
D - É um processo mecânico que ocorre através de transporte ativo.
66 - O intestino delgado retirado apresenta cerca de sete metros de comprimento, podendo variar entre cinco e oito metros (o comprimento de intestino delgado e de intestino grosso, em conjunto, após a morte é de nove metros). O intestino delgado consiste em duodeno, jejuno e íleo. O duodeno, a primeira e a menor parte do intestino delgado se divide em quatro partes, sendo na sequência:
B - Superior, descendente, horizontal e ascendente.
67 - O intestino delgado é um tubo com pouco mais de seis metros de comprimento por quatro centímetros de diâmetro e pode ser dividido em três regiões: duodeno (aproximadamente de 25 centímetros), jejuno (aproximadamente de cinco metros) e íleo (aproximadamente de um metro e meio). A parte superior ou duodeno tem a forma de ferradura e encontra-se com o piloro, esfíncter muscular da parte inferior do estômago, pela qual este esvazia seu conteúdo no intestino. A digestão do quimo ocorre predominantemente no duodeno e nas primeiras porções do jejuno. No duodeno atua também o suco pancreático, produzido pelo pâncreas, que contêm diversas enzimas digestivas. Outra secreção que atua no duodeno é a bile, produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar. O pH da bile oscila entre 8,0 e 8,5. Os sais biliares têm ação detergente, emulsificando ou emulsionando as gorduras (fragmentando suas gotas em milhares de micro gotículas). O suco pancreático, produzido pelo pâncreas, contém água, enzimas e grandes quantidades de bicarbonato de sódio, oscilando seu pH entre 8,5 e 9. A esse respeito o suco pancreático:
D - Desnatura proteínas.
68 - Qual das seguintes afirmativas relacionadas com o sistema digestório é INCORRETA?
B - O pâncreas é um órgão anexo do sistema digestório responsável apenas pela secreção de substâncias exócrinas (enzimas digestivas).
69 - Um homem foi encaminhado por seu primeiro médico a um cirurgião, para realização de uma vasectomia (método comum de esterilizar homens). Durante este procedimento, parte da estrutura é excisada por meio de uma incisão na parte superior do escroto. Por essa razão, o líquido ejaculado subsequente não contém espermatozoides. Em qual estrutura é realizada a vasectomia? (Modificado Snell, 1999).
E - Ducto deferente
70 - Durante a gestação há um aumento no suprimento de sangue para o sistema urinário, a fim de suprir as necessidades do feto. Há um aumento do tamanho e peso dos rins, e dilatação da pelve renal. As musculaturas dos canais urinários ficam levemente hipotônicas, então os canais são um pouco dilatados, e também parecem se alongar para rodear o útero dilatado. O resultado disso é a estagnação da urina,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.