A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
analise de investimentos

Pré-visualização | Página 1 de 2

ANÁLISE DE INVESTIMENTO - GST1232
ANÁLISE DE INVESTIMENTO (27/04/2018)
Contextualização
Atualmente, no mundo globalizado em que vivemos, o planejamento é condição básica 
para o sucesso de qualquer organização e a administração financeira adquiriu uma 
enorme importância, principalmente pela rapidez da velocidade das informações. O 
surgimento de novos conceitos, instrumentos e produtos financeiros que, em virtude do 
avanço tecnológico se tornaram acessíveis aos gestores e operadores financeiros dos 
mercados internacionais, nos fez disporem de um grande capital de conhecimento no 
campo das finanças empresariais o que torna aos nossos administradores e intervenientes 
nos mercados de capitais a possibilidade de maximizar, ou de racionalizar, as suas formas 
de atuação.
A Contabilidade em sua linguagem, por meio de seus quadros demonstrativos, é de suma 
importância. É através dela que nos permite desenvolver uma análise econômica e 
financeira e obter informações por extração de indicadores econômicos e financeiros, 
compreendendo e interpretando assim, a linguagem dos negócios materializados nas 
demonstrações contábeis e com isso maximizando os processos de planejamento, risco, 
controle e tomada de decisão.
Ementa
Introdução à Ciência das Finanças. Ambiente Financeiro. Visão Geral da Administração 
Financeira. Tomada de Decisão em Finanças. Compreendendo as Demonstrações 
Financeiras. Estrutura de Capital: Administração Financeira a Curto Prazo; 
Financiamentos a Longo Prazo. Ferramentas de Análise para Investimento: Fluxo de 
Caixa; "Payback"; Valor Presente Líquido (NPV); Taxa Interna de Retorno (IRR); 
Extensões ao Perfil dos Métodos do NPV e IRR; Índice de Lucratividade (IL). 
Indicadores e Análise de Desempenho Econômico e Financeiro: EBITDA - NOPAT- 
EVA. Gestão do Fluxo de Caixa. Risco e Retorno. Teoria do Portfólio. Modelo de 
Precificação de Ativos (CAPM). 
Objetivos Gerais
O estudo da disciplina de Análise de Investimentos dará ao aluno capacidade de entender 
o papel do administrador financeiro e compreender as ferramentas utilizadas para tomada 
de decisão de investimento, assim, como as formas de riscos de investimento e 
financiamento da organização.
Objetivos Específicos
 Compreender a importância das demonstrações financeiras como estrutura de 
análise para extração de informações.
 Gerenciar o capital de giro de uma empresa.
 Identificar as fontes e os custos de financiamento de capital próprio e de capital de 
terceiros.
 Compreender os tipos de riscos de investimento.
Conteúdos
UNIDADE I - Sínteses da Administração Financeira
1.1 - Introdução às Finanças
1.2 - Visão Geral da Evolução das Finanças das Empresas
1.3 - As Novas Responsabilidades da Administração Financeira
1.4 - A Dinâmica das Decisões Financeiras
1.5 - A Administração Financeira e o Objetivo da Empresa 
UNIDADE II - Ambiente Financeiro Brasileiro
 2.1 - Intermediações Financeiras
 2.2 - Sistema Financeiro Nacional
 2.3 - Valores Mobiliários
 2.4 - Ativos Financeiros
 2.5 - Mercado de Ações
UNIDADE III - Compreendendo as Demonstrações Financeiras
 3.1 - Estrutura de Capital
 3.2 - Administração Financeira a Curto Prazo
 3.2.1- Ciclo Operacional e Ciclo Financeiro (Caixa)
 3.2.2- Capital de Giro Líquido
 3.3- Financiamentos a Longo Prazo
 3.3.1- Custo de Capital e Criação de Valor
 3.3.2- Custo de Capital de Terceiros
 3.3.3- Custo de Capital Próprio
UNIDADE IV - Ferramentas de Análise para Investimentos
 4.1- Fluxo de Caixa
 4.2- Payback
 4.3- Valor Presente Líquido (NPV)
 4.4- Taxa Interna de Retorno (IRR)
 4.5- Extensões ao Perfil dos Métodos do NPV e IRR
 4.6- Índice de Lucratividade (IL)
UNIDADE V - Gestão de Valores a Receber, Estoques e Indicadores de Análise de 
Desempenho Econômico e Financeiro.
 5.1- Gestão de Valores a Receber, Estoques
 5.2-Alavancagem
 5.3- Gestão do Fluxo de Caixa
 5.4- EBITDA
 
 5.5- NOPAT
 5.6- EVA
UNIDADE VI - Risco e Retorno
 6.1- Conceito e Tipos de Retornos e Riscos
 6.2- Teoria do Portfólio
 6.3- Medidas de Dispersão
 6.3.1- Variância e Desvio Padrão
 6.4- Retorno Esperado e Beta de Carteiras
 6.5- O Modelo CAPM
Procedimentos de Avaliação
Disciplinas Presenciais
A avaliação da aprendizagem tem como princípio o desenvolvimento de competências, 
da capacidade de construir conhecimentos técnicos, tecnológicos e gerenciais, a partir das 
necessidades observadas na prática social e profissional. Utilizando-se de critérios 
claramente explicitados, são avaliados os conhecimentos e o modo como os alunos fazem 
uso deles. Isso permite, quando necessário, uma reorientação no processo de formação 
dos alunos, com atividades de apoio, de forma a permitir o suprimento de suas 
dificuldades. Outro aspecto relevante é o princípio da autoavaliação como instrumento 
que favorece o exercício de análise crítica, de percepção do crescimento do aluno, 
permitindo a aquisição de uma autonomia intelectual e uma visão real de sua própria 
formação.
O processo de avaliação será composto de três etapas, Avaliação 1 (AV1), Avaliação 2 
(AV2) e Avaliação 3 (AV3).
As avaliações poderão ser realizadas através de provas teóricas, provas práticas, e 
realização de projetos ou outros trabalhos, representando atividades acadêmicas de 
ensino, de acordo com as especificidades de cada disciplina. A soma de todas as 
atividades que possam vir a compor o grau final de cada avaliação não poderá ultrapassar 
o grau máximo de 10, sendo permitido atribuir valor decimal às avaliações. Caso a 
disciplina, atendendo ao projeto pedagógico de cada curso, além de provas teóricas e/ou 
práticas contemple outras atividades acadêmicas de ensino, estas não poderão ultrapassar 
20% da composição do grau final.
A AV1 contemplará o conteúdo da disciplina até a sua realização, incluindo o das 
atividades estruturadas.
As AV2 e AV3 abrangerão todo o conteúdo da disciplina geradas pelo Banco de 
Questões da Estácio.
Para aprovação na disciplina o aluno deverá:
1. Atingir resultado igual ou superior a 6,0, calculado a partir da média 
aritmética entre os graus das avaliações, sendo consideradas apenas as duas 
maiores notas obtidas dentre as três etapas de avaliação (AV1, AV2 e AV3). A 
média aritmética obtida será o grau final do aluno na disciplina.
2. Obter grau igual ou superior a 4,0 em, pelo menos, duas das três avaliações.
3. Frequentar, no mínimo, 75% das aulas ministradas.
 
Disciplinas online
É importante, esclarecer como ocorre a avaliação das disciplinas ofertadas online.
Para se estabelecer um diagnóstico acerca da formação do discente, serão observados os 
trabalhos a serem desenvolvidos na sala de aula virtual, envolvendo fóruns, atividades, 
leituras e exercícios sob a orientação dos tutores a distância, que registram e 
acompanham as atividades realizadas pelos alunos, individualmente ou em grupo, a fim 
de melhor planejar suas ações e promover estratégias de intervenções pedagógicas 
diferentes.
O aluno será avaliado, oficialmente, em três etapas, AV1, AV2 e AV3, sendo a cada uma 
delas atribuído grau de 0,0 a 10,0 pontos. Os trabalhos acadêmicos e ou participações nos 
fóruns de discussão, quando previstos nos planos de ensino, podem valer até 2 pontos na 
composição das notas de AV1 e AV2, como mencionado anteriormente. Para aprovação 
nas disciplinas o aluno deverá atender às condições a seguir:
1. Atingir média aritmética igual ou superior a 6,0, sendo consideradas apenas as 
duas maiores notas obtidas dentre as três etapas de avaliação AV1, AV2 e AV3. A 
média aritmética obtida será o grau final do aluno;
2. Obter notas iguais ou superiores a 4,0 em, pelo menos, duas das