Buscar

DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS.pptx

Prévia do material em texto

DIREITO NAS SOCIEDADES 
PRIMITIVAS
• Toda cultura tem um aspecto normativo. Delimita padrões, regras e valores 
que produzem a institucionalização de modelos de conduta.
• Toda sociedade buscar se instrumentalizar para assegurar um sistema que 
mantenha o controle e conseguinte, a ordem social.
• A lei expressa a presença de um direito ordenado na tradição e nas práticas 
costumeiras que mantem a coesão do grupo social.
• Cada povo e cada organização social dispõem de um sistema jurídico que 
traduz a especialidade de um grau de evolução e complexidade (Durkheim)
Pluralismo versus evolucionismo 
• o processo de colonização de povos não europeus gerou um surto de 
pluralismo jurídico, representado pela convivência e dualismo jurídico 
entre o direito europeu (common law e romanistas) e outras formas de 
direito exercitadas pelos nativos. 
Formação do Direito nas sociedades primitivas
• “Compreender o direito arcaico é compreender a sociedade que o 
gerou.”
•Os três estágios do direito antigo: 
• Direito de origem divina.
• Direito oriundo dos costumes.
• Direito identificado com a lei.
• As sociedades arcaicas eram fundamentadas no princípio do parentesco, 
nos laços de consanguinidade, na família. 
• As práticas primárias de controle são transmitidas oralmente e ratificadas 
por revelações divinas e sagradas (culto as divindades e aos mortos).
• As sanções legais estão associadas às sanções rituais (atos simbólicos, 
palavras sagradas, gestos solenes)
• O direito consuetudinário (dos costumes) se desenvolve junto com as 
experiencias societárias.
• Trata-se de um direito pautado num conjunto de usos, práticas e costumes 
(hoje interpretado como controle informal).
• A reiteração dos costumes ao longo do tempo tornava difícil o 
questionamento da validez e aplicabilidade legal.
• O desenvolvimento da escrita em conjunto com a compilação de 
costumes proporcionou os primeiros códigos da Antiguidade. (ex.: de 
Hamurábi, Lei das XII Tábuas) 
•Funções e fundamentos do direito na sociedade primitiva
• “O direito não funciona por si mesmo, pois é parte integrante da 
dinâmica de uma estrutura.” (Bronislaw Malinowski). 
• Segundo Malinowski na sua obra “Crime e costume na sociedade 
selvagem”, afirma que “cada cultura humana desenvolve-se um corpo de 
obrigações, proibições e leis que devem ser cumpridas por motivos 
práticos morais ou emocionais. ”
• Além das regras jurídicas sancionadas por um aparato social com 
poderosa força cogente, subexistem outros tipos diferenciados de 
normas de normas tradicionais gerados por motivos psicológicos. 
• Também afirma que a lei dos ditos “selvagens” não se reduz a lei criminal. 
Que eles possuíam um direito civil caracterizado por certa flexibilidade e 
abrangência. Segura por um mecanismo de reciprocidade e publicidade 
inerentes à estrutura social.
• A lei civil primitiva não possui apenas sanção negativa (punição) mas 
também sanções positivas (recompensas) para que cumpre e respeitas as 
regras de convivência.
Questão: 
• Dentro do território brasileiro existe uma tribo indígena onde o 
nascimento de gêmeos é tomado como um sinal de “mau agouro”, por 
esse motivo eles costumam matar um dos dois recém-nascidos que, 
segundo observação do pajé da tribo, seria o “portador do mau agouro”. 
Sendo você um operador do direito, que solução proporia para tentar 
solucionar essa questão?
FEEDBACK

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes