trabalho de geografia

trabalho de geografia


Disciplina<strong>metrodologia</strong>1 materiais4 seguidores
Pré-visualização1 página
EMEFF:JOSÉ MARCOS RAMPINELLI
 
 KHIUANY M. DE AQUINO
 ARACRUZ
 24/10
 
 KHIUANY M. DE AQUINO
 BACIAS HIDROGRAFICAS DO ESPIRITO SANTO
 
 ARACRUZ
 24/10
 OQUE É BACIAS HIDRIGRAFICAS:
A bacia hidrográfica ou bacia de drenagem de um curso d'água é a área onde, devido ao relevo e geografia, a água da chuva escorre para um rio principal e seus afluentes. A forma das terras na região da bacia fazem com que a água corra por riachos e rios menores para um mesmo rio principal, localizado num ponto mais baixo da paisagem.
Desníveis dos terrenos orientam os cursos d'água e determinam a bacia hidrográfica, que se forma das áreas mais altas para as mais baixas. Ao longo do tempo, a passagem água da chuva vinda das áreas altas desgasta e esculpe o relevo no seu caminho, formando vales e planícies.
A área de uma bacia é separada das demais por um divisor de águas, uma formação do relevo - em geral a crista das elevações do terreno - que separa a rede de drenagem (captação da água da chuva) de uma e outra bacia. Pense na crista de um morro que divide a água da chuva para um lado e para o outro.
As quatro principais bacias hidrográficas do Brasil são as bacias Amazônica, do Tocantins, a Platina (Paraná, Paraguai e Uruguai) e a do rio São Francisco que, juntas, cobrem cerca de 80% do território brasileiro.
BACIAS HIDROGRAFICAS DO E.S. :
O Espírito Santo possui 12 bacias hidrográficas. Dessas, cinco são bacias de domínio da União, ou seja, pertencem a mais de um estado. São elas: Doce, Itapemirim, São Mateus, Itabapoana e Itaúnas. As outras sete são estaduais. Isso significa que todos os limites da Bacia estão dentro do domínio capixaba. Essas bacias são: Piraquê-Açu, Santa Maria, Guarapari, Reis Magos , Jucu , Benevente e Rio Novo. 
Rio Doce :
 O Rio Doce nasce na serra da Mantiqueira, no município de Ressaquinha, Minas Gerais. Ele possui 897 quilômetros de extensão, até desaguar no oceano Atlântico. Sua foz está no Distrito de Regência, em Linhares. A bacia hidrográfica do rio Doce é a maior do Espírito Santo, com cerca de 83.400 km2. Desse total, 86% estão em território capixaba. A bacia do rio Doce abrange 28 municípios do Estado. Ela é tão importante que mudou o mapa do Espírito Santo. Toda a região costeira próxima à foz do rio foi formada pelo depósito de sedimentos trazidos ao longo de milhares de anos pelo rio Doce.
Antes navegável, hoje o rio sofre com o assoreamento. É possível observar várias ilhas, algumas até mesmo com vegetação, que não existiam até pouco tempo. Em alguns pontos do rio é fácil caminhar com a água cobrindo apenas os pés. Outros problemas causados, principalmente pela ocupação humana ao longo do leito do rio, são a poluição, causada tanto pelo esgoto residencial quanto pelo industrial, o uso de agrotóxicos, desequilíbrios causados pela construção de barragens, entre outros.
seta Rio Jucu
Rio Jucu
O Rio Jucu nasce no município de Domingos Martins com dois braços: rio Jucu braço norte e braço sul. Esses dois braços se unem formando um só rio que deságua na Barra do Jucu, em Vila Velha. A bacia do Rio Jucu abrange cinco municípios: Domingos Martins, Viana, Cariacica, Guarapari e Vila Velha. O rio Jucu é responsável pelo abastecimento de água de 60% da população da Grande Vitória. O rio abastece Vila Velha, Viana, a maior parte de Cariacica e a toda a ilha de Vitória (a parte continental da capital é abastecida pelo rio Santa Maria). Mesmo com toda essa importância para a população capixaba, o rio sofre com o esgoto e o assoreamento. Antes muito profundo, hoje é possível, em alguns pontos do leito do rio Jucu, caminhar com água passando abaixo do joelho.
Esse assoreamento é causado, principalmente, devido ao desmatamento da mata ciliar. Essa vegetação que fica nas margens dos rios é importante para fixar a terra. Sem ela, principalmente quando chove, a terra não tem onde \u201cse segurar\u201d e desce pelo leito, fazendo com que fique cada dia mais raso e com menos volume de água. A Legislação exige que sejam preservados pelo menos 30 metros de cada lado da margem, mas não é isso que acontece na maioria das propriedades ao longo do rio.
O esgoto, principalmente doméstico, também é um grave problema enfrentado pelo rio. A grande quantidade de coliformes fecais encarece o processo de tratamento da água, além de destruir a biodiversidade local.
seta Rio Santa Maria
Rio Santa Maria da Vitória
O Rio Santa Maria da Vitória nasce no município de Santa Maria de Jetibá e suas águas percorrem 122 quilômetros até desaguar na Baía de Vitória. A área de drenagem da sua bacia hidrográfica é de 1844 km2 e abrange cinco municípios da Estado: Santa Maria de Jetibá, Santa Leopoldina, Cariacica, Serra e Vitória.
O rio Santa Maria é um dos principais mananciais do Espírito Santo. Juntamente com o rio Jucu ele é responsável pelo abastecimento de água da Grande Vitória. Abastece a parte continental da capital e o município da Serra.
Como a maioria dos rios capixabas, o Santa Maria enfrenta diversos problemas. Dentre eles, a grande quantidade de agrotóxico despejado em suas águas devido ao manejo incorreto nas lavouras, o assoreamento e a poluição pelo esgoto e lixo.
 
 
REFERENCIAS
 https://www.oeco.org.br/dicionario-ambiental/29097-o-que-e-uma-bacia-hidrografica/
 https://www.visiteobrasil.com.br/sudeste/espirito-santo/belezas-naturais/conheca/rios-
FOTOS
https://www.google.com.br/search?q=RIO+PIRAQUEA%C3%87U&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjdqpXjxp_eAhWEjZAKHVs2AwgQ_AUIDygC&biw=1366&bih=657#imgrc=yQWrJQgdpLfPiM:
https://www.visiteobrasil.com.br/sudeste/espirito-santo/belezas-naturais/conheca/rios-