prova 2
4 pág.

prova 2


DisciplinaLegislação Trabalhista e Previdenciária5.211 materiais24.877 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1.
	Luciana laborava desde o ano de 2008 em um setor considerado como insalubre na empresa de pescados Tainha Ltda. A empresa fornecia EPI, contudo, o setor ainda estava exposto a agentes nocivos à saúde. Sobre adicional de insalubridade, analise as afirmativas a seguir:
I- O grau de insalubridade varia entre 10%, 20% e 40%.
II- O adicional incide sobre o salário mínimo ou salário profissional.
III- Não existe direito adquirido ao adicional de insalubridade.
IV- O adicional de insalubridade é devido sobre o salário base, com percentual de 30%.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I, II e III estão corretas.
	 b)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a afirmativa I está correta.
	 d)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	2.
	Em 1990, foi criada a Lei nº 7.998, que regula, entre outros, o seguro-desemprego. No ano de 2011, a citada lei sofreu algumas alterações, dentre elas o trabalhador que solicitar o benefício pela segunda vez num período de 10 anos deverá passar por um curso de qualificação profissional. Avaliando os pressupostos do seguro-desemprego, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	O empregado doméstico tem direito ao seguro-desemprego independente de sua contribuição ao FGTS.
	 b)
	O seguro desemprego é pago a todos que têm direito, com a mesma quantidade de parcelas e as mesmas bases de valores, independente de seu salário enquanto empregado.
	 c)
	O empregado rural não faz jus ao seguro-desemprego, pois, nesta situação, não está em equivalência com o empregado urbano.
	 d)
	O seguro-desemprego está destinado aos trabalhadores que foram dispensados sem justa causa, que não tenham pedido demissão, sendo benefício temporário.
	3.
	Mario foi demitido sem justa causa, e, de acordo com a política interna da empresa, não pode cumprir o aviso prévio. Mário sabe que o aviso prévio é direito indispensável, haja vista o princípio da continuidade da relação de trabalho. Diante do exposto, qual o direito de Mário com relação ao aviso prévio?
	 a)
	Terá direito à metade do salário mensal.
	 b)
	Não tem direito ao recebimento, haja vista ter sido demitido sem justa causa.
	 c)
	Poderá cumpri-lo em casa.
	 d)
	Tem direito ao aviso prévio indenizado.
	4.
	Maria laborava há dois anos na empresa Jovem Malhas e estava insatisfeita com seu salário, motivo pelo qual a levou a pedir demissão. Durante o cumprimento do aviso prévio, acabou arrependendo-se, pois as ofertas de emprego ofereciam muito aquém do seu salário atual. O que Maria deve fazer para continuar trabalhando na empresa Jovem Malhas?
	 a)
	Deverá cumprir o aviso prévio e depois ser readmitida com novo salário e cargo.
	 b)
	Não existe possibilidade de continuar laborando na empresa, pois já está cumprindo o aviso prévio.
	 c)
	Deverá pagar uma multa, correspondente a dois salários mínimos, e após 30 dias poderá retornar ao antigo cargo.
	 d)
	Fazer pedido de reconsideração do aviso prévio.
	5.
	Como regra geral, a prestação do trabalho é feita durante o dia, contudo, sabe-se que também é possível a jornada noturna. Por tratar-se de trabalho mais árduo, ao empregado o legislador preocupou-se em fixar alguns diferenciais que distinguem o trabalho diurno e noturno. Sobre jornada noturna, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( ) É o trabalho prestado, via de regra, entre as 22 horas e 5 horas.
( ) Caso o empregado seja transferido para o período diurno, este perde o adicional noturno.
( ) A mulher não pode trabalhar no período noturno.
( ) O adicional de trabalho noturno estende-se também aos trabalhadores rurais.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	V - V - F - V.
	 c)
	F - F - F - V.
	 d)
	F - F - V - F.
	6.
	PIS PASEP é a sigla do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), que são contribuições sociais, devidas pelas empresas. O PIS/PASEP é também um programa de complementação de renda do governo. Sobre as exigências para que o colaborador tenha direito ao abono anual, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( ) O colaborador deve perceber até 2 salários mínimos mensais.
( ) O colaborador deve estar trabalhando ou ter trabalhado ao menos por 60 dias no decorrer do ano base.
( ) O colaborador deve possuir cadastro no PIS ou Cadastro Nacional do Trabalho há no mínimo 5 anos.
( ) O colaborador deve perceber até 6 salários mínimos anuais.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - F - V.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	F - V - F - V.
	 d)
	V - F - V - F.
	7.
	Todo empregado possui legalmente o direito da contraprestação pelos serviços realizados. No entanto, existem várias formas de o empregador fazê-lo, dentre elas o salário por unidade de tempo, unidade de obra e salário por tarefa. Com relação aos tipos de salários supracitados, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Os salários por tarefa e por obra levam em consideração a situação da unidade de tempo despendido.
	 b)
	O salário por unidade de obra tem por objetivo o resultado, levando em consideração o tempo despendido para a execução da obra.
	 c)
	Exemplos de salário por unidade de tempo são salário por hora, por dia, por semana.
	 d)
	O salário por tarefa leva em consideração o número de horas trabalhadas como fator preponderante.
	8.
	Estabilidade provisória no emprego é o tempo em que o colaborador tem seu emprego garantido, ou seja, a empresa não pode dispensá-lo, exceto por justa causa ou força maior. A respeito de estabilidade provisória no emprego, analise as afirmativas a seguir:
I- Todo o servidor público tem direito à estabilidade definitiva no emprego, desde o momento em que ingressa na função pública.
II- O representante da CIPA eleito pelos colaboradores da empresa tem estabilidade de emprego.
III- A colaboradora da empresa não possui nenhuma garantia de continuar trabalhando após a confirmação da sua gravidez.
IV- Todo o colaborador celetista que sofreu acidente de trabalho ou doença ocupacional tem direito assegurado de estabilidade no exercício de sua função na empresa de 12 meses, no mínimo.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas II e IV estão corretas.
	 b)
	Somente a afirmativa II está correta.
	 c)
	As afirmativas II, III e IV estão corretas.
	 d)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	9.
	A estabilidade provisória garante ao trabalhador a segurança de que não será demitido arbitrariamente ou sem justa causa durante o período em que perdurar a situação que gerou essa medida de proteção. Quanto à estabilidade provisória no emprego, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A gestante tem sua estabilidade de emprego desde a confirmação da gestação até o quinto mês após o parto.
	 b)
	Os representantes dos empregadores na CIPA têm estabilidade de um ano.
	 c)
	A candidatura registrada pelo dirigente sindical durante o aviso prévio garante sua estabilidade.
	 d)
	O acidentado tem garantida a estabilidade de emprego até sua plena recuperação e retorno às atividades na empresa.
	10.
	A estabilidade, de acordo com o disposto no art. 492 da CLT, garante que o empregado com mais de 10 (dez) anos na mesma empresa não seja demitido arbitrariamente, autorizando seu desligamento somente por motivo de falta grave ou força maior. A legislação contempla também algumas situações de estabilidade provisória, ou seja, a garantia de que o empregado não será demitido durante certo período de tempo. Sobre a estabilidade provisória, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
( ) A gestante possui estabilidade somente após o nascimento com vida da criança.
( ) O segurando afastado por auxílio-doença possui