Aula 2- Objetivo e Ambiente da Administração Financeira-convertido
6 pág.

Aula 2- Objetivo e Ambiente da Administração Financeira-convertido


DisciplinaMatemática Financeira40.648 materiais1.249.282 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Objetivo e Ambiente da Administração Financeira
Prof.ª Irvia Johnson
Objetivos e Ambiente da Administração Financeira
1. Objetivos e Funções do Administrador Financeiro
O objetivo econômico e financeiro de uma empresa e\u301 a maximização de seu valor de mercado, por meio de geração continua de lucro e caixa no longo prazo, executando as atividades inerentes ao seu objetivo social (a atividade principal que ela executa).
Existe uma correlação entre o lucro e o caixa, mas eles podem ser diferentes no aspecto temporal.
Uma empresa que gera lucro pode estar em dificuldade financeira por não gerar caixa. Exemplo: um acionista possua mil ações de uma companhia cotada a R$ 10 por ação. O patrimônio do acionista vale, então, R$ 10 mil. A companhia gera lucros constantes ou possui potencial de geração de caixa substancial e a ação passa a valer R$
O acionista e\u301 possuidor, então, de um patrimônio de R$ 20 mil, aumentando sua riqueza por meio do aumento do valor da empresa. Porém, se a empresa não possuir caixa (dinheiro), não conseguira\u301 distribuir dividendos.
Princípio Contábil da continuidade- uma empresa e\u301 criada com o propósito de existir eternamente.
Pesquisa do Sebrae-SP: 29% das MPE\u2019s fecham no 1º ano e 56% das MPE\u2019s fecham no em 5 anos.
A alta mortalidade poderia ser reduzida substancialmente se fossem eliminadas algumas deficiências de gestão empresarial, principalmente a falta de conhecimentos financeiros essenciais de seus administradores, tais como o planejamento financeiro e a margem de contribuição.
Função social- Uma empresa precisa ser lucrativa para poder destinar parte do lucro para função social, como o pagamento de tributos, treinamento dos funcionários, investimento em melhoria ambiental \u2013 Demonstração do Valor Agregado \u2013 DVA
O objetivo econômico e financeiro de uma família e\u301, também, de longo prazo e não difere, em sua essência, do conceito aplicado em empresas. \u2013 Maximização do Patrimônio \u2013 Continuidade
Atividades empresariais
Sob o aspecto financeiro, as atividades normalmente executadas em uma empresa podem ser agrupadas segundo o aspecto gerencial e ser classificadas em:
Operações;
Investimentos; e
Financiamentos.
As atividades de operações são decorrentes do objetivo social da empresa, ou seja, da finalidade para a qual ela foi criada e existe.
As atividades de investimento são executadas para dar suporte às atividades operacionais. Tem caráter permanente e de longo prazo. (Compra de máquinas para produção, prédios para funcionamento da loja, veículos para distribuição de mercadorias, investimentos financeiros (CDB, LTN).
As atividades de financiamento são executadas para suprir a empresa de recursos consumidos nas atividades operacionais e de investimento. Uma parte dos recursos pode ser paga com o caixa gerado pelas operações.
Funções do Administrador Financeiro
O gestor financeiro (ou administrador financeiro) tem papel fundamental em uma organização, seja ela empresa ou família, pois e\u301 a pessoa que vai planejar e controlar os recursos financeiros e orientar quanto a\u300 melhor forma de conduzir as atividades operacionais de curto e longo prazos, com base em conhecimentos técnicos e visão global do negócio.
Todas as atividades empresariais envolvem recursos e, portanto, devem ser conduzidas para a geração do lucro. As funções típicas do gestor financeiro de uma empresa são (HOJI, 2004, p. 25):
Análise, planejamento e controle financeiro;
Tomadas de decisões de investimentos; e
Tomadas de decisões de financiamentos.
As funções de análise, planejamento e controle financeiro consistem em coordenar, monitorar e avaliar todas as atividades da empresa (operação, investimento e financiamento), bem como participar ativamente das decisões estratégicas, planejando as atividades da empresa no longo prazo, mensurando os riscos em relação ao retorno esperado.
Essa função não significa simplesmente efetuar o registro de receitas e gastos e informar os valores; por meio da análise das causas da variação do valor efetivo (ou realizado) em relação ao planejado, a empresa faz ajustes no plano original, para eliminar as causas indesejáveis do desperdício e minimizar gastos.
As decisões de investimentos são tomadas para destinação dos recursos financeiros para aplicação em ativos circulantes e em ativos realizáveis a longo prazo e permanentes, mensurando a relação risco-retorno dos capitais alocados.
As decisões de financiamentos são tomadas para captação de recursos financeiros para o financiamento dos ativos circulantes e realizáveis a longo prazo e permanentes, considerando a combinação adequada dos financiamentos a curto e a longo prazos e o custo de capital.
A função financeira de modo geral, está organizada em duas áreas: gerência financeira e controladoria.
A gerência financeira abrange atividades de administração de caixa, crédito e cobrança, risco, câmbio, investimento, financiamento, planejamento e controle financeiro, relacionamento com acionistas e investidores e relacionamento com bancos.
A controladoria engloba atividades de administração de custos e preços, auditoria interna, avaliação de desempenho, contabilidade, orçamento, controle patrimonial, planejamento tributário, relatórios gerenciais e sistemas de informação financeira.
A administração financeira procura responder as seguintes questões fundamentais:
Quais investimentos de longo prazo são necessários?
Quais fontes de financiamentos são as mais adequadas para viabilizar os investimentos?
Qual a margem atende às exigências dos acionistas?
4- Qual a capacidade de geração de caixa do investimento?
Os administradores financeiros contribuem para o sucesso dos negócios empresariais ao darem respostas adequadas a essas questões.
Objetivo e Funções da Administração Financeira
Para o aluno, o estudo de administração financeira é importante, mesmo quando seus objetivos profissionais não estejam ligados diretamente a atividades financeiras, pois os recursos financeiros estão presentes em todas as atividades econômicas, políticas e sociais.
A maximização do lucro, tida por muito tempo como o objetivo principal da empresa, é objetivo impreciso, pois ações tomadas para maximizar os lucros atuais podem diminuir os lucros futuros e vice-versa. Exemplos disso são: retardar gastos com propaganda, deixar de fazer manutenção de instalações e equipamentos.
A maximização da riqueza é mais precisa porque envolve os conceitos de valor presente líquido, incorporando conceitos de risco, de custo de capital e de melhora da imagem da empresa.
Nas instituições não voltadas ao lucro, existem outros objetivos que não a maximização da riqueza. No entanto, essas organizações não prescindem da boa administração financeira, pois precisam garantir boa saúde econômico-financeira para sobreviver e para se desenvolver.
Ambiente Econômico e Financeiro das Empresas
As Empresas no Ambiente Econômico
As empresas compram, vendem, prestam serviços, pagam impostos, tomam recursos emprestados, enfim, interagem com outros agentes econômicos no país e no exterior. Essas relações ocorrem sob a vigência de normas legais, fiscais, fitossanitárias e outras. Inserem-se muitas vezes em acordos de comércio internacional e blocos econômicos.
As empresas, além de serem pressionadas por seus clientes, que
exigem melhores serviços e menores preços, são fiscalizadas por diversos órgãos governamentais. Muitas vezes, estão sujeitas a variações em suas condições de operação: demanda de seus produtos e serviços, custo do dinheiro, alterações nas leis regulatórias do setor de atuação, mudanças tributárias e variações na
conjuntura internacional. Esse conjunto de fatores caracteriza o ambiente econômico no qual a empresa está inserida.
Estruturas de Mercado
Concorrência Perfeita
Um mercado de Concorrência Perfeita é um tipo de mercado em que há um grande número de vendedores (empresas), de tal sorte que uma empresa, isoladamente, é insignificante, não afetando os níveis de oferta de mercado