Matrix
4 pág.

Matrix


DisciplinaLetras3.104 materiais13.948 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Atividade complementar - Ciclo de cinema:
O estudo das variadas modalidades textuais nos permite desenvolver um maior senso crítico sobre o mundo à nossa volta. Ora vivemos numa época bastante dinâmica em que culturas diversas se difundem de maneira extremamente rápida e, deste modo, nos é propício o contato com as mais variadas formas de expressão artística e conhecimento geral.
A própria maneira em que as muitas formas de socialização se relacionam tem, cada vez mais, se tornado comuns umas às outras. Assim, quem produz acaba por ter à sua disposição um arsenal informativo que, talvez, em outra época não viesse a ser tão facilmente assimilado.
Recursos como o de intertextualização já não são novidade nas diversas mídias que nos são apresentadas todos os dias, aliás, estas se tornaram indispensáveis para que o produto seja considerado de boa qualidade.
O Produto abordado nesta atividade complementar é um dos maiores exemplos, quando o assunto é estabelecer conexões e estabelecer relações com outras mídias externas relevantes.
Matrix
Título original \u2013 The Matrix
Lançado em 1999, o filme alcançou grande repercussão mundial e muito disto se deve aos, para época, incríveis efeitos especiais. Os produtores revolucionaram a indústria do cinema com técnicas inovadoras, muitas vezes, concebidas por meio de improviso e resultado final acabou por ser assimilado de maneira bastante positiva pela crítica e audiência.
Entretanto, além do visual, a obra tem muito a oferecer para quem já tenha apurado os sentidos e consiga interpretar as diversas mensagens subliminares inseridas na história apresentada.
Os, como são mundialmente conhecidos, Irmãos Wachowski são bastante competentes quando o assunto é intertextualização. Em seus filmes, sempre buscam associar o maior número de informações complementares que lhes for possível. Isto ao que, muito provavelmente, se deve ao fato de que eles são assíduos fãs de literatura, à qual, têm grande habilidade em mesclar com conceitos científicos de física aplicada, questões históricas, religião, filosofia, política e sociologia. 
Das muitas referências que o filme faz podemos destacar:
A Alegoria da Caverna de Platão \u2013 Esta talvez seja a mais marcante dentre todas as conexões, pois que o filme pode ser considerado uma releitura direta do tema abordado por Platão em seu livro \u201cA República\u201d. O filósofo apresenta um suposto diálogo entre Sócrates e Glauco, no qual, o Mestre discorre sobre a relação dos homens para com sua percepção da verdade no mundo segundo lhes é apresentada.
\u201cSócrates: Agora imagine a nossa natureza, segundo o grau de educação que ela recebeu ou não, de acordo com o quadro que vou fazer. Imagine, pois, homens que vivem em uma morada subterrânea em forma de caverna. A entrada se abre para a luz em toda a largura da fachada. Os homens estão no interior desde a infância, acorrentados pelas pernas e pelo pescoço, de modo que não podem mudar de lugar nem voltar a cabeça para ver algo que não esteja diante deles. A luz lhes vem de um fogo que queima por trás deles, ao longe, no alto. Entre os prisioneiros e o fogo, há um caminho que sobe. Imagine que esse caminho é cortado por um pequeno muro, semelhante ao tapume que os exibidores de marionetes dispõem entre eles e o público, acima do qual manobram as marionetes e apresentam o espetáculo.
Glauco: Entendo
Sócrates: Então, ao longo desse pequeno muro, imagine homens que carregam todo o tipo de objetos fabricados, ultrapassando a altura do muro; estátuas de homens, figuras de animais, de pedra, madeira ou qualquer outro material. Provavelmente, entre os carregadores que desfilam ao longo do muro, alguns falam, outros se calam.\u201d 
Em Matrix, os seres humanos vivem exatamente com como os cativos da caverna de Platão. Neste mundo (atenção spoilers) estão todos aprisionados numa espécie de programa de realidade virtual que simula, segundo o enredo, o ápice de desenvolvimento da sociedade humana e não têm consciência da terrível realidade, o fato é que todos são escravos de máquinas conscientes que os utiliza como reservas e energia elétrica.
\u201cVocê Já teve algum sonho do qual estivesse certo que fosse real? E se fosse incapaz de acordar desse sonho... Como conseguiria distinguir a diferença entre o mundo do sonho e o mundo real? (Morpheus)\u201d
Bíblia \u2013 Outro ponto muito explorado no enredo do filme é justamente a religiosidade do ponto de vista do cristianismo. São várias as referências, tais como:
O pseudônimo Neo que a personagem Thomas A. Anderson, interpretado por Keanu Reeves, utiliza em suas atividades enquanto hacker e que, posteriormente, ele assume de maneira definitiva é na verdade um anagrama da palavra \u201cone\u201d que pode ser entendido como \u201cúnico\u201d, ou ainda \u201cescolhido\u201d. Na Bíblia Jesus é o escolhido, o único;
Jesus e Neo, seriam os responsáveis por mostrar a \u201cverdade\u201d às pessoas do mundo;
O nascimento de ambos é apresentado como imaculado;
Eles evoluem após o evento de um suposto batismo;
Morrem e ressuscitam para acenderem como salvadores;
O nome personagem Trinity, vivida pela atriz Carrie-Anne Moss, seria uma referência à Santíssima Trindade;
A placa da nave de Morpheus "Marck III, nº 11 - Nabuchadnezzar. Made in USA year 2069" é uma clara alusão ao Evangélico de Marcos.
\u201cQuando os espíritos imundos o viam, prostravam-se diante dele e gritavam: Tu és o Filho de Deus! \u2013 (Marcos 3:11)\u201d 
Outra relação seria o nome da última cidade humana fora da Matrix \u201cZion\u201d, que deriva da palavra hebraica \u201cTzion\u201d que significa \u201ccume\u201d e que originalmente era o nome dado à fortaleza Jebusita. Ficava na colina a sudeste de Jerusalém e foi chamada de monte Tzion e, posteriormente, traduzido para o português como Monte Sião. O local tornou-se sinónimo da Terra de Israel, a Terra Prometida.
No filme também podemos notar outras referências menos declaradas...
Sociologia: Livro "Simulacros e Simulação" de Jean Baudrillard;
Literatura: Livros "Alice no País das Maravilhas" de Lewis Carroll e "O Mágico De Oz" de Lyman Frank Baum.
Por fim, deixo um link para o filme em HD no site YouTube: (pago)
https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=6tuPsLakiqg
Pesquisa:
Uma produção cinematográfica estado-unidense e australiana de 1999, dos gêneros ação e ficção científica, dirigido pelos irmãos Wachowski e protagonizado por Keanu Reeves e Laurence Fishburne. 
Lançado em março de 1999, Matrix custou 65 milhões de dólares e rendeu mais de 456 milhões. Matrix Reloaded, lançado em novembro de 2002, custou 127 milhões, mas já faturou mais 740 milhões e entrou para a lista dos filmes mais vistos da história. A continuação foi também o primeiro filme a arrecadar mais de 100 milhões em um único final de semana. Só no Brasil, mais de 5 milhões de pessoas foram ao cinema prestigiar a segunda parte da trilogia.
Matrix foi escrito como uma trilogia (Matrix, Matrix Reloaded, Matrix Revolutions). Todos os filmes viraram sucesso de bilheteria. Os fãs do estilo cyberpunk consideram a trilogia inteira uma obra prima. Matrix é uma obra de arte multimídia, a história inteira do universo Matrix está presente nos 3 filmes, em 9 desenhos animados, chamados Animatrix (o primeiro desenho conta uma história que se passa entre o primeiro e o segundo filme da trilogia), em histórias em quadrinhos (lançadas apenas nos Estados Unidos) e no jogo Enter the Matrix(que completa a história do filme Matrix Reloaded).
Data de lançamento: 31 de março de 1999 (EUA)
Direção: Andy Wachowski e Lana (Larry) Wachowski
Continuação: Matrix Reloaded (2003) e Matrix Revolutions (2003)
Música composta por: Don Davis
Elenco: Elenco: Keanu Reeves, Laurence Fishburne, Carrie-Anne Moss, Hugo Weaving, Gloria Foster, Joe Pantoliano, Marcus Chong, Julian Arahanga, Matt Doran, Belinda McClory
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Matrix
Sinopse e detalhes:
Em um futuro próximo, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais