Atividade 04 Respondida
5 pág.

Atividade 04 Respondida

Pré-visualização3 páginas
Revisar envio do teste: ATIVIDADE AVALIATIVA
4
Usuário NICOLLI ANDREA SAID
Curso Bloco 2 - DIR05093 DIREITO EMPRESARIAL PNA (ON) - 201910.4.01
Teste ATIVIDADE AVALIATIVA 4
Iniciado 27/05/19 10:57
Enviado 27/05/19 15:22
Status Completada
Resultado da tentativa 2,25 em 2,5 pontos  
Tempo decorrido 4 horas, 24 minutos
Resultados exibidos Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
Pergunta 1
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
A partir da Carta Política de 1988, o princípio da capacidade contributiva foi introduzido ao sistema tributário
brasileiro, instrumento este que essencial para a igualdade de arrecadação. Pois os tributos diretos são os
únicos aptos a promover a distribuição justa da carga tributária. 
  
Em relação a aquisição e alienação da propriedade, o imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana
\u2013IPTU: 
  
I.  trata-se de um impostor extra\ufffdscal, competência da União, tem como fato gerador a propriedade, o domínio
útil ou a posse de imóvel. 
II. trata-se de um imposto de natureza \ufffdscal, de competência dos Municípios, tem como fato gerador a
propriedade, o domínio útil ou a posse de bem imóvel. 
III. a base de cálculo é o valor venal do imóvel, não se considera o valor dos bens móveis mantidos em caráter
permanente ou temporário para utilização, exploração, aformoseamento ou comodidade. 
  
É correto apenas o que se a\ufffdrma em
II e III, apenas.
II e III, apenas.
Resposta correta. O imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana \u2013IPTU trata-se de
um imposto de natureza \ufffdscal, de competência dos Municípios, tem como fato gerador a
propriedade, o domínio útil ou a posse de bem imóvel. A sua base de cálculo é o valor venal do
imóvel, não se considera o valor dos bens móveis mantidos em caráter permanente ou
temporário para utilização, exploração, aformoseamento ou comodidade. E o Imposto sobre
Propriedade Territorial Rural \u2013 ITR é que trata-se de um impostor extra\ufffdscal, competência da
União, tem como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou a posse de imóvel.
Pergunta 2
\u201cA instituição da Contribuição de Melhoria tem como fato gerador a realização de obras públicas que
ocasionam valorização nos imóveis dos contribuintes. Origina-se da máxima de \u201cproibição ao enriquecimento
sem causa\u201d, evitando que o particular experimente aumento patrimonial às custas de receitas do Poder
Público. O acréscimo de riqueza alcançado pela valorização do imóvel, em decorrência da obra pública,
desenvolverá o dever de ressarcimento aos cofres públicos dos custos efetivados\u201d. 
NOVAIS, R.  Direito Tributário . 3ª edição. São Paulo: Editora Método. 2018, p. 62. 
  
Quanto a Contribuição de Melhoria con\ufffdgurada pelo artigo 81 do Código Tributário Nacional: 
  
I.  trata-se de tributo de competência comum, que pode ser instituído pela União, Estados, Distrito Federal e
0,25 em 0,25 pontos
0,25 em 0,25 pontos
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
Municípios, de acordo com o ente que realizar obra que valorize bem imóvel do contribuinte. 
II. tem como fato gerador vinculado a realização de obra pública que valorize o imóvel do contribuinte, razão
pela qual é caracterizado como tributo vinculado. 
III. a contribuição relativa a cada imóvel deve ser determinada pelo rateio da parcela do custo da obra a que se
refere a alínea \u201cc\u201d, do inciso I, pelos imóveis situados na zona bene\ufffdciada em função dos respectivos fatores
individuais de valorização (art. 82, §1º, CTN). 
  
É correto apenas o que se a\ufffdrma em
I, II e III.
I, II e III.
Resposta correta. Conforme artigo 81 do Código Tributário Nacional a Contribuição de
Melhoria, trata-se de tributo de competência comum, que pode ser instituído pela União,
Estados, Distrito Federal e Municípios, de acordo com o ente que realizar obra que valorize bem
imóvel do contribuinte. Tem como fato gerador vinculado a realização de obra pública que
valorize o imóvel do contribuinte, razão pela qual é caracterizado como tributo vinculado. E a
contribuição relativa a cada imóvel deve ser determinada pelo rateio da parcela do custo da obra
a que se refere a alínea \u201cc\u201d, do inciso I, pelos imóveis situados na zona bene\ufffdciada em função dos
respectivos fatores individuais de valorização (art. 82, §1º, CTN).
Pergunta 3
Resposta
Selecionada:
Resposta
Correta:
Feedback
da
resposta:
O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) também de competência da União, possui \ufffdnalidade extra\ufffdscal
no que tange a atuação do poder público no cenário econômico do país com ações de estímulo ou proteção das
atividades \ufffdnanceiras. 
  
O Imposto sobre Operações Financeiras possui em seu fato gerador, EXCETO:
quanto às operações estrangeiras no desembaraço aduaneiro, na saída do produto
industrializado dos estabelecimentos industriais ou equiparados e na arrematação em leilão.
quanto às operações estrangeiras no desembaraço aduaneiro, na saída do produto
industrializado dos estabelecimentos industriais ou equiparados e na arrematação em leilão.
Resposta correta. O Imposto sobre Operações Financeiras possui em seu fato gerador quanto às
operações relativas a títulos e valores mobiliários, a emissão, transmissão, pagamento ou resgate
destes, na forma da lei aplicável; quanto às operações de seguro, a sua efetivação pela emissão da
apólice ou do documento equivalente, ou recebimento do prêmio, na forma da lei aplicável; 
quanto às operações de crédito, a sua efetivação pela entrega total ou parcial do montante ou do
valor que constitua o objeto da obrigação, ou sua colocação à disposição do interessado; quanto
às operações de câmbio, a sua efetivação pela entrega de moeda nacional ou estrangeira, ou de
documento que a represente, ou sua colocação à disposição do interessado. É característico do
IPI às operações estrangeiras no desembaraço aduaneiro, na saída do produto industrializado
dos estabelecimentos industriais ou equiparados e na arrematação em leilão.
Pergunta 4
\u201cEm países como o Brasil, nos quais há a clara percepção de que a carga tributária imposta sobre as pessoas é
desproporcional aos serviços prestados pelo Estado, os tributos, apesar de compulsórios, geram o senso
comum de injustiça, o que poderia levar o cidadão a indagar o porquê de suportar tal ônus sem a devida
contraprestação pública\u201d. 
CAPARROZ, R.  Direito Tributário Esquematizado . 2ª edição. São Paulo: Editora Saraiva. 2018, p. 44. 
  
De acordo com o princípio da uniformidade, os tributos devem ser uniformes em todo o território nacional.
Contudo à União tratamento diferenciado e personalizado em casa Estado. 
  
PORQUE 
  
Já o princípio da progressividade a alíquota cresce à medida que se eleva a quantidade ou valor da coisa
0,25 em 0,25 pontos
0,25 em 0,25 pontos
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
tributada, em contraste com a relação constante dos impostos proporcionais. 
  
Em conformidade com o texto proposto, assinale a opção correta em relação as asserções.
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
Resposta correta. No princípio da uniformidade os tributos devem ser uniformes em todo o
território e é vedado à União instituir tributo não uniforme no território nacional, o que garante
a não discriminação de um Estado em relação ao outro. E sim no princípio da progressividade a
alíquota cresce à medida que se eleva a quantidade ou valor da coisa tributada, em contraste
com a relação constante dos impostos proporcionais.
Pergunta 5
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Feedback
da
resposta:
A tributação tem como papel, exigir da sociedade parcelas de suas riquezas para a manutenção das ações
públicas, os entes políticos não foram instituídos de \ufffdnalidade de exploração de atividades econômicas