PROCESSO DO TRABALHO 1 - AULA 5
2 pág.

PROCESSO DO TRABALHO 1 - AULA 5


Disciplina<strong>direto</strong>53 materiais1 seguidores
Pré-visualização1 página
PROCESSO DO TRABALHO 1 \u2013 AULA 5 (21/03/2019)
(CONTINUAÇÃO AULA 4)
5- HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS
São devidos pela mera sucumbência, ainda que o advogado esteja em causa própria entre 5% e 15% da liquidação do julgado, do proveio econômico obtido ou do valor da causa atualizado, havendo a condenação parcial haverá a sucumbência recíproca, sendo proibida a compensação entre os honorários e, sendo vencido o beneficiário da justiça gratuita será condenado a pagar os honorários advocatícios dos créditos obtidos, ainda que em outro processo e sendo a ação totalmente improcedente a sucumbência ficara sob condição suspensiva a partir do transito em julgado da decisão, pelo prazo de 2 anos, após esse prazo, extingue-se a obrigação, nos termos do art. 791-A e seus parágrafos da CLT.
Observação: A sumula 219 do TST ficou prejudicada a partir da lei 13.467/17, pois o art. 791-A da CLT, trata dos honorários de sucumbência.
6- REPRESENTAÇÃO POR ADVOGADOS (Art. 791, 3°, CLT)
Jus Postulandi \u2013\u2013\u2013> Art. 791 da CLT e sumula 425, TST
Procuração/Mandato: \u2013 Tácito ou procuração \u201cApud Acta\u201d \u2013> definição abaixo
 \u2013 Verbal \u2013> Art. 791, §3°, CLT
Estando a parte representada por advogado o mandato, conforme art. 791, §3° pode ser verbal, quando o advogado requer que seu nome fique consignado na ata da audiência com o consentimento da parte representada.
Mandato Tácito: Consiste no conjunto de atos praticados pelo advogado a favor da parte representada, mas o TST, conforme a OJ 200 da SBDI-1 entende ser invalido o substabelecimento passado por advogado investido de mandato tácito.
Observação: 1) Sumula 427 do TST = Pluralidade de advogados
 2) Sumula 456 do TST = Representação de Pessoa Jurídica
 3) OJ 255 da SBDI-1 TST
CASO 04
Não, pois a partir da lei 13.467/17 que acrescentou o parágrafo 4° ao art. 790 da CLT a parte desse comprovar a insuficiência de recursos, ficando prejudicada a sumula 463-I do TST (o item II continua valendo).
Questão objetiva: 1- C (sumula 425, TST) | 2- A (art. 791, §3°, CLT)
PLANO DE AULA 5
1- ATOS PROCESSUAIS
São praticados pelas partes, pelo juiz e por todos aqueles envolvidos na relação processual, como serventuários, interpretes, perito, oficial de justiça, etc.
Os atos processuais serão públicos salvo quando o contrário determinar o interesse social, e realizar-se-ão nos dias úteis das 6 horas às 20 horas, conforme art. 770, CLT.
A penhora poderá realizar-se em domingo ou dia feriado, mediante autorização expressa do juiz ou presidente, conforme art. 770, p.u, CLT.
As formas dos atos e termos processuais poderão ser escritos a tinta, datilografados ou a carimbo, conforme art. 771 da CLT.
Exemplos de atos:
\u2013 Atos do reclamante = Ajuizamento da reclamação trabalhista
\u2013 Atos do reclamado = Defesa, reconvenção, etc.
\u2013 Atos do julgador = 1- Decisão Interlocutória
 2- Despacho
 3- Decisão com resolução do mérito
 4- Decisão sem resolução do mérito
2- TERMOS PROCESSUAIS
O termo é a reprodução gráfica de um ato praticado oralmente (escrito). Exemplo: Depoimento pessoal das partes reduzido a termo; Inquirição de testemunhas; Defesa oral; Reclamação trabalhista verbal. Conforme os artigos 820, 848, 840 e 847 da CLT.
3- PRAZOS PROCESSUAIS
1° Momento: A parte toma conhecimento do ato que deve ou não pratica como. Como toma conhecimento? (Art.774, CLT) = Pessoalmente; Publicação no Diário Oficial; Notificação via postal (p.u, Art. 774, CLT); Edital afixado na sede do juízo ou tribunal.
2° Momento: Inicio da contagem, conforme art. 775 da CLT.
Observação: Quando a notificação for via postal (correios), segundo a sumula 16 do TST, presume-se recebida após 48 horas da sua postagem, constituindo ônus do destinatário prova o seu não recebimento, assim o início da contagem do prazo, é a partir do dia seguinte as 48 horas.