Aula 1 - Hematopoese 2018 2 - Copia
23 pág.

Aula 1 - Hematopoese 2018 2 - Copia


DisciplinaHematologia3.517 materiais22.519 seguidores
Pré-visualização1 página
HEMATOPOESE
PROFA. SALVINA MARIA DE CAMPOS
2018.2
HEMATOPOESE
\u2022 A hematopoese, também conhecida
como hemocitopoese ou hematopoiese é o processo de renovação
renovação celular do sangue por meio de processos mitóticos.
\u2022 Vida média da hemácia: 120 dias.
\u2022 Vida média dos leucócitos: 4-8 horas na circulação... 4-5 dias nos tecidos.
Qual a proporção entre o número de células vermelhas e brancas do sangue 
sangue circulante?
HEMATOPOESE
\u2022 A hematopoese, também conhecida
como hemocitopoese ou hematopoiese é o processo de renovação
celular do sangue por meio de processos mitóticos, pois estas células
possuem vida muito curta.
\u2022 Vida média da hemácia: 120 dias.
\u2022 Vida média dos leucócitos: 4-8 horas na circulação... 4-5 dias nos tecidos.
Qual a proporção entre o número de células vermelhas e brancas do sangue circulante?
R: Número médio de hemácias circulantes: 5.000.000/mm3
Número médio de leucócitos circulantes: 5-8.000/mm3
Proporção: 1/1000.
ONDE OCORRE A HEMATOPOESE?
\u2022 Vida intrauterina:
\u2022 Até a sexta semana: ilhotas sanguíneas do saco vitelínico;
\u2022 Após a sexta semana: fígado fetal até a 20ª semana.
\u2022 A partir da 21ª semana: principalmente a MO.
\u2022 Após o nascimento:
\u2022 Exclusivamente a MO.
COMO É A MEDULA ÓSSEA?
\u2022 A medula óssea é um órgão difuso, porém volumoso e muito ativo. Está localizado dentro
do canal medular dos ossos longos e nas cavidades dos ossos esponjosos.
\u2022 Medula óssea vermelha: nos recém-nascidos, esta medula é muito ativa na produção de
células sanguíneas. Com o avanço da idade, a maior parte dessa medula transforma-se em
medula óssea amarela, sendo que no adulto, a vermelha é encontrada apenas no esterno,
vértebras, costelas, díploe dos ossos do crânio e, no adulto jovem, nas epífises proximais do
fêmur e do úmero.
\u2022 Medula óssea hematógena: presença de eritrócitos em diferentes estágios de maturação.
\u2022 Medula óssea amarela: rica em células adiposas e não produz mais células sanguíneas, exceto
em casos de hemorragias, onde a medula óssea amarela pode transformar-se em medula óssea
vermelha e voltar a produzir células do sangue.
Tecido adiposo
Celularidade da medula óssea: (VN: limite mínimo = 30%)
Criança: 60 - 100%
> 20 anos: 60 - 80%
> 60 anos: ~40% 
> 80 anos: 20 - 30%
Medula óssea vermelha X amarela
Celularidade
TECIDO HEMATOPOÉTICO
FUNÇÕES DA MEDULA ÓSSEA
\u2022 Produção de células sanguíneas
\u2022 Função retículo-endotelial (fagocitose)
\u2022 Processamento de antígenos
\u2022 Síntese de anticorpos
\u2022 Regulação do volume sanguíneo
O PAPEL DA MEDULA ÓSSEA
\u2022 Para a manutenção do pool
de células hematopoiéticas de
um adulto que pesa em média
70 kg, a medula óssea (MO)
deve produzir cerca de 1
trilhão de células por dia.
O PAPEL DA MEDULA ÓSSEA
os glóbulos vermelhos
(hemácias), os glóbulos
brancos (leucócitos) e as
plaquetas são formados a
partir de uma célula
indiferenciada, pluripotente,
chamada célula-tronco.
a) Auto-regeneração das células tronco: 
b) Restrição (commitment) 
- divisão assimétrica das células-tronco: 1 célula com características originais e
outra sofre diferenciação para um único tipo celular (restrição).
- capacidade de auto-renovação e pluripotencialidade.
c) Proliferação e diferenciação
- Sob efeito de citocinas e fatores de crescimento
diferenciação em 2 tipos de células progenitoras:
1) Precursor linfóide \uf0ae linfócitos B e T
2) Precursor mieloide \uf0ae granulocítica-monocítica 
\uf0ae eritrocítica-megacariocítica
O que determina qual célula será formada a partir da célula tronco hematopoiética?
\u2022 O controle da proliferação, diferenciação e maturação destas
células é feito através de uma complexa interação molecular
das células com o microambiente da medula óssea. Este
microambiente complexo produz glicoproteínas solúveis
genericamente chamadas de citocinas, que controlam a
mitose e a diferenciação das células hematopoéticas.\ufeff
O PAPEL DA MEDULA ÓSSEA
\u2022 Estroma: constituído por um componente celular (fibroblasto,
adipócitos, macrófagos, linfócitos e células endoteliais) e um
componente acelular que é representado pela matriz extracelular.
\u2022 Células Hematopoiéticas: células tronco, células precursoras e células
diferenciadas.
MEDULA ÓSSEA E SEUS COMPARTIMENTOS
\u2022 Estroma: constituído por um componente celular (fibroblasto,
adipócitos, macrófagos, linfócitos e células endoteliais) e um
componente acelular que é representado pela matriz extracelular:
MICROAMBIENTE
\u2022 Células Hematopoiéticas: células tronco, células precursoras e células
diferenciadas.
Regula a hematopoiese
MEDULA ÓSSEA E SEUS COMPARTIMENTOS
REGULAÇÃO DA HEMATOPOESE 
\u2022 Estroma produz diversas citocinas e fatores de crescimento.
\u2022 Possui também a matriz extracelular composta por várias proteínas e 
glicoproteínas.
\u2022 As células hematopoiéticas possuem receptores para citocinas e 
fatores de crescimento
CÉLULAS HEMATOPOIÉTICAS
\u2022 Células tronco: são definidas por sua capacidade de reconstituir a 
hematopoese em longo prazo e de forma completa. Realizam divisão celular 
assimétrica, ou seja, se dividem e dão origem a uma célula tronco (auto-
regeneração) e a uma célula tronco precursora comprometida.
\u2022 Células precursoras: não possuem potencial de auto-regeração e já são 
comprometidas com uma determinada diferenciação.
\u2022 Células diferenciadas: constituem a maior parte das células da MO e realizam 
apenas algumas divisões celulares. São células especializadas e que sofreram 
modificações irreversíveis.
EXERCÍCIO
\u2022 Caracterize o microambiente medular necessário (citocinas e 
fatores de crescimento) para a produção e diferenciação das 
seguintes células:
\u2022 Neutrófilo
\u2022 Linfócito B
\u2022 Linfócito T
\u2022 Monócito
\u2022 Eritrócito