Buscar

AD1 2019 1 Questões Étnicas e de Gênero

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES
FACULDADE DE EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO CECIERJ /Consórcio CEDERJ / UAB
Curso de Licenciatura em Pedagogia – modalidade EAD
AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA 1 2019.1
Disciplina: Questões Étnicas e de Gênero
Coordenador (a): Prof. Maria Alice Rezende Gonçalves 
Aluno(a): Matr.:
Polo: Petrópolis
O campo educacional tem experenciado nas últimas décadas o fortalecimento do debate acerca das Questões Étnico-Raciais e de Gênero. Um dos sintomas da maior visibilidade das temáticas citadas é a preocupação de professores em discutir em sala de aula aspectos ligados à desigualdade racial e de gênero. Nesse contexto, filmes têm sido utilizados como ferramentas para o fomento e auxílio do debate no espaço escolar.
Tendo em vista o exposto acima, leia as 4 primeiras aulas do curso e assista aos curtas-metragens “Acorda, Raimundo... Acorda!”, do diretor Alfredo Alves e “Vista Minha Pele”, do diretor Joel Zito Araújo, para responder as seguintes questões:
Os dois curtas têm algum ponto em comum? Qual (ais)? (4,0 pontos) (resposta: máximo de 10 linhas)
 Sim, os dois filmes buscam despertar a empatia de todos os telespectadores os levando a reflexões sobre temas como desigualdades de gênero e étnicas que estão entranhados em nossa história que faz parte do nosso cotidiano e somos levados a perpetuar tais desigualdades, Comportamentos são repetidos em nossa sociedade e que muitas vezes parecem ser tão normais e acabamos perpetuando conceitos e valores sem a devida reflexão sobre os temas. Através dos longas-metragens podemos sentir na pele como é estar no lugar do outro. Possibilitando até mesmo as mulheres e negros terem a possibilidade de lutar por seus direitos.
O mito da democracia racial é um dos temas abordados ao longo da aula 4. O curta-metragem “Vista Minha Pele” pode ser usado como ferramenta para desconstruir o mito citado? Por quê? (3,0 pontos) (resposta: máximo de 10 linhas) 
 Vivemos em uma democracia, mas nem todos temos os mesmos direitos, através do filme podemos perceber que não é desta forma, existe um abismo de desigualdades entranhados na história de nossa sociedade que desvaloriza a cultura riquíssima dos negros e tão importante na formação do povo brasileiro, de nossa cultura e de nossa história. Perpetuando anos de desigualdades desde a escravidão. Infelizmente até mesmo nas escolas a cultura das elites e dos brancos são mais valorizados, gerando o fracasso e evasão escolar das classes desfavorecidas por não tendo acesso a uma boa educação. Não permitindo para muitos a possibilidade se ascensão social, ocupando assim os cargos com baixos salários de trabalho braçal, É preciso que cada vez mais movimentos sociais na busca por mais direitos igualitários.
Uma professora de uma turma da Educação de Jovens e Adultos identificou o gênero como um forte marcador de desigualdade. A mesma decidiu elaborar um plano de aula para debater o tema com os educandos e escolheu o curta “Acorda, Raimundo... Acorda” como um dos recursos. Cite 2 objetivos que podem ser alcançados a partir da utilização do curta-metragem citado: (3,0 pontos) 
Objetivos:
1 - Favorecer a reflexão e a conscientização para a equidade entre os gêneros.
2 - Aprender que o machismo está entranhado em nossa sociedade, levando-os ao debate sobre suas consequências com diversos problemas sociais como desigualdade, violência doméstica e feminicídios.
Curta-Metragem “Acorda, Raimundo... Acorda!”: https://www.youtube.com/watch?v=HvQaqcYQyxU&t=18s Acesso em: 10/02/2019. 
Curta-Metragem: “Vista Minha Pele”: https://www.youtube.com/watch?v=LWBodKwuHCM&t=26s Acesso em: 09/02/2019 
� PAGE �1�

Outros materiais