A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Poder Administrativo

Pré-visualização|Página 1 de 1

Poder Administrativo

O que é Poder Administrativo?

É importante notar e não confundir que os poderes da administração pública estão inseridos dentro dos poderes políticos (executivo, legislativo e judiciário) e não o contrário.

O poder administrativo é um mecanismo/ferramenta utilizado pelos agentes administrativos com finalidade de concluir as necessidades de interesse público. Estas ferramentas se dividem em, fundamentalmente, seis vertentes, sendo elas o poder hierárquico, poder disciplinar, poder de polícia, poder normativo, poder vinculado e poder discricionário. Dessa maneira, verificamos que todas essas vertentes do poder administrativo devem sobrepor as vontades individuais em prol do interesse coletivo.

Poder Hierárquico

O poder hierárquico é algo bem básico mas de extrema importância para o setor administrativo. Ele existe devido a base de hierarquização da Administração, então, cabe a este poder manter o controle, a fiscalização e a aplicação de sanções. Além disso, este poder atribui prerrogativas aos superiores na hierarquia a passar ordens aos seus subordinados.

Condensando, este poder existe apenas no âmbito do órgão da Administração Pública.

HTML image 0
Poder Hierárquico

Poder Disciplinar

Este poder está intrinsecamente ligado ao poder hierárquico, uma vez que o poder hierárquico tem controle sobre as sanções e o poder disciplinar está em incumbido de punir. Entretanto, está punição é aplicada apenas a funcionários públicos e agentes que são contratados.

Outra maneira de colocar a forma com que o poder disciplinar atua é entender que qualquer pessoa, sendo física ou jurídica, que cometa alguma infração administrativa poderá enfrentar a punição deste poder.

Em resumo, esta modalidade relaciona-se com a atuação das autoridades públicas e pessoas com vínculo especial com a Administração. Aplica medidas disciplinares, isto é, punições. Os exemplos de multas são multas, interdições de estabelecimentos etc.

HTML image 1
Poder Disciplinar

Poder Polícia

O poder de polícia condiciona, isto é, restringe direito particulares, como por exemplo, direito com relação a propriedade, direito a liberdade. Em outras palavras este poder irá, basicamente, adequar o poder particular ao interesse público.

HTML image 2
Poder de Polícia

Poder Regulamentar

O poder regulamentar (também denominado como Poder Normativo) é exercido pelo chefe do Poder Executivo, isto é, pessoas que atuam como prefeito, governador e presidente. Este poder é incumbido de editar atos administrativos normativos, ou seja, o que este poder faz é, basicamente, criar regulamentos e, também, decretos. Um bom exemplo para esta modalidade de poder é o decreto-lei criado pelo Presidente da República para permitir o porte de arma de fogo para civis.

HTML image 3
Poder Regulamentar

Poder Vinculado

Este poder baseia-se em um princípio básico de seguir a regra existente, isto é, o poder se inclina nos contornos da lei, pois a lei estabelece como o processo deve ocorrer, quando deve ocorrer e onde deve acontecer. Além disso, este poder preza por recorrer a cinco princípios básicos, sendo eles objetivo, competência, motivo, forma e finalidade.

Em resumo, neste poder não existe liberdade de escolha. Cumpre os exatos ditames da lei.

HTML image 4
Poder Vinculado

Poder Discricionário

Assim como o poder vinculado, este poder se inclina em propriedades de outros poderes, isto é, ele também se baseia nos padrões da lei. Entretanto, nesta modalidade de poder, apesar de ela ser guiado pelas estruturas da legislação, as autoridades que a aplicam têm a liberdade (dentro dos limites legais) de utilização do bom senso para escolher entre diversas prerrogativas disponíveis na situação. Dessa forma, este poder é exercido apenas quando a lei dispõe a liberdade de escolha para o agente que o aplica a fim de favorecer o interesse público. É importante ressaltar que, estas decisões dos agentes sempre são ponderadas considerando razoabilidade e proporcionalidade.

Em síntese, neste poder há juízo de oportunidade e convivência. Obedece a moldura da lei.

HTML image 5
Poder Discricionário