A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Layout em Linha

Pré-visualização|Página 1 de 1


LAYOUT EM LINHA

Layout, segundo o International Labour Office, Genebra, é “A posição relativa dos departamentos, seções ou escritórios dentro do conjunto de uma fábrica, oficina ou área de trabalho manual ou intelectual; dentro de cada departamento ou seção; dos meios de suprimento e acesso às áreas de armazenamento e de serviços, tudo relacionado dentro do fluxo de trabalho”, tendo assim como principal objetivo provir a melhor relação entre espaço físico, equipamentos, custo, mão de obra, logística etc. para alcançar a maior produção possível de dada mercadoria mantendo um alto nível de controle de qualidade. Dentre os inúmeros tipos de layouts pode-se destacar:

  • Por processo ou funcional;
  • Tecnologia de grupo ou celular;
  • Por produto ou em linha;
  • Por posição fixa;
  • Combinados.

A escolha do layout depende de uma série de fatores como o volume de produção, o produto em si e o processo de produção. Iremos, portanto focar em um layout específico, o layout em linha detalhado a baixo.


Funcionamento

O layout em linha possui um funcionamento característico em que todo o equipamento de produção e o maquinário estão arranjados de forma que sigam a sequência das operações produtivas, de forma que os materiais ao entrarem na linha de produção sempre sigam a mesma sequência, isto é, a mesma linha entre cada processo. Assim o produto inicia de um lado da linha e move entre operações mais rapidamente o possível, com mínimo esforço, manuseio e espaço de armazenamento. O esquema do funcionamento do layout está demostrado na figura a seguir, em que cada quadrado representa um estágio da produção do produto.



HTML image 0
Esquema Layout em linha


Vantagens

Assim como todos os layouts, o layout em linha possui vantagens comparadas aos outros:

  • Simples e fácil controle da produção;
  • Layout compacto, pouco espaço ocupado por material em trânsito ou temporariamente armazenado;
  • Reduz o tempo de processamento total;
  • Canaliza o fluxo de materiais e trabalho;
  • Minimiza o custo de mão de obra;
  • Fácil treinamento da mão de obra.


Desvantagens

Entretanto o layout apresenta também algumas limitações, são elas:

  • Inflexibilidade dos meios de produção;
  • Alto custo de produção para um volume relativamente baixo;
  • Supervisão especializada e rigorosa;
  • Falha em um estágio de produção compromete todas as subsequentes.


A Linha de Montagem

A linha de montagem é um exemplo do processo produtivo que utiliza do modelo de layout em linha para ditar seu funcionamento. Assim a linha de montagem consiste numa forma de produção em série de forma que, vários operários, com auxílio de máquinas ou não, realizam funções repetitivas trabalhando sequencialmente e cronologicamente sempre contribuindo com a mesma parcela específica do produto final. Essa forma de produção tem como idealizador o inglês Henry Ford inserindo a linha de montagem ao ramo automobilístico no ano de 1908, que previamente produzia os seus carros de forma artesanal.

Dessa forma o processo produtivo de Henry se dava a partir da adição de peças a uma matriz automobilística semiacabada de bancada em bancada. O grande diferencial desse processo era mover o produto ao longo da cadeia de produção ao invés de mover as peças e os operários garantindo uma

agilidade muito maior na produção com um menor esforço geral, sendo este fator determinante para o sucesso de Henry Ford no século XX de forma que em 1910 a produção de um modelo Ford T levava apenas 93 minutos.

Atualmente as linhas de montagens ainda são amplamente utilizadas, sendo constantemente renovadas pela evolução tecnológica ao longo dos anos. Para tanto, o principal avanço no processo produtivo trata-se da substituição da mão de obra humana por mão de obra automatizada que, com o desenvolvimento de processos automatizados de produção através da robótica relevam a necessidade do manuseio humano nos processos produtivos, resultando num maior controle de qualidade e agilidade na montagem.



HTML image 1
Fotografia de uma linha de montagem