A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
170 pág.
Agenda 21 ok

Pré-visualização | Página 20 de 41

ambiental.
7. 7. Criar escolas de Ensino Médio, regionalizando-as para 
ampliar o atendimento da rede pública municipal.
 Comunicação
8. 8. Promover um sistema de divulgação das atividades relacio-
nadas à educação municipal.
 Planejamento
9. 9. Fortalecer os grêmios estudantis, ar ticulando alianças 
institucionais e sociais.
• Melhoria do acesso ao 
ensino superior
 Elaboração de projetos
1. 1. Incentivar a elaboração de projetos que alinhem as vocações 
e talentos do município com a universidade e as escolas 
técnicas, visando o desenvolvimento de convênios.
 Articulação
2. 2. Estabelecer um convênio da prefeitura com universidades.
 Infraestrutura
3. 3. Estimular a formação de um sistema de transporte univer-
sitário.
• Estímulo ao ensino técnico
 Infraestrutura
1. 1. Criar uma escola técnica para atender à demanda do Com-
perj.
 Capacitação
2. 2. Criar cursos técnicos diversificados, como de padeiro, infor-
mática, soldador, torneiro mecânico, técnicos de instalações 
elétricas e hidráulicas, entre outros.
 Infraestrutura
3. 3. Construir escolas técnicas, com educação de qualidade e 
criar um banco de empregos para alunos recém-formados.
• Adequação da infraestrutura 
das creches
 Infraestrutura
1. 1. Construir creches municipais, regionalizadas.
2. 2. Melhorar a infraestrutura das creches existentes (alimen-
tação balanceada, técnicos qualificados e brinquedoteca).
• Melhoria da infraestrutura 
das bibliotecas públicas
 Gestão pública
1. 1. Contratar bibliotecários.
 Infraestrutura
2. 2. Criar mais bibliotecas públicas acessíveis à população.
Possíveis parceiros
Empresas associadas ao Comperj . MEC . ONGs . Secretaria 
Municipal de Educação . Seeduc . Universidades.
Possíveis fontes de financiamento
Coca – Cola Company . Embaixada da Alemanha . FNDE . Fun-
dação Educar Dpaschoal . MEC. 
PROPOSTAS
• Alta prioridade • Média prioridade • Baixa prioridade
85
86
EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Trata-se de processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade cons-
troem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências 
voltados para a conservação do meio ambiente e dos bens de uso comum, 
essenciais à qualidade de vida e sua sustentabilidade.
Seu papel é educar e conscientizar as populações sobre a importância da 
preservação do meio ambiente, oferecendo-lhes, ao mesmo tempo, opções 
de subsistência e opor tunidades para melhorar sua qualidade de vida, 
mostrando que as comunidades locais são as principais beneficiárias das 
atividades de conservação.
No Brasil, para que esses objetivos sejam atingidos, a Política Nacional de 
Educação Ambiental (Lei 9.795/99 e Decreto 4.281/02) estabelece que os temas 
ambientais devem estar presentes durante todo o processo de escolarização, 
até o Ensino Superior, de forma transversal, em todos os níveis e disciplinas.
Para que uma Agenda 21 Local seja bem-sucedida, é necessário um amplo 
entendimento dos propósitos e do conteúdo da Agenda 21. Assim, a Educação 
Ambiental tem uma importância central neste processo. É por meio dela que 
se pode promover a capacidade de compreensão das questões ambientais e 
do desenvolvimento, que levam à participação no processo e à mudança de 
valores necessários à construção de um mundo sustentável. 
Em Silva Jardim, a Educação Ambiental é aplicada na rede de ensi-
no pública e nos órgãos públicos. O grupo afirmou que a Educação Ambiental 
na matriz curricular perpassa todas as disciplinas das escolas municipais.
Nas escolas, são realizados os seguintes projetos: Projeto Oliver (em parceria 
com as Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente e a ONG Reciclar), 
a Caravana Ambiente Legal (Secretaria Municipal de Educação), Nas Ondas 
do Capivari (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), Redescobrindo a Mata 
Atlântica (Associação Mico-Leão-Dourado) e Agenda Água (parceria entre 
o Consórcio Intermunicipal Lagos São João e o Grupo de Educadores para o 
Meio Ambiente), cujo o objetivo consiste em formar educadores ambientais
Algumas entidades, instituições e Unidades de Conservação (UC) desenvolvem 
atividades de Educação Ambiental. Entre elas, destaca-se o Curso de Educação 
Ambiental (oferecido pela Associação Mico-Leão-Dourado), o projeto Pensando 
e Praticando Educação Ambiental (ambos oferecidos pela Secretaria Municipal 
de Meio Ambiente) e o projeto Aprendiz de Fazendeiro (desenvolvido pelo 
Instituto Anda Brasil), voltado para crianças.
Van utilizada em atividades de 
educação ambiental pelas secretarias de 
Meio Ambiente e de Educação
X7
Highlight
87
Na definição das medidas compensatórias do Comperj, Silva Jardim conseguiu 
a construção de um Centro de Referência Ambiental, que tem a previsão de 
funcionamento até o final de 2011. O Centro abrigará a Secretaria Municipal 
de Meio Ambiente e o Fórum da Agenda 21 local, e terá espaço para a reali-
zação de seminários e exposições.
Os integrantes do Fórum informaram que falta integração das diversas Secre-
tarias no desenvolvimento dos programas de Educação Ambiental e também 
implantação dos ensinamentos adquiridos nos cursos realizados no município, 
assim como atuação junto à população para construção de uma consciência 
ecológica em Silva Jardim.
O Centro Educativo Adelmar Faria 
Coimbra Filho, instalado na Reserva 
Biológica de Poço das Antas, desenvolve 
várias atividades de educação 
ambiental. 
88
• Educação Ambiental, meio 
ambiente, sustentabilidade e 
conscientização na gestão social
 Gestão pública
1. 1. Integrar os projetos das Secretarias Municipais de Meio 
Ambiente, Educação e Planejamento para discutir questões 
relativas ao desenvolvimento sustentável.
 Planejamento
2. 2. Promover atividades de Educação Ambiental nas áreas 
rurais.
3. 3. Ampliar a iniciativa dos cursos de Educação Ambiental para 
o público em geral.
4. 4. Intensificar as ações de Educação Ambiental, por meio de 
palestras, seminários, trabalhos em grupo e debates abertos 
à comunidade.
5. 5. Promover ações demonstrativas de Educação Ambiental, 
como limpeza de córregos e rios, junto à comunidade.
6. 6. Sensibilizar a comunidade sobre a importância da conser-
vação da diversidade biológica.
7. 7. Incentivar a criação de Coletivos Jovens de Meio Ambiente 
na região, articulando alianças institucionais e sociais, 
visando a preservação ambiental
 Capacitação
8. 8. Incentivar a multiplicação dos conhecimentos adquiridos 
com capacitações sobre Educação Ambiental, meio ambiente 
e sustentabilidade.
PROPOSTAS
• Alta prioridade • Média prioridade • Baixa prioridade
 Comunicação
9. 9. Desenvolver ações estratégicas que fomentem a formação 
cidadã, promovendo o aumento da consciência ecológica 
(divulgação do poder da sociedade na tomada de decisões 
sobre o maio ambiente e desenvolvimento sustentável).
10. 10. Promover maior divulgação dos cursos oferecidos pela 
Secretaria Municipal de Meio Ambiente.
11. 11. Estimular a difusão dos conhecimentos sobre desenvolvi-
mento sustentável em Silva Jardim.
 Infraestrutura
12. 12. Criar na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente 
uma “Sala Verde”, dotada de infraestrutura adequada (salas 
de reuniões, multimídia, Biblioteca, entre outros), com o 
objetivo de viabilizar o acesso as informações relacionadas 
a educação e meio ambiente.
13. 13. Disponibilizar nas escolas públicas um Centro de Referência 
(espaço multidisciplinar) para a prática de atividades de 
Educação Ambiental.
Possíveis parceiros
Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD) . Associações de Mo-
radores . Consórcio Intermunicipal Lagos de São João (CILSJ) . 
Empresas associadas ao Comperj . Firjan . Instituições gover-
namentais estrangeiras . Instituto Anda Brasil . Instituto Chico 
Mendes . Ministérios (Educação, Cultura, Meio Ambiente)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.