A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
96 pág.
Tarefas

Pré-visualização | Página 22 de 22

possa posicionar-se diante 
das alternativas apresentadas para resolver os graves problemas so-
ciais e educacionais presentes na sua cidade, no seu estado, em nosso 
país e no mundo. 
Rede e-Tec Brasil93
ALTHUSSER, Louis. Os Aparelhos Ideológicos do Estado. Rio de Janeiro: Graal, 
1983. 
ANDERSON, Perry. Passagens da Antiguidade ao Feudalismo. 2 ª. ed. São Paulo: 
Brasiliense, 1989. 
BORGES, Altamiro. A arapuca do toyotismo. Disponível em www.vermelho.org.br/
diario/2005/0420/altamiro_0420.asp?NOME=Altamiro%20Borges&COD=4371 
- 130k -. Acesso em 15 nov. 2005. 
BOTTOMORE, Tom. Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Jorge 
Zahar Editor, 2001. 
CHILDE, Vere Gordon. A evolução cultural do homem. 5 ª Ed. Rio de Janeiro, Zahar, 
1986. 
COTRIN, Gilberto. História e consciência do mundo. 11 ª. ed. São Paulo: Saraiva, 
1997. v. 2
COSTA, Maria Cristina Castilho. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São 
Paulo: Moderna, 1987.
CUNHA, Luiz Antônio. Educação e desenvolvimento no Brasil. Rio de Janeiro: 
Francisco Alves, 1975. 
D’ÁVILA, José Luiz Piotto. A crítica da escola capitalista em debate. Petrópolis-RJ, 
Ijuí: Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação no Noroeste do Estado, 
1985. 
DURKHEIM, Émile. Educação e sociologia. São Paulo: Melhoramentos, 1975. 
FERNANDES, Luís. Neoliberalismo e reestruturação capitalista. In: SÁDER, Emir; 
GENTILI, Pablo (Orgs.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado 
democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. 
GUARESCHI, Pedrinho. Sociologia Crítica. Porto Alegre: Mundo Jovem (UBEA-
PUCRS-MJOVEM), 1998. 
Referências
Rede e-Tec Brasil 94
HARNECKER, Marta. Conceitos elementares do materialismo histórico. São Paulo: 
Global Editora, 1983. 
HOBSBAWN, Eric. A era das revoluções. 7 ª. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1989. 
MARTINS, Carlos Benedito. O que é sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1988. 
MENDONÇA, Erasto Fortes. Educação e sociedade numa perspectiva sociológica. 
In: Módulo I, vol 3 do Curso de Pedagogia para Professores em Exercício no Início 
de Escolarização em convênio com a SEE-DF. Brasília: Faculdade de Educação da 
UnB, 2002. p. 96-238. 
____________ . A regra e o jogo: democracia e patrimonialismo na educação 
brasileira. Campinas, SP: FE/UNICAMP; R.Vieira, 2000. 
MOCHCOVITCH, Luna Galano. Gramsci e a Escola. São Paulo: Ática, 1988. 
MONLEVADE, João.A.C, Educação Pública no Brasil: Contos & Descontos, 2000, 
Ideia, Ceilândia, DF
PACHECO, Ricardo G. e MENDONÇA, Erasto Fortes. Bolsa-Es cola e Renda Minha. 
Educação e renda mínima na visão das mães. Brasília-DF. Dissertação de mestrado. 
UnB, 2005. 
PORTELLI, Hugues. Gramsci e o bloco histórico. Trad.: Angelina Peralva. Rio de 
Janeiro: Paz e Terra, 1977. 
SEMERARO, Giovanni. Grasmci e a sociedade civil: cultura e educação para a 
democracia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999. 
SOBOUL, Albert. A revolução francesa. 7. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989. 
TEIXEIRA, Anísio. Educação não é previlégio. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 
1999. 
WAISELFISZ, J. Jacobo; ABRAMOWAY, Miriam; ANDRADE, Carla. Bolsa-escola: 
melhoria educacional e redução da pobreza. Brasília: Unesco, 1998.
http://www.angelfire.com/id/SergioDaSilva/valor.htm
http://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/a-populacao-mundial.htm
Rede e-Tec Brasil95
Ricardo Gonçalves Pacheco 
O professor Ricardo Gonçalves Pacheco é paulista e reside em Brasí-
lia há 41 anos. Aluno de escolas públicas até a conclusão do ensino 
médio, ele é graduado em História (1991) pelo UniCeub de Brasília, 
uma instituição particular de ensino superior. Possui especialização em 
educação a distância (2008) pelo Cead/UnB e mestrado em Educa-
ção (2005) pela Faculdade de Educação da Universidade de Brasília 
(UnB). Leciona em escolas públicas das cidades da periferia do Distrito 
Federal desde 1992. Contribuiu para a elaboração desta disciplina, 
juntamente com o professor Erasto Fortes Mendonça, um dos com-
ponentes da banca que julgou sua dissertação de mestrado na UnB. 
Atualmente, é gestor da Secretaria de Estado de Educação, onde coor-
dena a Regional de Ensino do Paranoá, cidade do Distrito Federal com 
trinta escolas públicas.
Erasto Fortes Mendonça 
O professor Erasto Fortes Mendonça possui graduação em Psicologia 
pela Universidade Gama Filho (1982), mestrado em Educação pela 
Universidade de Brasília (1986) e doutorado em Educação pela Univer-
sidade Estadual de Campinas (1999). 
Foi coordenador geral de Educação em Direitos Humanos, diretor de 
Promoção dos Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos 
da Presidência da República e Secretário Adjunto de Educação do 
Distrito Federal. É professor aposentado da Universidade de Brasília, 
tendo sido diretor da Faculdade de Educação e presidente do Fórum 
Nacional de Diretores de Faculdades de Educação das Universidades 
Públicas Brasileiras. O professor tem experiência na área de Educação, 
com ênfase em Política e Administração da Educação, atuando princi-
palmente nos seguintes temas: educação em direitos humanos, polí-
tica educacional, gestão democrática, sistemas de ensino e formação 
de professores. 
Currículo dos professores-autores